22 agosto 2013

Fanfic com Taylor Lautner - NO REGRETS, JUST LOVE - CAPÍTULO 9: This Kiss

Fanfic / Fanfiction de Taylor Lautner - No regrets, Just love - Capítulo 10 - This Kiss

Winn’s Pov

Eu e Makena chegamos, e Taylor estava jogado no sofá, fiquei olhando de longe e sorrindo sozinha, enquanto isso Makena já subia para o andar de cima. Aproximei-me do sofá, e sentei do lado de Taylor, no mínimo espaço que sobrava por conta de ser corpo estar esparramado ali.

-Oi marrentinho.

-Oi docinho.

-Docinho?

-É, hoje você ta com cara de doce.

-Isso é bom ou ruim?

-Bom, ruim, não sei. Às vezes eu não resisto a um doce.

Paralizei, e comecei a rir comigo mesma.

-Tava com saudades de você, desde ontem não o vejo, você ficou chateado e se trancou, e hoje saiu bem cedo e nem te vi.

-É eu precisava de um tempo, mas agora estou aqui.

-Que bom. Já esta sabendo da festa?

-Fiquei sabendo sim, gostei da idéia.

-Também gostei, hoje vou conhecer todos os Lautner’s.

-E alguns amigos também.

-Chamou algum amigo seu? Quero conhecer todos.

-Chamei o BooBoo, e Sara.

-CHAMOU O BOOBOO?- Eu disse entrando em pani.

-Sim, algum problema?

-Fora que sou gamada nele, tem problema nenhum.

-Vou ligar pra ele dizendo que não terá mais festa.

-Não ouse fazer isso.

-Você tem que ser gamada somente em mim.

-E sou, Mr. ciumento.

Ficamos alguns minutos nos olhando, Taylor me encarava de uma maneira inexplicável, então ele se sentou próximo de mim, e começou a aproximar seu rosto do meu, eu continuei o encarando, e quando seu rosto estava bem próximo do meu...

-Ah Taylor, já está tarde e eu tenho que me arrumar- Eu disse toda estabanada me levantando.

-Ah sim.

Fui correndo sem olhar para trás até meu quarto, entrei, tranquei a porta e encostei-me à mesma, escorregando até sentar-me ao chão, meus olhos estavam marejando, eu sentia os mesmos ardendo, então pisquei e algumas lágrimas ousaram a cair, sim eu estava chorando, por mais idiota que eu fosse, estava chorando porque não tive coragem de beijar o Taylor, porque o meu maior medo é ter ele hoje, e amanhã tudo isso passar, eu não quero atrapalhar minha amizade com ele, e muito menos sofrer. Fiquei alguns minutos ali, e logo depois olhei no relógio me dando conta que já era tarde e que eu teria que me aprontar, então levantei num pulo, engoli o choro, e arrumei minha roupa em cima da cama, sentei na mesma, e prometi pra mim mesma: Não irei mais chorar pelo Taylor.

Fui direto para o banheiro, e tomei um banho de banheira super demorado, lavei meus cabelos, e me esbanjei. Sai do banheiro e me troquei (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=73930672&.locale=pt-br), sequei meus cabelos, e nisso já eram 19h, ajeitei meu cabelo, fiz uma maquiagem leve, eu estava pronta, mas fiquei em meu quarto apenas trocando sms, e esperando os convidados chegarem para eu descer. Do meu quarto eu tinha vista para o salão de festas, estava tudo tão perfeito, tudo delicado do jeito que gosto. Deborah e Daniel acertaram, eu demoraria muito para recompensá-los e agradeceria até meus últimos minutos.

Então ouvi alguém batendo na porta. Fui até a mesma e a abri lentamente, me deparei com Taylor, ele estava perfeito, me arrancara até o ultimo suspiro que eu tinha em meus pulmões, então sorri timidamente quando eu o vi me olhando da cabeça aos pés e mordendo os lábios.

-Como você consegue?- Taylor disse.

-Como eu consigo o que?

-Ser mais linda a cada dia.

-Oh, que mentira. Você quem está cumprindo isso que falou.

-É verdade.

-Obrigado.

Taylor segurou em minha cintura, e eu olhei em seus olhos, então ele aproximou seu corpo do meu, eu fiquei imóvel, e sem hesitar ele grudou seus lábios nos meus. Eu me sentia derretendo por dentro, e suspirava. Logo ele desgrudou seus lábios dos meus, e fiquei da mesma maneira imóvel somente o olhando.

-Vem vamos descer, os convidados já estão chegando, inclusive BooBoo que já está te esperando- Ele disse, segurando minha mão e entrelaçando nossos dedos.

Apenas concordei com a cabeça, e o segui pelo corredor enorme, eu andava lentamente e ele também, até de chegar à ponta da escada, ele soltou minha mão, encostou-me à parede, encostou seu corpo ao meu, e selou meus lábios novamente. Ele me soltou e não disse mais nada, apenas saindo andando mais rápido, descendo as escadas e seguindo para os fundos, um pouco atrás de Taylor eu fiz o mesmo.

6 comentários:

  1. Aiiii tá otimo ... Ansiosa pelo proximo capitulo !!!

    ResponderExcluir
  2. Adoro a fic, mas os capítulos s são mt curtos

    ResponderExcluir
  3. Eu estou acompanhando a fic e to amando pq o cap de hj foi tao curto? Agora eu to ainda mais curiosa e anciosa pra ler o prox cap!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Continua.ta ótimo o capítulo to curiosíssima para ler o próximo capitulo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA