19 dezembro 2014

Fanfiction: Ela é para o meu irmão - Capitulo 14

Texto FIC/Designer JESSICA TLM/ @JESSICA_KELI. 


Adria era muito artificial com Asheley. Mais eu estava sempre muito preocupada com outras coisas para me preocupar muito com isto agora, já que mostravam-se se dar bem. Olhei o fansite antes e depois fui dormir.
Já era muito comentado a saída deles.
Acordei Cedo e sai para caminhar com Makena, teríamos um jogo muito importante daqui alguns dias e não poderíamos ficar de bobeira.

Na escola foi tudo normal.. Makena estava estranha. Ela costumava falar do seu irmão o tempo todo e era estranho vê-la nem citar algo sobre ele. Trevan pegou nossas mochilas e eu ouvi alguém me chamar.
Olhei e era Junior.

-Vai ir lá?       perguntou Makena abrindo a porta do carro.

-já volto..      falei olhando para ele.

Caminhando até ele perguntei,   -o que foi?
Com as mãos nos bolsos tomou coragem para perguntar.

-sabe da festa que vai ter na casa do Matheus?

-ouvi falar.
-Então.. eu estou organizando com ele e eu queria perguntar se você que ir comigo.. e

Fiquei pensativa enquanto ele dava suas desculpas do porque tomou coragem em vir falar comigo. “Afinal, que mal teria de ir há uma festa com alguém? Eu tinha que distrair mesmo minha mente.

-ok..     falei sorrindo.

-que pena.. oque?!        Disse ele surpreso.

-é.. vai ser legal..     Tentei sorrir.

-Com você lá, nossa. Vai ser muito legal!       Riu.

Makena me gritou Me apressando e eu me virei pra olha La.
E ele falou.
-Matheus pediu pra chamar ela também..

Virei novamente pra ele.  –e porque ele não chamou?

-porque teve medo dela dizer não na frente dele..
Ri da covardia dele e perguntei,   -e você não teve?

-estou acostumado..     disse rindo sem graça e me contagiou.

-Então.. até amanhã..     disse ele sorrindo.

Fui para o carro, mais não comentei nada com a Makena Porque o Trevan estava em nosso lado. Mais quando saímos do carro. Não esperei muito pra comentar.

Perguntou,  -o que o Junior queria?

Sentei no gramado da minha casa, -queria me convidar para ir em uma festa..e ele me disse que o Matheus! Te convidou só que ele tem medo de você dizer não, que estranho né..
 falei sarcástica fazendo ela corar.

-ai.. para chata!  Mais e o que ele disse quando você disse não pra ele?
  Falou ela deitando na grama e fazendo a mochila de travesseiro.

Eu fiquei sem graça..    –eu não disse não..

-o que?!       Disse ela surpresa e parecendo preocupada.

-ih... o que foi..?       falei sem graça a estranhando.

-há. Nada.. esquece.      Disse ela parecendo se acalmar do nada.

-ficou estranha..      falei soltando uma risada baixa e completei. –vai comigo né?

-Claro.. eu estava te devendo.

-aham, é bem por isso que você vai. Sei...      falei rindo.

-há. Para ta, não é por causa do que você esta pensando.

-como sabe que eu estou pensando alguma coisa ?  ri.
Ela me olhou seria e completei,  -é por causa do Matheus..
Ela ficou sem graça,  -para Emi!    Falou ela levantando e colocando a mão na minha boca como se eu tivesse dito um absurdo e olhou para os lados.

Ri tentando tirar sua mão da minha boca.
-ta vendo como isso é chato!!     Falei conseguindo respirar melhor E ela se dentou de novo.

-é, mais eu não fiz mais. Ta.

-ta bom.. vou parar.. mais... por enquanto.      E ela riu.

-promete que vai parar ? meus pais me matam se ouvir..
   disse ela rindo sem graça.

-esta bem.. não vou dizer pra ninguém que você só vai por causa do Matheus. Falei gargalhando enquanto ela se levantava tentando tampar minha boca;
Ela riu sem graça. –paraaa Emiii!!

E eu comecei a gargalhar já sem forças.

Ter a amizades da Makes era a única coisa que me sustentava naquele lugar, tudo bem que eu me destacava no time, todos me conheciam por isso. Apesar de não ter nenhum problema social Ali. Eu já teria desistido de tudo e voltado para o Brasil E teria suportado por lá mesmo.
Porque maior parte de mim ainda estava no Brasil mesmo com os problemas que deixei lá.
- - - - -
POV MAKENA:
Quando olhava para Emi me perguntava. Porque Deus não há colocou na minha vida antes. Porque éramos como irmãs.
Como amigas de infância, me sentia tão bem do lado dela.
Emi quando decidiu ir para o apartamento por causa do meu irmão. Mais ela não confessava muito bem.. quanto ela voltou, procurei não tocar nos assuntos do meu irmão.. por pedido dele.
Eu me lembro exatamente de como foi.. “FLASH BACK
Peguei o papel com o Trevan, onde dizia o endereço e o telefone da Emili.
Coloquei na estante do corredor. Enquanto conversava com a Amanda no telefone sobre o que havia acontecido com a Emi. Eu explicava os detalhes pra ela. Já que ela também era amiga da Emi.
-é, ela foi por causa do meu irmão, eu tenho certeza. Ela confirmo e ao mesmo tempo não confirmou. Mais tenho medo dela não querer mais ficar aqui por causa dele.. ele é vizinho dela!          Falei no telefone pra ela e ouvi em seguida.

-Fica calma Makena.. vai dar tudo certo.. a Emi só esta assustada pelos motivos errados. Ela fica assim com qualquer homem..      disse ela rindo.

-ai.. eu não sei mais Nanda.. Acho que ela só fica assim com quem desperta sentimentos nela e ela ainda é fã dele. Não era pra gente nem pensar em ajuntar os dois.. sei la. Já estou com medo de disto transparecer demais e o meu irmão ficar assim que nem ela..

Ouvi barulhos atrás de mim e olhei pra trás. Gelei. Ele estava ali atrás de mim. Pensei. Será que ele ouviu tudo? Droga!

-Amanda.. opa.. vou ter que desligar..
Quando desliguei torci pra ele ter chegado ali agora. Ele se apoiou na parede. Cruzou os braços.
-cadê a Emi?

Indaguei. –é.. você ouviu tudo que eu disse?

-não.. cadê a Emi..?

-ela foi pra casa..

-mais você disse que ela foi pra outra casa.. como assim?

-ela foi pro apartamento da irmã dela. Ela esta lá sozinha. Disse que tem que pensar.. mais. Taylor.. o que você fez pra ela fugir daqui?
Ele mudou de expressão do rosto,   -eu..não fiz nada. Ela é louca!

Cruzei os braços.     –Emi não ia sair daqui assim, do nada..

Eu sabia que Emi não fugiria sem o mesmo motivo pelo qual ela foge dos rapazes que despertam alguma coisa nela.
Ele olhou para papel e cortou o assunto.
-o que é isso?    Perguntou.

Respondi,  -é o endereço da Emi.. obviamente você não vai querer..
    falei sorrindo e pegando pra digitar o numero no telefone residencial.
 Digitei e coloquei o papel em cima da mesinha de centro e desliguei o telefone.

Fui para o meu quarto e deixei lá. Eu sabia que ele iria querer ver..
Passou alguns minutos e eu liguei o computador. Comecei a falar com Sandra e a Amanda em conversa de vídeo.

-Makena.. será que não vão descobrir essa sua nova conta?     Perguntou Nanda.

-há, sei La, espero que dessa vez não..    ri.

-aí, Makena. Eu vi o site que a Emi administra, Cara tem muita coisa, Muita mesmo!       Disse Sandra.

-É! E agora tem a gente lá também, Mais o estranho é que nem parece que a Emi é do time.. ou que anda com agente...    disse Nanda.

-é.. é por causa do Evan, se ele descobrir que ela esta aqui. Entendeu?

-ata.. faz muito sentido.      Falou Amanda rindo.

-Makena, tem muita coisa, Estou boba!     Disse Sandra novamente.

-eu vi.. sabem mais coisa do meu irmão do que eu que sou irmã. Coisas que eu nem ligo.    Ri.
-será que a Emi sabe de tudo isso mesmo?    perguntou Sandra.

-não sei..      falei pensando no que conversamos sobre ela ter parado de ser fã.

-que foi Makena?     Perguntou Sandra.

-há, seila. Eu não gostei que ela foi pra lá por causa do meu irmão..

-dá um tempo pra ela, se ela é fã, sentiu algo de fã, só isso..    disse Sandra.

-tomara...   falei.

-tem alguma coisa que você ainda não contou pra gente! Anda fala!   Disse Nanda.

-há. Não sei. É estranho, não tenho certeza. Mais meu irmão se importou muito com isso.. bom.. eu acho. estou confusa. 

-há. Ele é o ídolo dela, ele esta acostumado com essas coisas, daqui a pouco passa É só preocupação de ídolo..    disse Sandra tentando me deixa tranqüila.

-han.. não sei não..   ri.

Ouvi barulho de carro e estranhei a garagem ser aberta, arregalando os olhos me levantei para olhar pela janela.
-o que foi Makena?!     Perguntou Nanda.

Olhei Taylor sair de carro,  –Makena! O que foi!? 

-ai meu Deus! O Taylor saiu!    Falei rindo.

-e o que que tem?

-ele pegou o endereço em cima da mesa tenho certeza! A Emi vai me matar!    Fiquei preocupada agora.

-ai meu Deus! Ela vai é matar seu irmão!      Disse Sandra Gargalhando.

-será que ele foi mesmo?     Me perguntei
- - - -
Ficamos conversando horas, olhamos todo o site, Twitter e Fanpage do TLM e da equipe. Descobri que elas eram as fãs amigas da Emili que jogavam vôlei com ela também. Descobri que elas me adoravam muito mais por isso e me orgulhei.
Passando algumas horas Nanda sugeriu que eu ligasse pra casa da Emili. Só pra garantir se meu irmão estava lá e se estava bem

-Vai liga!     Disse Nanda animada.

-ok! Vou ligar..

Apertei o Redial e coloquei no viva a voz.
Chamou e na primeira chamada atendeu.

-alo.       Falou Emili.

-Emi? Sou eu a Makena

-eu sei..      falou ela parecendo com a voz tremula.

Ouvi um silencio e olhei pra tela do computador, as meninas estavam com cara de suspense.
-Emi? Taylor esta ai?         Falei preocupada.

-esta..       respondeu ela baixo.

Sandra e Amanda arregalaram os olhos.
-Makes, eu vou demorar, não vou voltar pra casa agora. Mais tarde estou ai.
E o telefone foi desligado.

-ai meu Deus!!    Disse Sandra rindo.

-ahahaha, partiu funeral do seu irmão amanhã?     Disse Nanda

-ai, estou com a consciência pesada. Eu peguei esse endereço..   falei

-é mais quem te deu foi o Trevan, então. A culpa não foi sua. Fica de consciência tranqüila.    Disse Sandra rindo.
-é mesmo né?        Falei rindo.
- - -
fiquei até me cansar na internet. segui o Twitter, Facebook original dela mais, Achei melhor não adicionar seu facebook do TLM, tinha muitos fãs lá deixei um recado no canto do site dela “falei o quanto meu irmão ficaria feliz em ver aquele site” não sei se acreditariam. Mais deixei assim mesmo. Logo depois fui dormir.

De manhã, acordei com barulho da porta. Meio sonolenta olhei em direção há ela. Taylor estava com meio corpo pra dentro do quarto e me olhou. Eu sentei rapidamente quando o vi.
-iai?! Como que foi?      Perguntei seria e muito preocupada com o semblante dele totalmente calmo. Como se não tivesse ido lá.

Ele se sentou na beira da cama.
-eai?      Falei novamente.

-Eu sei que você queria que eu fosse até lá.

Olhei com o olhar terno era realmente o melhor pelo menos se entenderiam.  E ele falou.
-mais nada que eu disse a convenceu..     soltou um ar de riso sem graça.

-o que você disse?    Perguntei curiosa.

-acho que não tenho muita coragem de repetir..      falou ele cortando o sorriso.

-tenta..

-melhor não.. e é isso que eu queria falar com você.. posso te pedir uma coisa?  Perguntou.

-fala..

-promete pra mim que vai parar de comentar sobre mim pra ela? Não tocar no assunto. Tipo. Como se eu não existisse..

-porque ? isto não vai dar muito certo.. Taylor. Ela é minha melhor amiga!    Falei rindo sem graça.

-promete?
-pra que isso Taylor? E me diz O que esta acontecendo, por que vocês estão assim? E não me diga que ela não é importante, porque você não iria lá atoa. Ainda mais naquela hora.. dirigir 5 horas atoa.

-É isso, Eu não quero.. que esse tipo de coisa aconteça mais. Não quero você tentando entender isso.. não quero que se envolva e nem me envolva mais no que se relacione á Emili. Vamos parar isso por aqui.. esta bem?

-você sabe que eu odeio quebrar promessas. Vai fazer com que eu prometa essa besteira mesmo?

-você fala, como se eu fosse me arrepender disto.     Falou ele rindo baixo.

-é! Afinal eu conheço meu irmão!

Ele me olhou. –promete.. ?

-hum! Ta ok! Mais vou te dizer que eu não estou gostando disto. Você esta cheio de segredos agora. Não me conta nada direito!     Falei irritada.

-desculpa.. só. Vamos começar de novo,ok? Tirando isso. Começando de agora. Eu não escondo mais nada de você.. ta?     Falou ele rindo sem graça.

-tá né..      falei seria.
Eu ia prometer isto. Contra a minha vontade. Eu não queria ter esse muro entre eles dois. Mais eu não procuraria mais entender. Eu não quebraria minha promessa.
Depois de alguns dias.
Fui para escola normalmente e quando entrei em casa meu pai estava na mesa da sala de jantar lendo umas folhas que estavam em suas mãos. Taylor estava sentado na cadeira da frente.
 Encostou seu rosto na mesa. Como se estivesse perdido.
-A nossa vizinha Taylor?       Disse meu pai virando as paginas.

Meu coração vibrou. O que a Emi tinha haver com aqueles papeis? Dei meus passos apressados.

-o que tem a Emi?     Falei preocupada chegando perto deles.
E o Taylor me olhou muito nervoso.

Meu pai falou olhando ainda para os papeis. –não é a Emili.. é a irmã dela.    Respondeu ele.

-o que aconteceu?    Perguntei tentando olhar o que ele lia.

-ela vai fazer o papel com o Taylor em Tracers..

-o que?      Perguntei surpresa. Eu sabia o que isso significava.

Peguei o contrato para ver e oque li. Era o de sempre.
Taylor teria que sair com Adria pelo menos 2 dias da semana.
Taylor me olhou quase explodindo.

Ele parecia preocupado com a Emi.. “mais, porque? Se ele disse que não sentia nada. Nem queria que eu tocasse no assunto sobre eles. Agora não poderia tocar neste assunto também?
Meu pai levantou da mesa e foi conversar com a minha mãe no quarto sobre isso.
Nós não sabíamos o que o Agente de Adria faria. Não sabíamos se ele permitiria dizer para alguém que eles não estavam saindo por esses motivos.
 Meu pai deixava bem claro para os funcionários que eram responsabilizados pelas coisas do meu irmão que não esconderia nada da família. Mais que ajudaríamos.
 Mais e o Agente dela? Não poderíamos fazer quebra de contrato. Meu Deus! e agora!?  Foi o que pensei.

Eu não podia comentar com a minha melhor amiga sobre isto? Realmente me preocupei torcendo para que Adria trabalhasse do mesmo modo que o Taylor.

Passou 2 dias e não liguei pra ela. Nesses dois dias vi que Taylor e Adria se conheceram. Mais a mídia ainda não tinha percebido e finalmente saiu uma revista justo no dia em que Emili voltaria.
 Respirei fundo vendo aquela revista que estava em cima da mesa. Eu estava com raiva daquela garota antes de conhece-la.

Ouvi Adria e Taylor entrarem na sala e eu me comportei muito brava.
-o que ela faz aqui Taylor?! O contrato não era esse!

Falei irritada na frente dela e ela me olhou com cara de deboche.
 Ele se assustou com a minha reação.
-que isso Makena? Isso é jeito de falar! Ta maluca?

-mais porque ela não passa em casa? É bem aqui na frente!

-Makes!   Disse entre os dentes.
Ele se virou pra ela.
-Espera aqui, eu já volto. Vou pegar as chaves do carro no meu quarto e vamos naquele restaurante que te falei.

-esta bem..       disse ela sorrindo.
Ele me olhou passando por mim.
Dizendo entre os dentes,  -se comporta.
Cruzei os braços olhando pra ela.
Ela olhou pra ver se ele havia saído e quando confirmou se jogou no sofá como se fosse o dela.

Mudando sua expressão de Angelical para abusada.
Ele voltou com uma tigela de frutas e colocou em cima da mesa de centro e ela se recompôs até a saída dele novamente.

Meu ódio subiu por meu seu descaramento.
E ela riu, -você não gosta muito de mim né?

Cruzei os braços e me sentei,   -deu pra perceber?

-Eu ironicamente adoro as irmãzinhas ciumentas! Adoro irrita-las.
Disse ela colocando um morango na boca.

-Emi sabe que esta saindo com o meu irmão?

-primeiro, porque ela se importaria? Ela nunca ligou para o meu trabalho mesmo e segundo, Isto aqui não esta fazendo parte do meu trabalho..
Sorriu maliciosamente.

Ela achava que minha preocupação era por ciúmes, então eu ignorava seus comentários. mais entendi que quem realmente estava sendo a cobra então. Era o meu irmão.
 Ele sim estava a ponto de fazer uma crueldade com a Emili. Meu irmão não contou a Adria oque havia acontecido com eles? Ele foi atrás da Emi 4 dias atrás!

Ela cortou meus pensamentos.
-e também, qual é o problema deu dar um cunhado a ela?     Disse ela rindo.

Olhei o seu deboche, Eu a odiei mesmo assim. Debochada.
Ele voltou e olhou pra mim.
-esta tudo bem?

-tira essa garota da sala da minha mãe.    Falei pra ela ouvir.
E olhei muito irritada para ele.

Entrei para o quarto. Emi teria uma surpresa desagradável, não sabia medir o quanto ela havia ficado balançada pelo Taylor mais sei que isto a faria piorar ainda mais seus problemas. Fui me arrumar pra sair com os meus pais. Distrair a cabeça.
- - - - - - -
POV de Taylor Lautner:
Eu fugia dos meus pensamentos, só para não encontrar Emi neles.
Eu estava pensativo enquanto levava Adria em casam, ela parecia ser muito legal mais a havia como amiga apesar de ser muito bonita.
 Eu não queria ficar do jeito que estava sentindo-me Sujo e culpado. Eu deveria ser sincero caso Adria confundisse as coisas. Por que eu percebia que ela criava expectativas. E isso me preocupou.
Caminhando com ela até a varanda de sua casa, Tentei me explicar.
-Fala logo.. Taylor.. o que foi? Você esta estranho..     disse ela parando e rindo.
-eu não sei como, não sei por onde começo..    falei sem graça. Parado em sua frente.

-do começo..   disse rindo.

-Eu vou tentar..     respirei fundo e ela ficou atenta.
-Eu quero te pedir desculpas.. eu deixei isso ir longe demais.. eu não posso ficar saindo tanto com você assim..

Perguntou rápido,-porque? Tem namorada? 
-não.. mais..       falei serio.

Retrucou,-mais o que?

-Eu estou tentando falar.. Eu quero ser sincero com você.. Desculpa  mesmo..

-tá.. então fala.. para de me pedir desculpas!     Riu.

-Eu não posso ficar saindo com você.. eu.. gosto da.. sua irmã.
 Eu estava super nervoso com essa situação.

-oque? A Emili?     Falou ela surpresa.

-é..     falei levantando o rosto.
-não acredito..    disse ela mostrando-se meio irritada.

-me desculpa.. eu tinha que ser sincero com você.

-olha, você sabe que a minha irmã é 2 anos mais nova que você né?!

Disse ela passando as mãos no cabelo.
Pela forma que ela disse. Sua família era muito seria com esses tipos de coisa. Fui ficando mais sem graça com tudo.

-eu só precisava ser sincero.. minha consciência estava gritando.. Eu não quero nada com a sua irmã.. mais não consigo parar de pensar nela.
Tentei ser franco.

-Então porque isto? Há ! Esquece.    Disse ela parecendo não ligar mais.
E ela completou. –Agora eu posso falar?
https://images-blogger-opensocial.googleusercontent.com/gadgets/proxy?url=http%3A%2F%2Fmedia.tumblr.com%2Ftumblr_m8o1adex2R1ruf2qp.gif&container=blogger&gadget=a&rewriteMime=image%2F*

-fala..

-A Emi é minha irmã, mais ela é meio que amarga com os homens.. e ela me conta tudo. Só fala do Evan, Evan Evan. Mais de você.. ela nunca me falou. Bem. Exceto quando iria ao cinema. Com o Evan é claro.     Disse sorrindo.
E aquilo fez ferver todo o sangue do meu corpo.
Eu comecei a pensar, Eu realmente tinha que tirar Emili da minha vida!

Ela cortou meus pensamentos.
-mais eu sei quem pensa em você o tempo todo..      disse ela dando passos há minha frente. Ficando cara a cara comigo.

Eu estava tomado pela raiva das coisas que ouvi. Era tudo verdade. Ela nem ligava pra mim. Eu olhei aqueles olhos de perto.
 Aquela boca e eram tão semelhantes aos de Emi. Senti mais raiva de tudo que eu estava sentindo. Senti-me pior ao sentir vontade de beija La.
Tentei impedir minha vontade, enquanto Adria quis se aproximar. Ouvi a voz de Emi soar pela porta da frente. Nos fazendo olhar.
Meu corpo Estremeceu. Emili me olhou parecendo com tanta raiva, tanta decepção que me fez desesperado ir pedir seu perdão.  Mesmo eu não a devendo nada.

Ela olhou-me Como se ignorasse sua irmã.
-Desculpem, não queria atrapalhar.. podem continuar.

Disse ela e eu dei meus passos em sua direção. Eu queria explicar tudo. Eu precisava. Não queria fazer aquilo. Mais. Minha raiva foi mais forte.
Fiquei parado olhando pra porta, em choque.
Adria colocou as mãos no meu ombro.
-Calma Taylor.. fica calmo.. ela não vai querer ouvir explicações agora. Tenho certeza.

-Eu sei..      falei tremulo olhando pra porta.

-Espere.. dê um tempo. Amanhã você fala com ela.. e Explica tudo. Se ela ouvir É porque ela sente algo por você..      disse ela sorrindo.
Será que ela me ouviria? Por causa dessa situação com a sua irmã?

No dia seguinte eu tentei fazer isso. Mais. A confirmação de Adria foi totalmente a contraria. Ela não me ouviu. Então isso queria dizer. Que ela não sentia nada por mim. Mais uma vez.
DEIXE UM COMENTÁRIO. – muitas autoras deixam de escrever por falta de motivação. Diga o que achou, mostre interesse na continuação da história, que certamente ela continuará.

4 comentários:

  1. Uma das minhas Fanfic preferida. Adoro, estou ansiosa para o próximo capitulo. X

    ResponderExcluir
  2. Fazia tempo que eu não entrava no site e quando eu entrei e vi que tinham continuado essa ficou fiquei suuuuper feliz pq é uma das minhas favoritas, mal vejo a hora de ler o próximo capítulo!!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA