15 setembro 2014

Fanfiction: A Viagem Cap. 10 - O Jantar




~ Pov de Daniely ~

Assim que cheguei minha mãe logo me ajudou com as coisas, enquanto eu fui preparar meu banho de banheira, ela ficou em meu quarto escolhendo a roupa. Ela escolheu o vestidinho preto tomara que caia com uma sinta liga também preta linda, toda rendada e salto alto também preto.
 Ao encher a banheira eu logo coloquei sais de banho. Logo entrei e a água estava uma delicia eu queria relaxar, mas isso era impossível, eu iria jantar com ninguém menos que Taylor Lautner, eu estava eufórica demais.

Fechei meus olhos, eu queria curtir o momento enquanto minha mãe não viesse me torturar mais.

~ Pov de Henrique ~
 Agora meu pesadelo estava completo. Se não bastasse eu ter que disputar a minha Dany com aquele atorzinho de merda eu teria mais um pra me atormentar, meu pior inimigo, Gabriel. Desde criança ele vem me provocando e sempre acabo saindo como o vilão da história, eu queria saber como ele consegue ser tão sínico e ninguém percebe.

Eu havia me declarado pra garota que amo e ela estava com ódio de mim. Tenho que fazer algo logo, se não a perderei de vez. A hora ia passando e eu ficava mais angustiado, só de pensar que Daniely pudesse sair desse jantar namorando eu fico louco.
  
A hora foi passando e eu ficando mais nervoso, foi dando oito e quarenta cinco e Dany não saia do quarto até que ouço um barulho e corro pra ver o que era e vi Nanda saindo do quarto e dando as ultimas recomendações a Dany.

_ Não demora minha filha, daqui a pouco ele está chegando.
 _ Ta bom mãe! –Ela disse impaciente.

Logo Nanda saiu a deixando sozinha, essa era minha deixa. Assim que Nanda desceu as escadas eu corri para o quarto de Dany. Hesitei um pouco, mas tomei coragem e bati na porta.

_ Entra. –Ela disse sentada na cama de cabeça baixa, parecia angustiada.

Logo entrei e fechei a porta.

_ Nossa... Você está linda. –Eu disse praticamente em choque.
  
Daniely estava parecendo essas atrizes de Hollywood, linda e perfeita.


_ Olha Henrique se você veio aqui pra brigar comigo...! –Ela disse angustiada.

_ Não, eu não quero brigar com você.

  
Ela apenas deu um suspiro longo e pesado.


_ Eu vim aqui me desculpar com você. –Eu disse me aproximando dela e me ajoelhando em sua frente. –Ultimamente eu venho agindo como um idiota. –Eu disse pegando em sua mão. –É que me desesperei com a ideia de te perder e...!
  
_ Porque você me perderia se você não me tem?

_ Por isso mesmo! Eu não te tenho e isso dói sabia? Isso pode nunca ter acontecido com você antes, mas o que eu sinto por você é sincero. Eu me desesperei, por isso que te tratei daquele jeito no parque, eu nunca senti isso antes. Achei que o Léo estava dando em cima de você e pirei. Você me perdoa?

 _ Tudo bem Henrique. –Ela disse com um sorriso tímido.


_ E sobre o Gabriel...!

_ Eu já estou sabendo dos arranca rabos de vocês.

_ Não acredite nele Dany, por favor. Desde crianças que ele vem me provocando e eu é que saio como o louco dessa história. Nunca vi um cara tão sínico que nem ele!

_ Eu não vou julgar porque não o conheço. Vamos deixar o tempo dizer não é?

Nisso notei que ela começou a tremer.

_ Você está passando mal? –Perguntei preocupado.

_ Não... Isso é nervosismo. –Ela disse sem graça. –Esse jantar está acabando comigo antes mesmo de começar.

Nisso ouvimos a campainha tocar e Dany apertou minha mão.

_ Ai minha nossa! –Ela disse apavorada.
  
_ Se acalme.

_ Eu estou apavorada!

_ Me da o seu celular. –Eu disse levantando. 

_ Pra que?

_ Vou anotar meu número... Se ele tentar alguma gracinha com você é só me ligar que eu vou correndo.

Logo ela me deu o celular e eu anotei o número. Não demorou muito para que Nanda entrasse sem avisar.

_ Anda garota! O príncipe encantado está lá em baixo te esperando.
  
_ Já estou indo mãe! –Ela disse nervosa.

_ E você? –Nanda disse olhando pra mim.

_ Eu o que?

_ O que está fazendo aqui?

 _ Eu vim apenas conversar com a Dany.

Sem dizer mais nada nós três fomos pra sala de Estar, Nanda e Dany na frente e eu atrás. Assim que chegamos à sala, notei que Dany tremia e que assim que Taylor colocou seus olhos nela, os olhos dele brilharam e isso me ferveu por dentro, mas me segurei.

_ Nossa como você está linda. –Ele disse olhando intensamente para a minha Dany.

_ Obrigada. –Ela disse timidamente. –Você também está lindo.

_ Vocês pretendem esticar a noite? –Perguntou Nanda. 

_ Que horas a Dany tem que estar em casa? –Ele perguntou.

_ Se divirtam amores. –Nanda disse jogando uma piscadela.
  
_ Então boa noite a todos. –Ele disse todo simpático.

Depois que eles se despediram, vi os dois saindo de mãos dadas pela porta. 

_ Você é doida Nanda? De entregar a Dany assim de mão beijada pra esse conquistador barato? –Eu disse irritado.
  
_ Que isso garoto? –Ela disse estranhando minha atitude.

 _ Você deveria impor um horário pra ele trazê-la de volta! Só Deus sabe o que ele pode fazer com ela!

 Nisso do nada meu pai começou a rir que até rolava pelo sofá.

_ Que foi? –Eu disse sem entender.

 _ Ai ai ai! –Ele dizia com as mãos na barriga.
  
_ Virei palhaço agora? 

_ Nossa garoto! É assim que você pretende conquistar a Dany? Tendo esse ataque besta de ciúme?
 _ Mas...!

_ Mas nada moleque! –Ele disse ficando de pé. –Você disse que não iria magoa-la, então faça as coisas direito!

Logo ele e Nanda saíram e me deixaram na sala com cara de idiota.



[...]



~ Pov de Daniely ~
  
Assim que saímos do quarto minha mãe começou a falar na minha cabeça, mas eu estava tão nervosa que nem prestei muita atenção, eu nunca havia saído assim para um encontro de verdade e não tinha ideia do que poderia acontecer. Ao chegarmos à sala e eu o ver meu mundo parou. Taylor Lautner todo lindo ali parado me esperando para irmos jantar, nossa! Isso era demais pra mim, eu não estava conseguindo assimilar tudo isso, parecia um sonho. Assim que ele me viu nossos olhos se encontraram e era como se falássemos sem ao menos pronunciarmos nenhuma palavra. Era estranho, eu achava que pelo fato de eu estar com aquele vestido ele iria me olhar de cima a baixo como os garotos sempre fazem, mas ele não tirava os olhos dos meus, até que aquele silêncio todo foi quebrado por ele.

_ Nossa como você está linda. –Ele disse me olhando intensamente.

 _ Obrigada. –Eu disse timidamente. –Você também está lindo.

 _ Vocês pretendem esticar a noite? –Perguntou minha mãe.

 _ Que horas a Dany tem que estar em casa? –Ele perguntou.

 _ Se divirtam amores. –Minha mãe disse jogando uma piscadela.

 _ Então boa noite a todos. –Ele disse todo simpático.

Depois de nos despedirmos logo fomos embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA