27 agosto 2014

Fanfiction: A filha do chefe - Capítulo 11: Ciúmes



Bom dia! O Sr. Taylor já chegou? passei por Elaine.

Bom dia, Srtª, ele chegou sim, está na sala dele... eu nem deixei que ela terminasse a frase e entrei logo em sua sala.

Taylor eu... quando abri a porta o vi conversando todo risonho com uma morena. Ah, Srtª Elena ele se levantou na mesma hora e eu o olhei de forma inquisitiva, mas ele nem ligou. Srtª Aline, essa é a nossa presidente Srtª Elena Formam.

Prazer Srtª Elena!

Prazer. E é Srtª Formam!

Aline era morena e alta, mas nem magra nem gorda e de olhos azuis. Não gostei nada dela ali, olhei de cima a baixo a moça, mas mantive a pose.

Mas o quê a SRTª deseja?

Ela veio por causa da vaga de secretária no lugar da senhora Elaine. Taylor disse antes de Aline.

Mas isso não é para D. Elaine fazer? olhei novamente para ela. Desculpe, estamos num ciclo de reuniões, você entende né?

Claro!

Ótimo. Eu vou chamar a Srtª Elaine para continuar com a entrevista! eu segui em direção a porta e antes de sair me virei para eles. Taylor, espero o Sr. na sala de reuniões. Ah, Srtª Aline, boa sorte e espero vê-la novamente aqui!

Obrigada, Srtª Formam! sorri para ela gentilmente e assim que fechei a porta saiu correndo até a recepção.

Dona Elaine, preciso de um favor da Srª, mas que só vai poder ficar entre a gente... depois que ela concordou continuei. Tem uma moça com o Srº Taylor, ela veio para preencher a sua vaga mais preciso que a dispense!

E por que eu faria isso? D. Elaine Portman já era uma senhora de 60 anos e trabalhava a muito tempo com o meu pai e iria se aposentar.

Por que eu não gostei dela! falei as pressas sem pensar no que estava falando.

Elena, eu saio daqui há alguns dias e como irei fazer isso?

Sei lá... Eu lhe pago por esses dias, mas, por favor, invente qualquer coisa, diga... ah, sei lá, invente qualquer coisa, mas dispense-a, vai! eu a puxei e a empurrei em direção a sala dele.

Algumas horas mais tarde, Taylor entrou na minha sala.

Ciclo de reuniões? Não temos isso aqui.

Eu sei, você sabe, mas ela não eu não levantei a cabeça para falar com ele.

Que feio, ciúmes de uma funcionariazinha ele se aproximou da mesa e sentou na minha frente.

E quem disse que estou com ciúmes?!

Sei. Então por que você mandou a D.Elaine até lá? Você sabia muito bem que eu podia terminar a entrevista, já fiz muitas vezes isso!

Eu só a mandei fazer o trabalho dela! ele me girou na cadeira.
Admita que você tá morrendo de ciúmes! ele encostou bem o rosto no meu.


E se eu estiver?! o empurrei fingindo indiferença Agora volte ao trabalho! ele se afastou e saiu. Assim que ele saiu eu riu discretamente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA