21 agosto 2014

Fanfiction- Herói de Batalha- Capitulo 04


Fanfiction - Herói de batalha - Capitulo 04



Capitulo 04= House of beach 

Aquela semana passou tão rápido que só percebi que hoje é sexta, quando Taylor apareceu na porta do meu quarto todo animado.

- Está pronta ?_ falou ele entrando no meu quarto e pegando a minha mala,

- Eei, o que tá fazendo? _ falei brava.


- Se esqueceu?                      

 Fiquei olhando para ele tentando me lembrar do que eu tinha esquecido.

- Hoje, é sexta, meu amor._ falou ele me envolvendo em seus braços. _ Daqui á 10 minutos vamos estar livres, para passarmos o fim de semana juntos.

- Hoje é sexta? _ falei ainda sem entender.

 - É sim_ falou ele ainda mais animado.

- Sextaa ! _ falei gritando e jogando os braços para cima.

 Taylor pegou a minha mala, e colocou no caro dele. Olhei rápido para os bancos de trás, e estavam vazios.

- Ué? E os seus amigos?

- Estão vindo ai_ apontou ele para um trio de soldados vindo em nossa direção.

 Os três sentaram-se no carro, em silêncio, más não por muito tempo.

- Então Taylor, essa que é a Isabela? _ falou um soldado de cabelos loiros e um largo sorriso.

- É sim, Rob. Isa, esses são os meus amigos: Rob, Dilan e Ravi.

 - Oi, tudo bem? _ falei meio tímida.

- Tudo.. _ falaram eles em coro.

 Olhei para Taylor, e ele estava com uma expressão de raiva. Ele olhou para os três e eles ficaram calados até chegarmos na casa.

  A casa, era de dois andares, pequena e muito linda.

  Os soldados saíram na frente, correndo e cantando alguma musica que não me lembro.

- Eles adoram uma folia não acha?_ falou Taylor dando risada, quando um deles cai no chão.

- E muita.

 Tirei minha mala do porta-malas e entrei na casa. Era ainda mais bonita dentro.

 Entrei e dei de cara com uma sala com dois sofás de um amarelo bem fraquinho , e uma 
estante preta, com uma televisão de 32 polegadas.

  Caminhei pelo corredor, onde havia várias fotos deles, em diferentes ocasiões más sempre na mesma praia. Entrei na primeira porta á direita e dei de cara com Ravi enrolado só de toalha. Fechei a porta ligeiro quando ouvi ele dizer “ Ei, volta aqui”.

 Abri com cuida a terceira porta á esquerda e fiquei aliviada quando não vi ninguém enrolado em uma toalha. Joguei minha mala, em cima da cama e fui ver a vista da sacada.

  As colinas, de longe, davam um contraste lindo com o pôr do  sol, sem falar do mar que estava bem á frente, as ondas estavam ainda mais convidativas para dar um mergulho. Agora que eu havia percebido, aquela praia era a mesma das fotos, eles haviam vindo aqui á vários anos atrás, pelo menos é o que eu acho, pois Taylor parecia ter seus 17 anos em uma das fotos.

 - O que você esta achando daqui?_ falou Taylor.

- Muito lindo. Essa não é a primeira vez que vocês vem aqui não é?

- Não _ falou ele sentando-se na cama_ Desde a primeira vez em que entrei no quartel, eu vim aqui. Eu era amigo de um capitão, e aos poucos por mês consegui comprar essa casa. Infelizmente, ele morreu no ano passado e eu virei o capitão.

 - Meus pêsames_ falei sentando-se do lado dele.

- Bom, vamos deixar esse papo triste de lado. Você quer ir até o super mercado comigo? Fica á 10 minutos.

- OK.

 Chegamos no mercado, e me senti um pouco perdida. O mercado era muito maior do que os da minha cidade.

- Temos que comprar o que? _ perguntei

- Não sei.

- Ta.. o que pretende fazer pra comer?

- Não faço idéia.

 - Taylor.. como você não sabe? Essas são coisas fundamentais_ falei colocando as mãos nas minhas cinturas_ Ta, que tal, hoje de noite fazermos duas lasanhas com refrigerante, amanhã de manhã, pro café da manhã.. _ pensei um pouco_ pão, presento, queijo, e 4 caixas de leite. Podemos comprar uma torta, e mais algumas coisinhas.

- Nossa, como você consegue pensar em tudo isso?

- Quase sempre eu tinha que fazer as compras lá em casa, então...

- Você, sempre perfeita em tudo._ falou ele me roubando um beijo.

 Compramos tudo e voltamos para casa. Os meninos estavam com o som no ultimo volume, e 
nem perceberam 
a nossa chegada.

- Ei, precisamos de ajuda aqui _ falou Taylor colocando duas sacolas em cima da mesa.

  Eles saíram do sofá ligeiro e pegaram o resto das sacolas.

- Pra que tanta comida assim? _ falou Dilan

- Vou fazer duas lasanhas hoje de noite.

- Opa, pela primeira vez vai ter comida boa nessa casa _ falou Rob gritando da sala.

- Não vão comemorando cedo, todo mundo vai ajudar ela a cozinhar.

  Todos se desanimaram e foram assistir televisão novamente. Comecei a guardar as coisas 
na geladeira, e deixei eles de “folga”, enquanto fazia as minhas lasanhas.

 - Ah.. que cheirinho bom _ falou Taylor surgindo na cozinha_ Ta pronto?

- Ainda não...

 Ele voltou para a sala, cabisbaixo.

  A lasanha estava pronta, e nem precisou avisar eles. Quando me viro, vejo todos olhando a lasanha com os olhos brilhando. Em menos de 1 minutos, colocamos os protos, talhares , o 
refrigerante e a cerveja.

 Meu Deus, como eles comem! Devoraram a primeira lasanha bem rapidinho, enquanto eu ainda estava no meu primeiro pedaço.

 As lasanhas já haviam acabo, assim como as cervejas e o refri. Todos pegamos uma cadeira e nos sentamos no jardim para curtir um pouco da noite estrelada que tinha, e o ventinho frio que havia.

 Taylor se aproximou de mim e falou, quase que cochichando  “ finge que esta com sono”, demorei um pouco para entender, e comecei o meu teatrinho.

 - Boa noite _ bochechei_ Não sei vocês, más eu to com sono. Boa noite, to indo dormir.

 Caminhando bem devagar , fui até o quarto, e esperei para ver se Taylor aparecia. Já se passava 10 minutos, e nada dele vir. Coloquei minha camisola e deitei de baixo das cobertas.

  Ouvi a porta se abrindo, más continuei ali, parada e imóvel, fingindo que estava dormindo, eu estava com muita raiva de Taylor.

-Demorei? _ falou ele encostando os dedos na ponta da minha orelha.

 Ele achava que seria fácil me conquistar, muito pelo contrário depois do tempo que ele me fez esperar.

 - Eu sei que você acorda. Não adianta fingir que está dormindo _ falou ele beijando meu pescoço.

  Beijo no pescoço não deveria existir, por que ele me deixa completamente ser eu,e fazer tudo o que o Taylor quer.

 - Aha, eu sabia que você estava acordada.

- Ok, eu estou acordada. O que foi Taylor? _ falei com mais raiva ainda

- Me desculpa pela demora. Se não ia parecer muito na cara.

- Muito na cara o que? Você só iria dormir comigo, só isso.

- Isa, Isa você é inocente mesmo... _ falou ele dando risada de mim.

- Pensou que eu fosse o que então? Uma séxologa?

- Calma meu bem, eu  não quis dizer isso.

- Quis dizer o que então?

- Por que você acha que eu deixei os meus amigos e vim aqui com você em... _ ele deu um 
sorrisinho malicioso.

 - Me fazer companhia. Você sabe que eu tenho medo de escuro.

- Sua bobinha...

  Taylor se aproximou ainda mais de mim e começou a me beijar cada vez mais forte.


                                                                              

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA