21 julho 2014

Fanfiction: A viagem - 2 Cap. A agenda

Capa/Designer: @jessica_keli TLM
Fic/TextoLela Matuskellah.


POSTADA: Semanalmente as Segundas.
~ Pov de Taylor ~

Eu estava cansado de um monte de garotas no meu pé, eu sabia o que a fama me causaria, mas estava me sentindo sufocado. Eu estava à procura de alguém especial que gostasse de mim de verdade, e não porque sou o ator que interpretou o Jacob Black no cinema. Eu não sou apenas um rostinho bonito, também tenho cérebro, mas as mulheres parecem que se esquecem disso. Eu estava passando pelo saguão do aeroporto distraído, pensando em que rumo minha vida havia tomado quando de repente me choquei em algo e quando percebi eu estava no chão com alguém em cima de mim. Quando eu fui xingar acabei entrando em choque, vi uma linda garota em meus braços toda atrapalhada se desculpando.


_ Não foi nada! –Eu disse rindo. – É a primeira vez que uma fã cai literalmente nos meus braços!

_ Fã? –A garota fez uma careta de como se não estivesse entendendo o que eu estava falando.  –Nossa!... –Foi à única coisa que ela conseguiu dizer antes de se perder em meu olhar.

_ Olha... Realmente está ótimo o que estamos fazendo, mas... Temos que nos levantar, antes que alguma fã mais histérica nos veja assim e venha pra cá como louca.

Percebendo que ainda estávamos no chão abraçados ela se levantou mais que depressa e foi se desculpando novamente.

_ M- me desculpe. –Ela disse toda atrapalhada. –Eu n-não fiz por mal. - Começou a dizer envergonhada.

_ Tudo bem. –Eu disse com o meu melhor sorriso estampado no rosto. –Deixe eu te ajudar.

Ao dizer isso eu logo a ajudei pegando sua bolsa e colocando suas coisas de volta.

_ N-não precisa. –Ela disse se abaixando também e me ajudando.

_ É o mínimo que eu posso fazer depois de ter te derrubado. –Eu disse olhando intensamente  em seus olhos. - Suas coisas. - Eu disse lhe entregando e ela logo pegou.

_ Obrigada. –Ela disse se virando.

_ Espere. –Eu disse pegando em seu braço com gentileza.

_ Que foi? –Perguntou surpresa.

_ Nem sei o seu nome. –Eu disse com aquele sorriso travesso.

_ Daniely Rincon. –Ela respondeu corando.


_ Taylor Lautner. – Eu respondi pegando em sua mão e dando um beijo em seu rosto quase pertinho da boca, isso a fez se arrepiar e a tremer.

_ Prazer em conhecê-lo. –Ela disse totalmente sem graça.

_ Pelo jeito você não é fã. –Eu disse ainda segurando sua mão.

_ Porque ta dizendo isso?

_ É que você não fez escândalo por me ver, não se aproveitou pra me agarrar e tentar me beijar a força.

_ Eu não sou dessas garotas oferecidas! Só porque você é um astro que está bombando ultimamente eu sou obrigada a ficar igual a um cachorrinho atrás de você? –Ela disse irritada e logo se virou novamente pra sair, mas eu a puxou novamente.

_ Me desculpe, eu não queria ofendê-la. –Eu disse pondo uma das mãos em seu rosto, mas instintivamente ela recuou.

_ Tudo bem. –Ela respondeu ainda vermelha.

_ Nossa... Eu não sabia que ainda existiam garotas que ficam vermelhas com facilidade. - Eu disse com aquele sorrisinho que as garotas adoram.


_ E-eu tenho que ir, tem gente me esperando. –Ela disse mais nervosa ainda.

_ Como eu faço pra te ver de novo?- Eu disse gentil.

_ Hum?

_ Me dê seu telefone.

Nisso apareceu uma mulher falando em outra língua.

_ Nossa! Pensei que você tivesse rodado junto com a descarga! 

_ Foi mal, eu... 

_ Hey! Você não é Taylor Lautner, ator daquele filme... “ Crepúsculo”? –Disse a mulher animada.

_ Sou sim. –Eu disse com um largo sorriso.

_ Minha filha é totalmente louca pelo filme, principalmente você! No quarto dela tem muita foto sua, ela diz que gosta de ir dormir e acordar olhando pra você.

_ Mãe! –Ela disse toda vermelha. - Vamos embora!

_ Então você é minha fã? –Eu disse sorrindo.

_ Minha mãe que é exagerada! –Ela disse pegando a mulher pelo braço. – Vamos embora mãe, eu estou cansada!

_ Vamos sim, já pegou o autógrafo dele? – Disse a mulher ainda animada- Você tem que aproveitar, assim você pode se achar perante suas primas!

_ Ai meu Deus. – Ela disse pondo a mão no rosto.

_ Deixa ela, eu gosto de estar com os meus fãs.

Logo a mulher me deu papel e caneta para que eu autografasse e logo pegou o celular para bater foto. Assim que eu autografei eu entreguei o papel e caneta e logo fui abraçando Daniely por trás e colocando o queixo em seu ombro. Apenas esse contato fez com que ela se arrepiasse e começasse a tremer.

_ Tudo isso é efeito Taylor?- Sussurrei em seu ouvido enquanto sua mãe batia as fotos.

_ E-eu não sabia que você era convencido desse jeito. 

_ Não sou, é você que me deixa assim.- Sussurrei novamente, mas dessa vez dei um beijo leve no lóbulo de sua orelha que a  fez arrepiar-se mais ainda,  fechar os olhos e dar um gemido baixo que só eu escutei. –Como faço pra te ver de novo?

_ Filha, vamos? –Disse a mulher de repente.

_ Vamos. –Ela disse se desiquilibrando, mas a segurei firme em meus braços.

_ Você não vai me dar o seu telefone mesmo? –Eu disse com a esperança de que sua mãe me ajudasse.

_ Essa menina é desligada... – Disse a mulher escrevendo o número no papel e me entregando. – Mas vê se liga mesmo, ela vai adorar manter contato com você.

Assim que peguei o papel logo o  guardei no bolso e me despedi de sua mãe.

_ Espere que eu te ligarei. –Eu disse pegando em sua mão e puxando-a pra me dar um beijo que pegou no canto da boca.

_ Não pense que sou mais uma que irá cair nos seus encantos. –Sussurrou envergonhada.

_ Foi bom conhecer minha sogra, assim ficará mais fácil. –Disse jogando-lhe uma piscadela.


Depois de nos despedirmos eu fiquei parado só observando, até ela sumir de vista. Assim que fiquei só olhei para o chão relembrando do nosso esbarrão e percebi que ela tinha esquecido algo e fui pegar pra ver.

_ Nossa... Ela esqueceu a agenda. –Eu disse abrindo e vendo algumas coisas. – Espera, isso é como se fosse um diário! –Eu disse surpreso, mas já era tarde, ela já havia ido embora. Guardei sua agenda e sai pra fora, eu estava louco pra chegar a meu apartamento e descansar.


Fui logo pegar um taxi e dez minutos depois eu já estava deitado no sofá relaxando e Daniely me veio ao pensamento. Ela realmente havia mexido comigo, então peguei sua agenda e comecei a folear e para minha sorte havia várias fotos dela, uma mais linda que a outra.

Ela de biquíni na piscina, na praia, ela em um parque de diversões com os amigos, e uma em especial me chamou a atenção, uma foto dela de rosto, segurando os cabelos no alto da cabeça, olhando como se alguém chamasse sua atenção e um lindo sorriso nos lábios.

Foleando mais acabei achando uma foto minha onde eu estava em pé na praia, todo molhado me preparando para arremessar uma bola de futebol americano. As outras fotos tinham outras pessoas comigo como a Kristen, Robert e outros amigos que fizeram o filme.

Na página onde estava minha foto havia muitas coisas escritas e pude perceber que eram sobre mim, pois meu nome aparecia várias vezes, mas não consegui ler porque estavam em outra língua.

Fiquei curioso pra saber o que era eu precisava traduzir aquilo. Mais algumas folhas depois encontrei alguns endereços de internet e resolvi que depois que eu descansasse eu iria verificar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA