17 setembro 2013

Fanfiction: No regrets Jus Love: Capítulo: 13: If repentance kill


Winn’s Pov
Enfim SEGUNDA-FEIRA, hoje seria meu primeiro dia de aula, acordei com o ecoar do despertador, e fiquei alguns segundos na cama, pensando em tudo que havia acontecido ontem, ainda me culpava por tudo, parei de pensar e fui checar meu celular, tinham basicamente 24 chamadas da minha mãe, e algumas de Christopher e Benjamin, mandei uma sms pra minha mãe dizendo que estava tudo bem comigo, mas mesmo assim fiquei morrendo de medo de levar uma bronca, levantei e fui tomar um banho depois de fazer minhas higienes básicas, então fiquei 50 minutos no banheiro, e sai logo após, me troquei: (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=77456705&.locale=pt-br), eu fiz uma maquiagem simples, e passei perfume, então eu arrumei a minha bolsa com alguns materiais básicos, e meu celular, e enfim desci, e então vi que o motorista já me esperava, então eu fui até a garagem com o mesmo e fui direto para o local onde seriam as minhas aulas, chegando lá eu me despedia do motorista, e procurava algum lugar para tomar café, então eu me deparava com uma Starbucks, eu atravessava a rua e entrava no estabelecimento, checando que agora faltavam 30 minutos para a aula, então eu pedi um café expresso com chantilly,
e um muffin. Enfim fui para a aula, eu estava sentindo aquele frio na barriga como se fosse meu primeiro dia na pré-escola, fui na secretária e peguei meu horário de aulas, e enfim fui procurar a minha primeira sala, aquele lugar era imenso, consegui me perder, mas logo achei o caminho, cheguei na sala e já tinham algumas pessoas, me sentei no canto perto de algumas pessoas, estava tudo silencioso, fiquei olhando para fora da janela, e o dia estava lindo, logo o professor chegou e deu inicio a primeira aula. Quando eu fui ver já era a hora da saída, o dia passou super rapidinho, e então peguei minhas coisas para sair, fiquei procurando o motorista mas não encontrei, quando eu menos esperava eu ouvi o barulho de um motor, me virei rapidamente pensando que era algum acidente, e de repente me deparo com ele, é ele mesmo o completo idiota, eu me recuso até a morte a entrar dentro daquele carro, então me aproximei, e pedi para ele abaixar o vidro, ele fez isso, com muito medo de ser reconhecido.

-Eu não vou entrar nesse carro, mas obrigado pela sua dedicação, não está me servindo de nada.
-Winn, entra agora!
-Não obrigado, vou de taxi.
Dei os ombros e sai andando, atravessei a rua e fiz o que lhe dissera, peguei um taxi, dei o endereço para o moço e segui para a casa do mané, cheguei lá e paguei o motorista, agradeci e desci do taxi. Enfim eu entrei em casa, e me deparei com aquele cheirinho maravilhoso de comida caseira, deduzi que seria a cozinheira preparando algo, não encontrei ninguém no andar de baixo, mas subi e vi que tinha uma movimentação no quarto da Makena, fui até lá e bati na porta.
-Oi Winn, entra
-Oi, já chegou do colégio?
-Sim, meu colégio é aqui pertinho, no condomínio mesmo, como o motorista me busca chego aqui num piscar de olhos.
-Ah entendi.
-E a aula como foi hoje?
-Boa, adorei. Mas fiquei meio tímida e não fiz amizade com ninguém.
-Que bobeira Winn. O Taylor foi te buscar né?
-Sim, mas não vim com ele.
-Sério? Ele deve estar furioso. Ele me contou o que aconteceu.
-Ele ainda teve a falta de vergonha na cara de te contar?
-Pior que sim.
-Nossa. Enfim, vou pro meu quarto me trocar para almoçar daqui a pouco.
-Winn, mais tarde vamos aproveitar um pouco a piscina?
-Ah não sei..
-Por favor!
-Ah ok então, depois do almoço?
-É temos que esperar um pouquinho a comida baixar para a mamãe não implicar.
-Eu sei né.. Então ok, depois do almoço nós vamos para a piscina.
Fui para o meu quarto, e joguei as coisas na cama, me jogando junto, era o primeiro dia de muitos, então levantei e fui me trocar para ir almoçar, então ouvi uns barulhos estranhos no corredor, e ouvi bater uma porta, deduzi que seria o falso, ooops Taylor, vesti uma roupa simples e desci para almoçar junto com a Makena, os seus pais já estavam nos esperando a mesa, e enfim esperamos o Taylor, ele desceu todo emburrado, com a cara amarrada e sentou bem longe de mim fugindo do comum, não esquentei, como de costume os pais do Taylor fizeram um agradecimento, e enfim almoçamos, eu e o Taylor não trocávamos nem olhares, todos a mesa perceberam, mas ninguém questionou. Terminamos de almoçar e eu ajudei a Debora a tirar a mesa, depois que terminamos eu e Makena fomos assistir, e esperar a comida baixar, por fim peguei no sono e acordei com a Makena me chacoalhando me chamando para ir a piscina com ela, então levantei e fui me trocar: (http://www.polyvore.com/15/set?id=77458239), depois desci com Makena, e quem estava na área da piscina? Ele mesmo. Ele me olhou de um jeito, e vi seu queixo cair, fiquei morrendo de vergonha e nem consegui o olhar.
Taylor’s Pov
Quando bati os olhos em Winn, fiquei boquiaberto, sim eu sou homem e vocês sabem no que os homens reparam, tentei disfarçar e já era tarde demais, ela estava totalmente corada e sem jeito, aquele jeitinho dela me encantava, e novamente o arrependimento começou a bater, fiquei meio sem jeito com vontade de sair correndo de abraçá-la implorando pra que fosse minha, mas me mantive quieto na minha, parado exatamente onde eu estava num banco na entrada da área da piscina, o mesmo banco onde eu tinha a visto abraçando BooBoo. Fiquei em choque, e não conseguia parar de olhar, seu corpo era perfeito, a tonalidade de sua pele combinava perfeitamente com as de seu cabelo e seus olhos, tudo era extraordinário, sua boca bem desenhada, seus olhos azuis que pareciam reflexo da água, seu nariz formadinho, seu corpo magro, seus seios fartos, seu bumbum arrebitado, e suas pernas grandes. Ela era um conjunto perfeito, sem contar na simpatia, elegância, e seu beijo, ah seu beijo era o melhor que eu já havia provado, SE ARREPENDIMENTO MATASSE, eu seria um homem morto.

Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA