05 agosto 2013

Fanfic com Taylor Lautner - NO REGRETS, JUST LOVE - CAPÍTULO 7: Get Out of My Head





Taylor’s Pov

Estava dirigindo até o local onde e Winn se encontrava, e tinha decidido que iria levar ela para conhecer alguns lugares, enfim entrei na rua da lanchonete, pisquei várias vezes para ter certeza do que estava acontecendo, aquilo parecia mentira, Winn estava agarrada aos beijos com aquele “amigo” dela, não pensei duas vezes e acelerei, cantando pneu lá na frente, fitei o nada, e fiquei esperando Winn se aproximar, ela entrou no carro com a maior cara de pau, e fez de conta que nada havia acontecido.


-Não vou nem te falar nada Winn.

-O que?

-É isso mesmo. Não gostei do que eu vi.

-E tem que gostar?

-Claro, meu dever é cuidar de você, eu sabia que ele ia se aproveitar de você, se eu não chegasse- Eu disse dando um murro no volante, e olhando para ela com fúria nos olhos.

-Calma, ele não fez nada demais, me deu um beijo somente.

-Um beijo somente Winn? Me poupe.

-Sério, foi somente um beijo. Não vejo nada demais, calma.

-Ok Winn.

Fiquei fitando o nada, e dirigindo, eu não conseguia nem olhar para ela, meus planos tinham ido por água a baixo, dirigi o mais rápido que podia, e cheguei enfim em casa, eu estacionei na garagem, e sai do carro, andando rapidamente em direção ao meu quarto. Bati a porta, e me joguei na cama, eu não gostava daquela menina, mas não gostei de ver ela agarrando outros, que merda. Enfim me desliguei e resolvi pegar meu tablet, eu ia dar uma olhada no meu e-mail pessoal, entrei no mesmo e vi um e-mail de Adam Sandler, me convidando para um jogo com o elenco de Grow Ups, ele não deu detalhes, mas seria amanhã, me disse para eu levar alguém para ser do meu time, fiquei pensando em quem poderia ser, voltei pra caixa de entrada e vi um e-mail da Sara dizendo que estava sentindo minha falta, e com saudades, na hora comecei a rir sozinho, sim era a Hicks que eu levaria. Mandei um sms pra ela a chamando, e em menos de um minuto ela me respondeu, dizendo que SIM ela iria comigo, me animei, combinei com ela tudo certinho e mandei uma resposta pro Adam dizendo que eu ia sim. E parti dormir, amanhã o dia seria longo, eu fiz minha higiene, tirei a roupa e deitei só de cueca. Fiquei deitado pensando no meu dia, infelizmente não tinha sido um dos melhores, mas uma certeza eu tinha: Eu iria tirar a Winn da cabeça.

Acordei num pulo as 6h30, então eu fiz minha higiene matinal, e tomei um banho, e novamente me passou a cena da Winn beijando aquele garoto, balancei a cabeça e fui até meu guarda-roupa, escolhi a primeira roupa que vi na minha frente, terminei passei perfume, peguei minhas chaves e carteira e fui até a cozinha deixei um bilhete dizendo que ia sair com a Sara, e fui até a garagem pegando o carro e dirigindo até a casa da Sara.



Sara’s Pov

Entrei no meu e-mail e vi um sms de Taylor, fiquei alguns minutinhos respirando e me beslicando pra ver se era verdade, então eu decidi abrir, e quando abri, fiquei abobada.

Taylor: “Boa noite Sara, estou sentindo sua falta também, amanhã tenho um jogo com os caras do Grow Up pra ir e gostaria muito que me acompanhasse. O que você acha? Beijos, Taylor”

Sara: “Boa noite Tay, que saudades. Enfim eu adoraria ir contigo, que horas você me busca? Beijos, Sara.”

Ele me mandou um sms combinando direitinho, disse que passaria aqui em casa 8h, então eu acordei as 7h, e fiz minha higiene pessoal, tomando um banho depois. Fui até o meu armário e o revirei todo, roupa nenhuma combinava com a situação, então comecei a olhar algumas peças, o dia estava super quente, então eu usaria algo próprio com o clima do dia, então separei essas peças e perfeito. Troquei-me e depois fui ajeitar meu cabelo, e depois eu passei perfume, fiz uma maquiagem simples e fiquei me olhando no espelho, será que o Taylor gostaria da minha roupa? Ai que besteira o Taylor não irá nem reparar. Bufei, peguei meu celular e minha bolsa, e desci as escadas, indo até a sala, sentando no sofá e esperando. Minutos depois ouvi uma buzina, deduzi que seria Taylor, fiquei intacta aonde eu estava, e logo ouvi a campainha tocar, fui correndo até a porta e olhei no olho mágico, era ele todo lindo. Suspirei e abri lentamente a porta, ele me olhou da cabeça aos pés, e mordeu os lábios depois, eu pisquei várias vezes e fiquei olhando.

-Entre Taylor- eu disse um pouco corada, com a voz talvez falha.

-Não Sara, temos que ir, vamos?

-Claro.- eu disse fechando a porta atrás de mim, e então reparei que ele me olhava novamente daquele jeito.

-Está tão linda Sara.

-Muito obrigado, você também está lindo.

-Você sempre é a mais bonita entre nós.

-Obrigado, mas nem é.

Taylor saiu na frente e entrou no carro, entrei no carro também, sentando-me no banco do passageiro, coloquei o cinto, e fiquei olhando para ele. Ele deu partida no carro, e ligou o rádio, a música que tocava era agradável, mas eu só podia pensar na companhia do príncipe que estava ao meu lado. Rapidamente me perdi em pensamentos, e só despertei deles quando o Taylor falou algo.

-Chegamos Sara.

-Oh já?

-Achei até que demoramos. Vamos?

-Sim, vamos.

Eu disse saindo do carro, Taylor me esperava, então cheguei perto e Taylor segurou em minha mão, fiquei um pouco arrepiada, suspirei, e retribui segurando em sua mão, então ele entrelaçou nossos dedos, e ficou olhando para o lado certificando de que não teria nenhum paparazzi por ali. Andamos por um jardim maravilhosamente lindo, então Taylor tocou a campainha, e logo Adam saiu, ele deu um sorriso simpático, e fiquei admirada, eu mal podia acreditar em quem estava ali na minha frente. Eu sorria feito uma boba, até que começaram as apresentações.

-Oh boy, esqueci de dizer, essa é a Sara.

-Oh então você é a famosa Sara? Prazer sou Adam- Ele disse estendendo a mão para mim, eu mal poderia acreditar que ele já me conhecia, pelo visto Taylor havia dito algo sobre mim a ele.

-O prazer é todo meu. Mas famosa? Porque famosa?

-Taylor fala muito da sua primeira namorada, ainda fico em duvida se fala mais de você ou da Swift.

-Nossa, que honra.- Ao ouvir Swift bufei, aquele nome me embrulhava o estomago.

Enfim Adam nos convidou para entrarmos, tomamos café e esperamos Nicholas chegar, para enfim começarmos o jogo, então formamos as duplas, eu e Nicholas, contra Taylor e Adam. Jogamos muito, mais nos divertimos do que jogamos, ao final de tudo meu time saiu vitorioso, ficamos nos entreolhando e logo Taylor me deu um beijo para comemorar a minha vitória, fiquei espantada, e respondi o beijo, eu ouvia Nicholas e Adam comemorando e cantando aquelas músiquinhas românticas ao fundo. Quando eu e Taylor nos separamos, vi que Taylor ficou um pouco assustado por conta dos paparazzis que tinham tirado fotos nossas, ele suspirava, e todos diziam para ele se acalmar, inclusive eu. Enfim jogamos outra partida, e depois Taylor deu a sugestão para irmos embora, aceitei, nos despedimos de todos, e entramos no carro.

-Desculpe pelo beijo- Disse Taylor, me olhando nos olhos.

-Você sabe que não precisa se desculpar, sempre deixei claro que é isso eu quero.

-É isso que você quer?- Taylor disse mordendo os lábios.

-Sim, é isso que quero.

Vi Taylor se aproximando, e depositando vários selinhos em meus lábios, logo ele passou a língua em meu lábio inferior, adentrando lentamente sua língua em minha boca, eu seguia seu ritmo e logo iniciamos um beijo lento, tombei minha cabeça para o lado contrario de Taylor, e assim pude explorar sua boca toda, seu gosto já comum para mim me deixava um tanto tonta, eu suspirava, e abria os olhos várias vezes para ter certeza de que era verdade, ele me beijava de uma forma intensa, nunca provada antes, então acompanhei seu ritmo, e deixei todo meu amor se envolver no beijo, logo as mãos de Taylor adentravam em minha camisa, subindo até meus seios, ele os alisava por cima do sutiã, eu resmungava baixinho entre o beijo, e aquela mão quente continuava a me alisar, a minha mão ia até suas costas, onde eu alisava por cima da camisa mesmo, Taylor decidiu ousar, e levou sua mão até o botão de meu shorts, onde ele abriu lentamente e adentrou sua mão não só em meu shorts mas em minha calcinha, sua mão fui direto a minha intimidade, ele começou a alisar, e eu comecei a ficar excitada, sentia a mesma ficar molhada aos poucos, e logo ele separou seus lábios dos meus, gemi ao sentir ele continuar alisando, então ele parou, piscou para mim fechou meu shorts junto de meu zíper. Ele deu partida no carro, e ficou em silêncio depois disso, o caminho todo. Até chegar em minha casa,

-Tchau Sara, muito obrigado por me acompanhar.

-Tchau Tay, muito obrigado por me convidar.

Ele se aproximou e depositou um selinho em meus lábios. Logo eu sorri e sai do carro, eu estava um pouco chateada com a reação dele no carro hoje, então bati a porta e nem olhei para trás.

Taylor’s Pov.

Enfim consegui o que eu queria fotos minhas aos beijos com Sara seriam publicadas em todos os cantos, e outra eu consegui acender o fogo de Sara, não só isso, mas o amor também.

NOTAS FINAIS: 

Mil desculpes pela demora, eu escrevi mil vezes, e tava sem idéias, então consegui somente agora. Espero que me perdoem e já vou avisando tem cenas pesadas nesse capitulo..

Link de todos os capítulos:  CLIQUE AQUI


Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA