17 setembro 2013

Fanfiction: No regrets Jus Love: Capítulo: 14 - Just Dream


Taylor’s Pov
Vi Makena saindo daquela área, e fiquei mais alguns minutos observando a Winn, mas ela nem me dava bola, então fechei os olhos, e fiquei perdido em meus pensamentos, sim meus pensamentos se resumiam nela, Winn, como era tudo tão intenso assim, até a maneira em que ela me dominava, então eu suspirei e senti uma sombra sobre meu corpo, cobrindo o sol. Eu abri os olhos, e era ela, toda linda, dessa vez sem os shorts, ela ficava ainda mais linda só de biquíni.

-Taylor, você pode passar protetor em mim?
-Po-Posso. Claro.
Ela sentou do meu lado, e eu levantei, ela entregou o protetor na minha mão e me olhou mordendo os lábios, eu fiquei em choque, então passei o protetor na minha mão, espalhando lentamente em suas costas, sem me aproveitar, eu passava inocentemente, morrendo de vontade de avançar naquele corpo, mas eu me continha, então eu continuava passando protetor na parte de cima de suas costas, e na debaixo.
-Pronto Winn, terminei.
Ela ria baixinho e se levantava, ela me puxava me deixando em pé, e então deitava de bruços ali no banco, então ela passava a mão por cima de seu bumbum, me olhando maliciosamente.
-Você pode passar aqui agora?
Eu engolia a seco, e concordava, sentando na beirada do banco e olhando para aquele monumento, eu suspirava e passava o protetor nas minhas mãos, tocando seu bumbum lentamente.
-Taylor, pode apertar, eu deixo você abusar
Eu mal podia acreditar no que ela dizia, e então eu apalpava lentamente o seu bumbum, ela gemia e começava a me enlouquecer, eu continuava passando o protetor ali.
-Agora vem cá
Ela disse e me puxou segurando na gola de minha camisa, até eu estar com meu rosto na altura do seu, eu suspirava e ficava cara a cara com ela, até sentir ela avançar com seus lábios nos meus, ela os encaixava perfeitamente, e eu ficava paralisado, mas logo tomava coragem e correspondia ao seu beijo, era lento e delicioso, ela puxava minha gola, mas logo eu sentia ela se movimentando sem soltar nossos lábios, então eu era surpreendido com ela sentando em meu colo, exatamente sobre meu membro, eu suspirava e sentia ela rebolar em meu colo, eu segurava sua cintura, e alisava ali, ela colocava sua mão sobre a minha e apertava minha mão em sua cintura, eu seguia seus comandos e apertava forte ali, descendo uma de minhas mãos pelo seu bumbum, chegando ali eu alisava, e apalpava o mesmo, ela gemia entre o beijo, e mordia meus lábios os soltando logo após, ela olhava em meus olhos, e eu me perdia olhando os seus.
-Taylor, transa comigo?
Eu ficava assustado com a pergunta, e concordava com a cabeça sem dizer nada, então ela levantava minha camisa num puxão só, eu a ajudava a passar a camisa pelos meus braços e cabeça, ela passava a mão sobre meu peitoral, descendo em meu abdômen, até chegar em meu membro, ela apertava ali, e eu arfava.
-Winn, você tem certeza.
-Toda a certeza do mundo.
Eu ficava quieto, e avançava em seus lábios novamente, então eu subia minha mão pelas suas costas e puxava o laço de seu biquíni, subindo a outra mão até o seu pescoço e desamarrando ali também, eu puxava o biquíni e jogava longe, então eu levava minhas mãos quentes aos seus seios, apalpando os mesmos, e de repente eu a ouvi gemer, meu corpo pegou fogo e agora eu não me controlava mais, eu suspirava pesadamente, e continuava apalpando os mesmos, então eu sentia ela segurar em minha nuca, e levar os lábios ao meu pescoço depositando alguns beijos, chupões e mordidas, eu arfava, e então forçava meu quadril contra o dela, mesmo com pouca roupa eu podia sentir sua temperatura, ela parava de me torturar ali, e subia os lábios ao meu ouvido, ela soltava um ar quente ali, e sussurava em seguida:
-Você é lindo
Eu enlouquecia, e sem pensar levava as mãos em sua cintura, segurando os dois lados dos lacinhos de seu biquíni eu os puxava, desatando os nós, e puxando a parte debaixo para longe, rapidamente a Winn levava minha de suas mãos no meu shorts e puxava o botão, soltando junto o fecho de velcro, enquanto ela se levantava tentando puxar o shorts, eu levantava e deixava ela tirar, ficando apenas de sunga, ela olhava para o meu volume, e sorria maliciosamente, então ela puxava a mesma descobrindo meu membro, e eu sentia um vento bater nele me arrepiando, ela tirava minha sunga por completo e jogava junto com o resto de nossas roupas. Assim que eu sentia nós dois nus, eu colava meu corpo no dele, e avançava em seus lábios de forma intensa, eu sentia nossas línguas travando uma batalha, enquanto eu forçava meu corpo no dela, e suspirava, eu sentia ela arfar em meus lábios, enquanto eu continuava explorando sua boca com um beijo. Então eu desgrudava meus lábios dos dela fazendo um barulho e olhando em seus olhos, minha expressão era mudada, e agora os olhos dela pareciam mais azuis do que nunca, eu segurava em sua cintura e fazia impulso a tirando do chão e puxando para colar seu corpo no meu, ela entrelaçava as pernas na minha cintura, e eu sentia meu membro tocar sua intimidade. Eu ia andando para trás até chegar no banco que tinha ali, eu sentava com ela em meu colo, e ela se posicionava sobre meu membro, eu olhava em seus olhos esperando um sinal, e ela balançava a cabeça, sem pensar eu segurava a base de meu membro e forçava em sua entrada, a penetrando, eu suspirava e sentia parte dele invadir o corpo dela, então ela me olhou com uma cara de safada e sentou em meu colo, comecei a fazer movimentos de vai e vem, e ela me ajudava sentando em meu colo aos poucos, fomos ficando suados com o tempo, e excitados, ela soltava alguns gemidos e eu respondia, ao logo disso afagamos alguns deles em beijos, e eu ia sentindo meu corpo sair do chão, me sentindo nas nuvens, Winn era muito boa, e acho que é melhor transar quando você está apaixonado, essa era a melhor transa da minha vida, e com ela a melhor de todas. Senti meu membro vibrar dentro dela, e chegamos ao ápice juntos, Winn ficou me olhando e selou meus lábios várias vezes, sussurando:
-Taylor, eu te..
-TAYLOR, ACORDA, PELO AMOR DE DEUS COMO VOCÊ CONSEGUE DORMIR COM ESSE BARULHO TODO DE NÓS AQUI NA PISCINA- Disse Makena, me despertando, PORRA tudo foi um sonho, que droga!

3 comentários:

  1. Adorei o cap kkkkkk ,anciosa pra ler o próximo por favor não demora a postar o próximo não eu to amando a história!

    ResponderExcluir
  2. Eu aqui achando que era verdade kkkk continua to amando ler.To super curiosa para ler o próximo. Capítulo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA