17 setembro 2013

Fanfiction: No regrets Jus Love: Capítulo 11: New Friend


Taylor’s Pov
Puxei Winn até um canto da festa, onde estavam Sara e BooBoo, hoje ela iria se morder de ciúmes de mim, e iria saber o que é provocar.. Chegamos na mesa onde estavam eles, e Winn ficou olhando para o BooBoo descaradamente.
-Winn, essa é a Sara, e esse é o BooBoo.

-Prazer em conhecê-los- Ela dizia com aquele sorriso que deixava qualquer um bobo.
BooBoo levantou e fez questão de puxar a cadeira do lado dele pra ela sentar, enquanto eu olhava de canto dos olhos, eu mal podia acreditar no que estava vendo era sacanagem, suspirei pesadamente e me sentei do lado de Sara, muito próximo então depositei um selinho em seus lábios olhando para Winn em seguida. Ela me olhou e ficou mais branca do que era, ela engolia a seco, e então eu sorri de lado desviando o olhar dela.
-Estou com fome, vamos comer?
-Eu também, pega algo pra eu comer amor?-Disse Sara me olhando
-Não, vamos lá pegar. Vocês vem?- Eu disse olhando para Winn e BooBoo.
-Estou sem fome- Disse Winn revirando os olhos.
-Vou fazer companhia pra Winn, estou sem fome também- Disse BooBoo.
Então eu levantei e sai empurrando a cadeira atrás de mim, um pouco alterado, Sara me seguiu, e fui até a mesa repleta de comidas de todos os tipos, fiz meu prato e Sara não desgrudava de mim.
Winn’s Pov
Abaixei a cabeça na mesa, sobre meus braços debruçados, aquela cena não me saia da cabeça, e eu pensando no quão idiota eu era por achar que ele tinha me dado um beijo sincero hoje, senti uma mão e minhas costas e ouvia alguns sussuros, deduzia que era BooBoo.
-Ei Winn, você gosta dele né?- Ele dizia, sem tirar as mãos de minhas costas, eu levantava e olhava pra ele, espantada.
-Não ta louco? Só estou cansada mesmo
-Não adianta negar, eu conheço bem as pessoas e os sentimentos também.
-Não vou conseguir mesmo mentir pra você?
-Não, mas quer conversar sobre isso?
-Não aqui, depois falamos sobre isso.
-Quer ir a um lugar mais calmo, vamos aos fundos na área da piscina não deve ter ninguém lá.
-Pode ser.
Senti ele me puxando pela mão, e começava a andar mas ele não soltava minha mão, eu continuei estática somente seguindo-o, chegando a área dos fundos, não tinha ninguém lá mesmo, aquele lugar estava pouco iluminado, enfim achamos um banco de madeira e nos sentamos ali.
-Agora podemos falar sobre aquilo?- Disse BooBoo me olhando nos olhos, aqueles olhos pequenos, cheios de expressão, fortes, e sinceros, eu sorri olhando pra eles.
-Que foi?- Disse ele novamente.
-Seus olhos, sempre me imaginei olhando assim pra eles diretamente.
-Sério?- Ele disse abrindo um sorriso e deixando seus olhos um pouco menores.
-Sim, eu adoro a maneira que você sorri e deixa seu olhar menos, seus olhos me expressão tranqüilidade, pureza.
-Que honra, então quer dizer que você pensava em mim?
-Sim, pra falar a verdade desde quando conheci seu personagem em Crepusculo, Seth sempre foi meu favorito, nunca fui fã do Taylor, estou aqui por acaso, com esses sentimentos me sufocando por acaso.
-Acho que é a primeira pessoa que ouço falar isso, todo mundo sempre diz: Jacob é meu favorito, depois vem o Seth. Mas nada é por acaso Winn, tudo tem um porque.
-Conheço muitas Team Seth, vamos pro Brasil e te apresento todas. Também costumava pensar assim, mas agora está tudo muito complicado.
-Logo descomplica, você é linda, é simpática, Taylor me falou bem de você ao telefone, e antes de você chegar na mesa ele não parava de falar seu nome, eu estava vendo a hora de Sara explodir, e ele não beijou ela enquanto você estava longe, fez aquilo pra te provocar, Taylor é meu amigo, mas não acho certo o que ele fez com você, pra mim isso é coisa de criança.
-Eu não conhecia esse lado do Taylor, me encantei pelo jeito super protetor dele, pela paciência que tem comigo, e por ser sempre tão fofo comigo, desde o primeiro momento que eu o vi, ele sempre me tratou bem. Não estou chateada pelo beijo que ele deu nela, porque Taylor me viu beijando um garoto também, estou chateada porque hoje antes da festa ele me beijou também, e isso me deixou com os nervos a flor da pele, eu pensei que tinha sido um beijo sincero, mas pelo jeito ele só quer brincar comigo.
-Nossa, sério isso?
-Sério, muito sério. Mas podemos parar de falar nisso?
-Como você quiser.
-Sabia que é muito bom te conhecer?
-Fico feliz em saber disso, muito feliz mesmo.
-Taylor ficou nervoso quando eu fiquei toda boba porque ele disse que você viria.
-Tá vendo, ele tem ciúmes de você. Sinal que algo sente por você.
-Não acho isso não, mas enfim posso te dar um abraço?
-Só se for daqueles bem fortes.
-Então ok.
Eu me debruçava um pouco e agarrava o pescoço dele, puxando pra perto de mim, eu o abraçava muito forte como se já o conhecesse a anos, eu chegava a fechar os olhos e demorava pra soltar, até que ouvia uma voz conhecida.
-Muito bonito isso né? Eu sabia que quando virasse as costas daria nisso- Disse o Taylor com uma voz, parecendo bêbado.

Um comentário:

  1. Continua.Quero ver o que o Taylor vai fazer no próximo capítulo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA