14 dezembro 2014

Fanfiction: Ela é para o meu irmão - Capitulo 13


Texto FIC/Designer JESSICA TLM/ @JESSICA_KELI. 

Permanecia em choque, eu não tinha palavras para falar.
Eu não estava acreditando no que via. Então pisquei os olhos varias vezes e procurei palavras certas. Eu queria esgana-lo.

Taylor e Adria estavam quase se beijando mais ao ouvirem minha voz se afastaram para olhar para a porta. Adria se mostrava normal, até porque ela não sabia de nada. Mais ele sim. Ele sabia de tudo. Foi o motivador de tudo.

 Então eu fitei seus olhos como se fosse meu maior inimigo. Ele me olhava assustado como se tivesse visto um fantasma.

 Agora eu entendia o que Trevan estava tentando evitar dizer. Era isso que ele queria que ela me contasse. Meus olhos ferviam de ódio. Como se ele fosse o único ali.

 Olhei para qualquer lugar menos para eles, –Desculpem não queria atrapalhar..

Completei enterrando meus olhos friamente nele,  -podem continuar.

Ele deu dois passos á frente e eu fechei a porta.
Passei correndo em direção ao meu quarto e Trevan estava no caminho.

Vendo meu semblante atordoado tentou impedir minha passagem.
-o que foi? O que aconteceu? 

Desviei dele em silencio e me tranquei no quarto.

Eu estava com muita raiva do Taylor. Como ele podia fazer isto? O que ele pretendia com isso? Ferir-me que nem fez com aquela loira na festa da sua prima? Chorei de raiva enquanto media sua baixaria. Até a minha irmã?
Ouvia Trevan bater na porta pedindo que eu abrisse.

Chorei de raiva encostada na porta, descendo me encolhi  e Adormeci ali depois de chorar de tanta raiva daquele idiota.      
- - - -
Chegando de manhã acordei bem no chão com a batida do Trevan na porta e me levantei devagar estranhando onde eu havia dormido.
-já vou!    Respondi enquanto bocejava.

Abri a porta. –você esta bem?       perguntou preocupado.

-parece que não dormiu..       falei reparando ele.
Ele cortou o assunto.

-Vamos tomar café? Hoje você vai treinar né? Precisa ficar forte..
     disse sorrindo.

Tomei café e não tentava pensar no dia anterior.

Adria entrou na cozinha com muito animação. Enquanto nós tomávamos o café silenciosamente. Então ela estranhou e se sentou mostrando que estava estranhando nosso comportamento.
 Sentou-se quieta. Só ouvíamos barulhos de pássaros e de xícaras.

Ela disse,  -ai que coisa! que silencio, alguém morreu?!

Trevan ignorou e continuou tomando café.
-pior que seria melhor..     respondi odiando aquele idiota.

Trevan mostrava insatisfação com a presença da Adria. Ele se levantou irritado e saiu da cozinha.

Adria seguiu com o olhar até a saída dele e esticou o pescoço para confirmar, me olhou sorrindo.

-Emi, não fica sem graça por ontem..   Estiquei os lábios sem graça.

-porque depois foi melhor ainda!     Meus braços estavam com calafrios enquanto eu tentava sorrir.

-ele me convidou para ir com ele na festa da Asheley..

-o que?    Perguntei rápido esquecendo-me  que eu deveria manter a calma.

-é!    disse ela animada sorridente.
Respirei fundo desviando o olhar dela o tempo todo.

Eu não estava me reconhecendo. Tomei o café para disfarçar meu nervosismo enquanto ela dizia.

-Eu quero um vestido fácil de colocar e fácil de tirar também!    disse animada a ultima.

Me engasguei ouvindo aquele absurdo e percebi que nada estava entrando no meu estômago.
Perguntou preocupada,   -ai meu Deus! você está bem?!

-Estou.. eu só, acho que não estou gostando mais de café.
falei medindo minha estranheza por isto.

Mais eu precisava ser sincera com ela e contar oque havia acontecido. Já que ele não havia feito isto.

-Adria, eu tenho que te contar que.       Mais ela me interrompeu.

-Eu adorei conhece-lo Emi.. ele é um amor.. eu deveria ter gostado mais de crepúsculo e do natan também..

Desisti por vê-la tão admirada com tudo.
Respirei fundo. Não a magoaria. Ela não tinha culpa. já bastava toda ferida e magoada, ela estava muito bem.. eu não estragaria.

-que bom Adria.. fico feliz por você..    falei tentando sorrir.

-vou te apresentar ele, eu lembro que você era muito fã dele quando era pequena e.. antes de conhecer o Evan e

-não precisa, já nos conhecemos..      falei me acalmando.

-há! então esta explicado aquela cara de espanto que você fez ontem, né!    ela riu e completou.

-ele é irmão da sua amiguinha..

-é amiga, Adria.   se refera assim, nem eu nem ela temos mais 5 anos de idade.

-é costume.. me desculpa.   sorriu.

- - - - - -

 Fui para escola e depois fui ao treino. Makena conversava comigo sobre tudo, mais no seu irmão que costumava tocar no assunto. nada ela dizia.
O teino foi bom, daqui a 2 semanas teríamos um jogo muito importante. poderia viajar para vários lugares no próximo ano se ganhássemos e competiríamos com outras escolas.

Trevan Fazia questão de nos levar e buscar. Assim seria melhor. 

Chegou a noite, Adria me esperava para escolher o vestido. Eu estava tão preocupada, o medo de fazer ela se envolver com ele. Com a minha própria irmã, eu comecei a imaginar ele na minha familia, em ter que ver todo ano. pelo menos 1 vez no ano. Imaginei tendo sobrinhos com a cara dele. Minha mente viajou..

-Emi? Emii? Emi! hooou!     Despertei-me com a mão da Adria balançando na minha frente.

-oi?!

-esta dormindo em pé? eu te perguntei sobre esse vestido vermelho.. o que achou?   disse ela colocando ele em cima do seu corpo.

-ele vai sumir do seu lado..

-tenta esse azul.. esse aqui.   apontei para o azul bebê.

-haá.. não gostei.. se você fosse sair com ele, qual você usaria?

Estranhei a sua pergunta,  -Eu tenho que pensar desta maneira?

-não, ok. eu viajei e esse aqui?       disse ela apontando para outro vestido.

-esse é legal.. detalhes vermelhos ficam bem em você..

-é! eu sei!     deu um sorriso maroto.

-então.. estou liberada patroa ?     falei sorrindo.

-está.. obrigada Emi.. agora eu vou tomar aquele banho de beleza bem demorado..

-imagino..    falei virando-me e saindo do quarto.

Fui até a varanda da minha casa e sentei na escada.
 Makena acenou saindo com o seu pai de carro e sentei na varanda, fiquei mexendo no celular e lembrei do que havia acontecido ali.

 Eu estive olhando para aquele lugar para alimentar minha raiva, só assim meus sentimentos eram distanciados e não me fazia sentir nada por ele.
Vi uma mensagem da Jessica me perguntando sobre Adria e Taylor.

Respirei fundo e ignorei eu resolvia isso mais tarde ou amanhã;

Estava anoitecendo, ouvi um ruído na frente da casa da Makena, levantei o rosto tirando a atenção do celular e Taylor atravessar a rua. eu me levantei pronta para ignora-lo.

-Emi! Emi!      disse ele enquanto eu andava depressa.

-não temos nada pra falar, se afasta!   falei andando rápido em direção a entrada da minha casa.

-Emi espera! porfavor!
Parei o ouvindo.

-me escuta.. me desculpa.

-te desculpar pelo oque?! por todas as coisas?!    perguntei irritada

-por causa da sua irmã!

-não há culpe de nada Taylor!

-mas

-mais nada! ainda bem que abri meus olhos! eles estavam bem abertos o tempo todo e você me mostrou que sempre estive certa!
  ele indagou pensativo.

-mais eu, não tive, nada com você.
Cheguei perto dele, era tudo que eu queria ouvir.

-ainda bem! que todo o tempo eu vi como você é. Sabia, dizer isto agora é muito fácil.

Ele ficou mais serio e indagou respirando pesado.
Eu deveria machuca-lo como ele estava fazendo comigo.
-Eu sabia que não devia te beijar!

E Ele mostrou-se irritado,
-pensando bem! você fez certo! á coisa mais certa que fez desde que eu te conheci!

-af! você é um idiota! 

-háarra! quando eu discordo eu sou quando concordo eu sou?!

-ainda bem que eu não confiei em você!

Ele indagou se aproximando do meu rosto e pude sentir sua raiva.
-Otimo. não confie.     disse tentando ficar calmo.

-idiota.     sussurrei

-vai pedir colo pro seu babaca agora.

-você é tão pior quanto ele.

-há! eu sou?! então olha nos meus olhos! diz que você Esta certa de ficar assim irritada. porque eu te devo alguma coisa! diz!

Meus olhos seguravam a raiva, porque ele estava fazendo isto? -eu odeio você.

-Eu não ligo mais.    sussurrou.

-vai embora, sai da minha frente..       falei quase sem forças fechando os olhos segurando minhas lágrimas que queriam cair.

-Eu vou, eu irei me arrumar pra sair com a sua irmã.    disse afirmando.

-eu não te perguntei..     falei com os olhos fechados.

-mais eu sinto que você devia ouvir.

-eu nunca odiei tanto alguém como eu estou odiando você.

-aé, então agora vê se dar valor ao seu idiota então!

-sai daqui Taylor!!     gritei com os olhos fechados.

Trevan abriu a porta preocupado,  -o que esta acontecendo aqui?

https://images-blogger-opensocial.googleusercontent.com/gadgets/proxy?url=http%3A%2F%2Fimages4.fanpop.com%2Fimage%2Fphotos%2F21900000%2FKlaus-gif-klaus-21994565-500-260.gif&container=blogger&gadget=a&rewriteMime=image%2F*
Então abri meus olhos e as lágrimas se soltaram e outras vieram.

Taylor olhou para o Trevan e quando me olhou vendo as lagrimas caírem pareceu arrependido, sua expressão estava assustada.

Trevan veio em minha direção
-nada Trevan.       falei secando meu rosto com as mãos.

Trevan me abraçou encarando Taylor.
-Vem cá. não esta satisfeita com uma só não?!

Taylor olhou pro meu rosto mais uma vez e ele piscou varias vezes como se quisesse se controlar e saiu andando sem dizer uma palavra.

-ai.. Emi.. não chora.. o que aconteceu?

-eu nunca imaginei ver ele assim, eu pensei que eu ia conseguir ser forte.
Trevan me abraçou mais forte.

Taylor estava me mostrando mais frieza, parecia que tinha mais raiva que eu. mais o que ele tentaria explicar? não tem motivo para explicação. por que der repente ele mostrou não se importar mais com oque pensei.

Suas palavras foram tão duras quanto as minhas. Eu sempre consegui ser mais forte que esses sentimentos. Mais parece que minha força mudava de lado.

Trevan conversou sobre nossos problemas. Ele era apaixonado por Adria e estava sofrendo muito.

 Por que ele me contou que ela sabia o quanto ele gostava dela. Ele estava suportando tudo por ela. Eu mostrava menos resistente perto dele.

 Ele era o único quem eu dividia essas coisas. Ele tinha uma grande vantagem de não ter um irmão envolvido nisto "risos.

Ficamos horas conversando. nem percebemos a hora passar, ouvimos barulho da porta enquanto estávamos na mesa da sala de estar e olhamos.

Adria e Asheley chegavam e Adria nos olhou e Trevan se levantou para ir para o quarto.
-Tchau Emi..    Disse ele e Adria esperou pelo "tchau dela"

-Tchau pra você também Trevan.    falou ela ironica.

Ela me olhou. -há! vem cá Ashley!     disse puxando até a mim.

-você já conhece a Emi?

-Emi?        Disse ela arregalando os olhos como se estivesse assustada.
Mais fingi não notar. estavam bêbadas.

Respondi sorrindo,  -é.. Emili, Emi.. 

-Nossa..   disse ela olhando para chão.

Estranhei, -porque ?
  Ela pareceu sem jeito e mostrou-se rápida em responder.

-não. nada! é que eu pensei que fossem pessoas diferentes.   Disse ela rindo.

E Adria também estranhou,  -Então já se conhecem não é mesmo?

-é.. ela estava no restaurante naquele dia..      disse Asheley.

Adria jogou o olhar pra cima. –é mesmo né, vamos dormir? Estou com sono! á noite foi ótima!

Enquanto Adria ria Ashley havia estranhado.
-Achei que não havia gostado.. você..

-não gostei muito. só de uma coisinha que implementou a festa..
Disse Adria de um jeito malicioso e eu entendi o recado.

Ahsley me olhou assustada como se quisesse calar a boca da Adria.
-Adria, não teve nada demais, porque esta falando assim?

ela ficou sem graça pela reação da Ashley.
Respirei fundo.    -vou ir dormir..     Falei desanimada.

-ok.. Boa noite gatinha!    Disse Ashley parecendo olhar minhas expressões.

 -Ela não gosta de diminutivo..   disse Adria rindo.

-ai.. então ela vai me odiar! Por que dessa mania eu já tentei me livrar!   disse Ahsley gargalhando.

-agente abri uma exceção ok..   falei sorrindo entrando no meu quarto.

Adria se mostrava muito mais estranha do que ultimamente.
 Eu deveria estar acostumada com isso.. mais eu me esquecia. era algo inocente meu e eu deveria me lembrar disso mais vezes. ela mostrava ser tão diferente com a Asheley e isto me preocupava porque Asheley parecia ser amiga de verdade dela. Mais como eu conhecia Adria ela não parecia ser amiga de Asheley a sua melhor amiga estava no Brasil.. Raine que era muito parecida com ela.


DEIXE UM COMENTÁRIO. – muitas autoras deixam de escrever por falta de motivação. Diga o que achou, mostre interesse na continuação da história, que certamente ela continuará.
CLIQUE AQUI PARA IR A LISTA DE CAPITULOS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA