17 julho 2013

Fanfiction com Taylor Lautner: No regrets just love - Capítulo 5: Little Sister


Entravamos na garagem, e eu ficava boquiaberta com a situação, além de a garagem ser enorme, havia uma quantidade de carros luxuosos, dos quais eu só tinha visto em filmes, fiquei observando um a um, assustada com aquilo tudo.


-Hmmm, acho que vou escolher aquele ali, é o que menos chama atenção né?- Taylor dizia como se aquilo fosse normal.
-É também acho- Eu dizia olhando o Audi R8.
- Então vem

Eu andava até o carro, onde Taylor generosamente me abria a porta, eu entrava, me acomodava, colocava o cinto, e o via dando a volta no carro e entrar na porta esquerda do mesmo, o via se acomodando, e logo ele virava esboçando um sorriso inconfundível. Ele ligava o carro, e apertava o botão, logo o portão da garagem se abria, e ele dirigia saindo do condomínio e se perdendo nas ruas de Los Angeles.

-Winn, você conhece alguma coisa aqui em LA?
-Pra falar a verdade, só por foto, meus melhores amigos moram aqui, e sempre me mandam fotos desse lugar incrível, sempre foi meu sonho conhecer a cidade.
-Que maravilha, acho que vou ter bastante tempo pra te apresentar tudinho nessa cidade.
-Jura?
-Juro, hoje não porque está de noite, mas assim que der, nós vamos vir.
-Vou ficar esperando mesmo.

Continuamos o resto do caminho em silêncio, as vezes eu sentia que Taylor estava me olhando, mas quando eu olhava pro mesmo ele desviava o olhar para a estrada, eu evitava olhar em seu rosto, pois não queria dar em cima dele dessa forma, eu olhava para o vidro e via seu reflexo no mesmo, sorria comigo mesma as vezes. Eu estava cansada de ficar sentada quando vejo o Taylor estacionando em uma doceria clássica, eu o olhava.
-Chegamos Winn
-Até que enfim

Nós dois riamos, e logo saímos do carro, Taylor me esperava na escadaria da mesma e eu parava ao seu lado, logo ele continuava andando, nossas mãos estavam bem próximas, até que eu sinto um dedo do Taylor entrelaçando no meu, eu olhava ali e sorria, Taylor também olhava suspirava, e logo olhava intensamente em meus olhos e largava, eu simplesmente continuei andando desejando que ele agarrasse minha mão de uma vez por todas. Ao adentrar a loja, eu ficava vidrada olhando a quantidade de doces que havia ali, e ia caminhando junto de Taylor até chegarmos em uma mesa agradável, ele me olhava e eu concordava com a cabeça, enfim ele puxava a cadeira, eu me sentava.
-Obrigado.
-Pelo que?- Dizia Taylor se sentando e olhando debochado de mim.
-Por puxar a cadeira, ser cavaleiro, me trazer em um lugar tão adorável, me fazer companhia, me tratar bem..- Eu poderia continuar falando, mas senti meus olhos brilhando então parei de falar e desviei o olhar para a vitrine coberta de gostusuras.
-Não precisa agradecer, você faz por onde merece.

Eu sorria e continuava olhando os doces, enfim pegava um cardápio em cima da mesa e ficava olhando o mesmo, eu lia o nome de todos os doces, e tinham alguns que eu mal conheci, então eu olhei alguns no fim e decidi qual eu escolheria. Fiquei olhando para o Taylor que estava apenas passando o olho pelo cardápio.
-Já escolheu- Ele disse me olhando nos olhos e mordendo os lábios.
-Sim, e você?- Eu dizia colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha.
-Sim, vou querer o de sempre, e você o que vai querer?
-Vou querer um mousse de chocolate.
-Ah sim, vou ali fazer o pedido de já volto.

Eu ficava olhando Taylor se afastar, andando com aquele jeito marrento que  só ele tinha, eu sorria com meus pensamentos, e logo o via voltando com os nossos pedidos.
-Aqui o seu princesa.
-Ah obrigado príncipe- Eu dizia totalmente corada.
-Gostei do seu pedido, vou querer experimentar.-Taylor dizia olhando para a minha taça.
-Também gostei do seu- Eu olhava para a taça de Taylor onde haviam morangos cobertos de chocolate.
-Gostou é? Vem cá deixa eu te dar na boquinha.- Taylor dizia dando uma colherada em seus morangos, e vindo com a colher na direção de minha boca, eu abria a boca e abocanhava o morango picado ao meio, saboreando o mesmo, eu percebia que Taylor não tirava os olhos de minha boca, e eu mastigava, enquanto sentia meu rosto queimar, corando, e olhando para a minha taça para disfarçar.
-Agora é sua vez- Eu dizia pegando uma colherada de mousse e levando em direção a boca maravilhosa do Lautner, ele parava de olhar minha boca, e olhava em meus olhos agora, eu sorria, e dava na boca dele.
-Huuuuuum, que delicia.
-Está uma delicia mesmo.

Ficamos comendo nossas sobremesas, enquanto jogávamos conversa fora, Taylor me perguntou muito sobre o Brasil, eu contei tudo de mim para ele, ou quase tudo, ele contou muito dele  para mim, e me falou muito como foi sua ida ao Brasil, ele parecia meio traumatizado quando falava sobre sua primeira experiência, mas logo encantado e apaixonado quando falava sobre a segunda, eu ria comigo mesmo. O papo estava bom até eu falar sobre uma coisa que atiçou a vontade do Lautner.
-No Brasil costumamos comer brigadeiro.
-Bry-brigadeiro?
-Sim, é um doce feito em casa, é uma delicia.
-Nunca experimentei, nem nunca ouvi falar, você sabe fazer?
-Claro que sei, é minha especialidade.
-Então vamos  ter que dizer para o Sr. Pallares tirar umas horas de folga para você cozinhar pra mim.
-Claro, com todo o prazer.

Ficamos papeando mais um pouco, até que terminamos de comer nossas sobremesas, Taylor pagou e comprou alguns bombons para levar para seus pais e Makena. Entramos no carro, e Taylor ligou o som, bem na hora estava tocando One Direction, pra quem não sabe sou fã então comecei a cantar, e Taylor ficou somente rindo ao meu ver cantar, Taylor acelerava, e parecia cortar caminho, chegamos em casa antes da música acabar, ele estacionou na garagem e olhou pra mim, em meus olhos.

-You don’t know, you beautiful. That’s make you beautiful.

Eu paralizava, e ficava somente olhando naqueles olhos escuros, que de alguma forma mexiam comigo, eu sorria de lado.

-Winn, eu tenho uma coisa pra falar pra você, mas antes vem cá sai do carro.

Eu concordava, e saia do carro, parávamos em frente ao mesmo, e ele estava bem perto de mim me olhando nos olhos, eu torcia a boca de lado, e ficava esperando ele falar, meu corpo tremia todinho, enquanto em meus pensamentos navegavam mil pensamentos, eu estava confusa, e aqueles olhos fitando os meus me deixavam balançada demais, eu apenas suspirava profundamente, até ele quebrar o silencio.

-Obrigado pela noite, eu adorei estar com você, minha IRMÃZINHA – Ele tonalizou o irmãzinha e eu senti meu mundo desabar.


Notas Finais



Espero que tenham gostado, eu amei esse capitulo acho que é o melhor, mas o melhor está por vir!
Aline Grace

6 comentários:

  1. Oi me chamo rayanne d e desde o primeiro post me apaixonei pela fic. Mas eu queria dar uma sugestão se me permite na hora de escrever o ponto de vista da win ou do tay em vez de colocar por exemplo eu concordava com ele. Coloca-se eu concordei com ele pois fica parecendo q eles estão falando no passado.
    Mas a fic é simplesmente PERFEITA.
    Rayanne kelly Palmares- PE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayanne, obrigado por acompanhar minha fic. Então esse é o jeito que escrevo, julgo os verbos no passado porque fica mais fácil pra mim, é mania minha, acho que foi a maneira com que sempre fui acostumada a ler fics e acabei aprendendo a escrever essa maneira, me desculpe se está atrapalhando em algo, mas é meu jeito. Beijinho :*

      Excluir
    2. Ñ estar atrapalhando é porque eu tbm sou acostumada a ler fics com os verbos em primeira pessoa mas a fic é simplesmente perfeita e ñ é por sua forma de escrever q vou parar de ler pois como eu disse ela é perfeita.

      Excluir
  2. Estou acompanhando e amando, mas faz eles ficarem juntos logo.. mas só uma coisa, tem uma amiga minha (sério) ela foi fazer um intercâmbio e ai a family dela de lá soube que ela tava com o seu ''irmão'', ela foi mandada de volta pra o Brasil e sem receber seu dinheiro de volta, foi um desastree!!!hahahahaha beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gosta, é uma honra pra mim. MUITO OBRIGADO POR LER! Enfim, que bad, será que isso acontecerá com a Winn?

      Excluir
  3. Nossa ta muito bom eu to amando ler cada capitulo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA