15 novembro 2013

Fanfic com Lautner e Swift: Você pertence a mim – Capítulo: 15 - Best night of love


[...]

 Estávamos dentro do carro com o aquecedor ligado o que não adiantava tanto, já que estávamos completamente molhados. Eu coloquei meus pés no banco e me encolhi.

- Com frio? - Perguntou dando aquele sorriso doce, que só ele tem.

- O que você acha? - Falei escorando minha cabeça em seu ombro.

- Eu acho que isso foi um sim. - Falou e beijou meus cabelos.

 Amanhã eu iria embora pela tarde e poucas horas juntos hoje, foi ai que tive uma ideia.

- Taylor, para ali na frente, por favor? - Perguntei. 

- Para que? - Perguntou confuso.

- Segredo. - Cochichei em seu ouvido e senti ele se arrepiar.

 Paramos em frente a uma loja de roupas e outros acessório, entrei e uma senhora me atendeu normalmente, certamente não sabe quem eu sou. 

 Procurei o que eu queria e rapidamente encontrei. Paguei e sai correndo pelo sereno com uma sacola em direção ao carro.

- O que é isso? - Perguntou assim que entrei com a sacola.

- Você é muito curioso Taylor, é segredo. - Digo e lhe dou um selinho.

- Está chegando o seu aniversário.- Falou sorrindo.

- É eu sei. - Ri.

- O que quer ganhar de presente? - Perguntou passando as mãos pelo meu cabelo.

- Não faço a mínima ideia. 

- Vou te dar um cara legal, bonito e sexy. - Disse me olhando com um olhar sexy e eu gargalhei.

- E esse rapaz seria você? - Perguntei entrando na brincadeira.

- Claro, não acha que te daria outro, acha? 

- Com certeza, não. 

[...]

 Eu estava em um sofá apenas de roupão lendo uma revista qualquer sobre moda, o que não me interessa muito, enquanto ele tomava banho. 

 Eu estava esperando ele sair, porque apenas o banheiro de seu quarto tinha água quente. Passou-se alguns minutos e ele saiu com uma toalha enrolada na cintura e outra nas mãos passando sobre a cabeça secando seu cabelo. QUE HOMEM É ESSE? 

- Pronto. - Falou reverenciando-se para mim e indicando o banheiro. - A propósito, você fica muito sexy no meu roupão que cabe  três de você dentro. - Riu e eu ri batendo em seu braço.

Entrei no banheiro com minha sacola e tomei um banho relaxante, afinal precisaria de todo relaxamento do mundo para essa noite. Passei uns quarenta minutos mais ou menos na banheira e quando sai me sequei e coloquei o que havia na sacola. Abri um pouco da porta e encontrei Taylor assistindo algo na TV, coloquei apenas minha cabeça para fora e o chamei.

- Ei, preparado? Tenho uma surpresa pra você. - Dei um sorriso malicioso e ele riu do meu jeito de "estou tentando ser sexy, colabora, por favor".

- Surpresa? Hum, eu gosto de surpresas. - Riu e se levantou. Vi que ele usava apenas uma calça de moletom.

- Olha primeiramente não ria de mim, porque eu não tenho o corpo mais perfeito do mundo e em segundo é a primeira vez que visto algo desse tipo. 

- Primeiramente não irei rir de você, segundo você é perfeita pra mim e em terceiro... - Ele deu pausa e riu. - O que você está vestindo? Está me deixando curioso. 

- Estou com vergonha de sair. - Ri e ele riu também. - Não sou a pessoa mais indicada do mundo a usar roupas como essas. - Falei corando.

- Acho melhor você sair logo se eu for te buscar não vai ser nada legal. 

- Tá bom, hm... coloca sua cabeça em baixo do travesseiro e quando eu pedir pra você olhar você olha, pode ser?

- Taylor para com isso, seja o que for que você esteja vestindo, com todo respeito, mas eu já te vi nua meu amor. 

 Algumas pessoas poderiam pensar que isso era charme da minha parte, porém não, não é. Eu nunca usei isso em toda minha vida, por mais que pareça estranho, mas falo sério, em momentos como esse, nunca optei por usar "trajes" como esse, mas não sei o que me deu em relação a hoje. Na verdade eu sou bem magra e pelo meu ponto de vista não fico muito sexy dentro disso. Respirei fundo e resolvi sair.


 Assim que sai com o robby aberto olhei pra ele e ele ria.

- Sabia que isso era uma palhaçada. - Falei meio triste virando-me em direção ao banheiro novamente. Ele deve ter me achado uma inútil, ou uma pessoa que não sabe o que faz. ONDE VOCÊ ESTAVA COM A CABEÇA AO VESTIR ISSO TAYLOR?  Antes de chegar a porta do banheiro sinto mãos quentes e fortes segurando meu braço, viro e me deparo com um par de olhos negros.

- Meu amor você está linda, tentadora, sexy, maravilhosa... - Falou beijando meu pescoço.

- E por que  riu de mim? - Falei me afastando e encarando-o.

- Ri pelo fato de você a minutos atrás estar com vergonha de se mostrar assim para mim, você é perfeita meu anjo, nunca duvide disso. - Falou segurando o meu rosto.

- Jura que não fico parecendo uma magrela? Mas do que sou, claro, só que...

- Você é linda. - Falou e devorou meus lábios de uma só vez. Nunca comentei isso mas sempre quando nos beijávamos era como se uma corrente elétrica passasse pelo meu corpo, eu simplesmente não sabia explicar. Ele pediu passagem com sua língua  e eu cedi, afinal quem não cederia para Taylor Lautner? Ele explorava cada cantinho da minha boca, deixando um rastro de fogo por onde sua língua macia passava. Nosso beijo parecia algo urgente, ele prendia mais nossos corpos com uma mão em minha cintura e outra perdida pelos meus fios do cabelo, enquanto minha mão envolvia seu pescoço.  Ele largou minha boca e foi trassando um caminho de beijos e mordidas para meu queixo, pescoço, ombros, enquanto sua mão ágil livrava-se do meu hobby de seda fino, que logo se encontrava no chão.

Você pertence a mim, somente a mim. - Falou perto dos meu ouvido e deu uma mordida no mesmo.

  Sinto ele passando as mãos pelas minhas costas, certamente procurando o feche do meu sutiã, o que não foi difícil de encontrar.

 Como ele estava sem camisa comecei a arranhar suas costas, o que me pareceu inútil já que eu não tinha unhas grandes. Mas isso não mudou em nada sentia ele se arrepiar a cada toque meu.  Coloco minhas pequenas mãos até a barra de sua calça e a retiro, não vou mais detalhar tanto, porque não sei, acho que me sinto envergonhada. 

 Em poucos minutos não eramos mais dois e sim um, a cama acompanhava nossos movimentos.

 E essa foi a melhor noite de amor da minha vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA