09 janeiro 2015

Fanficiton: Your Love Is My Drug - CAP 5

 Your Love Is My Drug
Escrita por: Kelly Tatto
Reescrita por: Jessica Keli.


  
– Como é? - Meu Deus, como eles fizeram tudo aquilo? E o pior, como é que eu não percebi nada? Realmente eu merecia ser chamado de lezado.

– Isso mesmo que você acabou de ouvir. - Cameron.

– Nossa cara, que vergonha.

Cameron começou a rir, as meninas começaram a rir também, mas sem entenderem o motivo, simplesmente pela risada dele ser contagiosa.

– Do que você tá rindo? - perguntei.

– Péra... - ele tentava recuperar o folêgo - tava lembrando da cara da Lisa, ela apontando pra mão dela, pedindo ajuda, foi hilário.

– Pode crê amor, nossa véi, ri muito. - Lary.

–É engraçado agora, - Lisa também ria - mas na hora doeu e muito, isso sem contar que eu estava quase deitada no chão e meu braço esticado.

Aquela conversa estava um pouco chata, afinal, não é legal saber que você deitou sobre a mão da garota que você está afim.

Aproveitei que todos estavam rindo e zoei o Cameron:

– Pelo menos se matou a vontade de encostar no meu tanquinho né, Cameron?

Ele parou de rir na mesma hora, como ele estava no banco do passageiro, pude perceber que ele me olhou de lado e quando abriu a boca para responder, a Lary cortou ele:

– Ah, eu matei.

Bom, não achei que seria ela quem iria responder, então, só disse:

– An...Obrigado.

– Larissa eu to aqui. - Cameron.

– Ah - ela mexeu no cabelo - o que eu quis dizer era que eu tinha matado a minha vontade de riscar alguém enquanto ela dormia.

– Lary, você é uma péssima atriz - Lisa.

– Ta, não vou mentir, Cameron eu te amo, mas o tanquinho do Taylor é a parte.

Ok, essa é hora que eu começo a ficar vermelho.

– Ah gente, parem com isso. - pedi.

– É...parem com isso - Cameron.

– Ta bom, ta bom, mas preciso só de uma pessoa que me apoie. - ela virou -se e disse - Lisa, o Taylor tem um tanquinho mó definido né?

– Ô se tem! - Lisa.

Nessa hora, percebi que a Lary piscou pro Cameron, isso era algum plano? Fiquei muito sem graça véi.

– Sério mesmo Lisa? Quer dizer, é que tipo assim, eu nem malho, entende? Nem quero impressionar as garotas nem nada - estava me atrapalhando todo - Mas assim, é bom saber que você, gosta do meu tanquinho.

– Ah Taylor, nada de mais, só que assim, não vou mentir, você tem um corpo muito bonito. – Lisa falou seria.

– É impressão minha ou vocês dois estão totalmente sem graça? - Cameron.

Simplesmente ignorei o comentário do Cameron e me concentrei em continuar dirigindo.


* P. O. V. Michael *

– Meninas, falem aí vai, o que vocês vão fazer? - perguntei.

– An?

– O que é que vocês vão aprontar com a Lisa?

– Ah, entendi, bom, vai ser assim... - Thassy.

– Não Thassy, não podemos contar. - Mônica.

– E por que não? - Zach.

– Coisas de garota.

Na mesma hora eu e o Zach nos entreolhamos, acho que veio a mesma ideia para nós dois, e assim, quando estacionamos no carro, olhamos para atrás.

Zach enrolou o dedo no "rabinho" do seu cabelo e fingiu que estava mascando chiclete:

– Ai meninas, me contem, eu quero saber T-U-D-I-N-H-O - falou com uma voz muito fina.

Aproveitei o momento e entrei na brincadeira:

– Vai gente, não custa nada, segredo entre meninas certo? - minha voz também ficou um pouquinho, só um pouquinho mais fina.

– Na boa? Vocês são melhores como meninos mesmo. - Thassy.

– E não, a gente não vai contar.

– Suas chatas. - Falei.


* P.O.V Taylor *

Assim que chegamos na praia, encontramos com os outros.

As meninas foram procurar um lugar para se trocarem e nós, ficamos lá, sentados na areia da praia.

– Se eu fosse você Taylor, pegava a Lisa hoje. - Zach.

– Gente qualé, ela tem namorado.

– E daí? Um beijo não muda nada. - Cameron.

– Mas ela é apaixonada pelo Ryan.

– Como você tem tanta certeza? - Michael.

– Eu ouvi ela falando com ele ontem pelo celular.

– Putz...

As meninas vieram correndo, só que elas ainda não tinham trocado de roupa.

– Adivinhem por quê ainda estamos de roupa? - Thassy.

– Porque uns marcianos...

– Esquece Michael, a gente ainda não trocou de roupa porque não tem nenhum lugar pra se trocar.

– Espera, eu tive uma idéia. - Lisa.

– Qual? - Mônica.

– Vamos fazer uma rodinha, três seguram a toalha enquanto a outra se troca.

– Posso ajudar?

– Não Taylor, você não pode ajudar.

– Bom, meninos, fiquem aqui. - Thassy.

[...]

– Eita, essas meninas vão ficar mesmo jogando as roupas pra cá? - Cameron.

– Se continuarem, dá pra zoar um pouco! - Olhei pro Michael e estava na cara que ele tinha um plano.

* P.O.V Lary*

– Gente, eu vou primeiro.

– Okay.

– Eu uso esse biquini tomara-que-caia ou esse? - perguntei.

– Ah Lary, usa o tomara-que-caia, vai seduzir ainda mais o Cameron. - Lisa.

– Verdade né? - Coloquei o biquini azul-marinho tomara-que-caia e troquei de lugar com a Thassy pra ela se trocar.

– Ah, não vou mais usar esse chapéu nem esse lenço. - Thassy jogou suas roupas por cima da gente. - Ta bom assim gente?

– Ta lindona Thassy - Mônica.

– Ah valeu linda! Vem, agora é a sua vez.

Thassy então trocou de lugar com a Mônica.

– Bom, essa canga aqui vou usar só pra quando a gente for andar, então, vou tirar ela. - E jogou a canga.

– Assim fica melhor né gente? - Disse a Lisa enquanto tirava a regatinha branca.

– Sim, não fica com vergonha não. Ta linda!

– Ah valeu Lary. Bom, ja podem desfazer a rodinha.

Quando olhamos em volta, percebemos que os meninos tinham sumido, inclusive as roupas que foram jogadas.

– Cadê eles? Cadê nossas roupas? Precisamos avisar alguém. - Disse Lisa desesperada.

Enquanto procuravamos, vimos eles saindo de uma pedra gigantesca e não conseguimos acreditar no que tinhamos acabado de ouvir e ver.

Cameron saiu an frente desfilando com a parte de cima daquele meu outro biquini, Zach, veio logo atrás, com o chapéu e com o lenço da Thassy, Michael veio rebolando com a canga da Mônica e o Taylor, não sei como coube, veio com a regatinha da Lisa, e olha que ele é um pouco forte para aquela blusa.

Quando achavamos que não podia ficar pior, os quatro ficaram de frente pra gente, e começaram a fazer uma coreografia louca, mentira, não era coreografia. Enquanto um virava pra direita, o outro, ia pra trás....Uma confusão que só por Deus.

Eles começaram a cantar aquela música: Eu sei que eu sou, bonita e gostosa e sei que você me olha e me quer, eu sou uma fera de pele macia, cuidado, garoto, eu sou perigosa ♫♪

– OMG - Thassy.

– Não, por favor, vocês não fizeram isso. - Lisa.

– Véi, que vergonha, ta todo mundo olhando. - Mônica.

– Sem palavras. - Falei.

– Nossa, a gente faz esse show pra vocês e não recebemos nem um aplauso de agradecimento? - Michael.

– Desculpa Mike - Lisa e começou aplaudir.

– Verdade, vocês merecem. - Mônica.

– Fazer o que né? Foi incrível! - Thassy.

– Realmente muito bom, mas agora é a nossa vez. - Falei por fim. - Vem meninas.

– Espera Lary, o que você vai fazer? - Lisa.

– Não é o que eu vou fazer, - dei ênfase no "eu" - e sim, o que nós vamos fazer.

Peguei as roupas dos meninos e fomos para tras da pedra.


* P.O.V Taylor*

– Ah qualé, elas vão roubar nossa idéia? - perguntei.

– Que meninas mais sem personalidade - Cameron.

– Pelo menos a gente deu um show. - Zach.

– Verdade, todo mundo olhou, nem quero mais tirar essa canga, ela me deixa sexy - Micahel, sempre fugindo do assunto.

– Não acredito. - Falei. - São elas?

Elas saíram de trás daquela pedra, só que em vez de desfilarem, estavam pisando firme, com um andar bem despojado, bem masculinas mesmo.

Foi bem coisa de casal mesmo, a Lary usava a bermuda do Cam, o chinelo dele, a camisa e o boné. A Thassy usava o tenis do Zach, a calça e a camiseta. A Mônica, usava a camisa xadrez do Michael por cima da regata branca, bermuda e com o chinelo, mas foi incrível ver a Lisa usando a minha bermuda, a minha camiseta, meu tênis e o meu boné, cara, elas estavam fodas.

Diferente da gente, elas tinham uma coreografia.

Enquanto cantavam: Macho macho man (macho man), I've got to be a macho man, macho macho man, I've got to be a macho! Ow... ♫♪ ... Elas levantam o braço, como se estivessem treinando o bicepes.

Na boa? Eu ri.

– Roubaram a nossa idéia - Cameron disse, tentando não rir.

– Pelo menos a nossa teve coreografia - Lary.

– O nossa o figurino foi melhor. - Zach.

– Pelo menos a gente usou a roupa inteira. - Thassy.

– Nossa música é animada - Michael.

– A nossa é inglês - Mônica.

– A gente desfilou - Falei.

– E a gente arrasou. - Lisa.

– Isso aê Lisa, bate aqui mermão. - Lary.

– Amor, já pode voltar ao normal okay? - Cameron.

– Ta bom.

Elas tiraram a roupa ali mesmo, afinal, estavam com o traje de banho por baixo.

Nós saímos correndo pro mar, quando as meninas, que estavam deitadas e se bronzeando nos chamaram, quando nos viramos, elas perguntaram:

– Hey meninos, vocês vão mesmo continuar com essa roupa?

Automaticamente, todos nós olhamos para o nosso corpo, e quando nos demos conta, percebemos que não tínhamos tirado aquelas roupas. Tiramos na mesma hora, e jogamos em cima das meninas, que ficaram nos xingando por um tempo...

Aquele dia estava sendo realmente maravilhoso, eu estava ali, na praia, curtindo com meus melhores amigos, tinha a companhia da Lisa, a garota pela qual eu era apaixonado.

Ver ela usando a minha roupa, sei lá, me deixou feliz, afinal, todos ali estavam em casais e a gente, praticamente, também era um.


Os meninos falavam pra eu dizer o que eu sinto, mas serei rejeitado mesmo, ela ja ta com o Ryan e tals. E também, seria muita coisa na cabeça dela, separação dos pais, amigo falando isso....Deixa ela relaxar.

Os meninos ficaram no mar. Quando eu passei perto das garotas, não pude deixar de olhar a Lisa, que estava se bronzeando, ela estava de costas e claro, olhei para a bunda dela, que coisa grande meu Deus, parece até coisa de brasileira.

Poderia ficar ali por muito tempo, mas não podia deixar muito na cara, então, fui comprar o meu refrigerante.

* P.O.V MÔNICA *

Eu vi quando Taylor passou, coitado, ele não sabe disfarçar nada mesmo, estava na hora da Lisa perceber, ela ía precisar da nossa ajuda.

A Lary estava quase dormindo, dei um tapinha nela e fiz umas mímicas, algo como: Taylor + Lisa = JÁ.

Comecei:

– Lisa, o Taylor é muito gostoso né?

– Ahan, é sim, por que?

– Ah, por nada, só quis comentar.

– Você já sacou? - perguntou Thassy.

– O que? - Lisa.

– É, ela não sacou. - Lary.

– Tipo, você e o Taylor formam um ótimo casal. - Falei.

– Nossa gente, vocês viajaram na maionese agora.

– Velho, você já percebeu que veio eu e o Cam, a Mô e o Mike, a Thassy e o Zach em casais? - Lary.

– Sim, já percebi isso. - Lisa, fazendo cara de "o que tem um assunto a ver com o outro?"

– Então, vocês também são um casal, só falta você perceber isso. - Thassy.

– Não sei aonde vocês querem chegar com isso.

– Escuta Lisa, ta meio que na cara que o Taylor é afim de você, por que você acha que ele te convidou pra vir aqui?

– Ah gente, isso não tem nada a ver, ele me convidou por educação, só por amizade.

– Mas é uma tapada mesmo, escuta Lisa, o Taylor gosta de você, todo mundo ja sabe, só você que não se toca. - Thassy.

– É por isso que estamos te falando isso - disse.

– Gente, o Taylor não é afim de mim e outra, ele sabe que eu namoro e amo o Ryan.

– Lisa, você deixou o seu namorado e veio pra uma chacára com o Taylor. O que você me diz disso? - Lary.

– Não, eu não larguei meu namorado.

– Ah e só mais uma coisa, ele sabe que você tá com o Taylor? - Lary.

– Não. - Lisa respondeu de cabeça baixa.

– E por que você não contou pra ele? - agora foi a minha vez de perguntar.

Lisa se levantou rapidamente, agora ela tinha ficado estressada:

– Qual é gente? Virou interrogatório agora? E outra, parem com essa brincadeira, o Taylor não é afim de mim e eu to muito feliz com o meu namorado que eu amo muito, o Ryan.

– Desculpa Lisa, mas acontece que é só você que não enxerga isso, e sabe por quê? Porque isso ta acontecendo com você, pra quem é de fora é mais fácil ver as coisas. - Thassy.

– E só pra constar: Parece que você ta tentando se convencer de que não há nada, esse seu discurso aí... Desculpa, mas ninguem caiu nele. - Falei.

– Verdade Mô. Lisa, estamos entre amigas, pode contar com a gente, para de ficar negando. - Lary.

– Ah, e se você ta tentando colocar que não existe nada, nem uma química entre você e o Taylor, é porque você ficou balançada com isso. - Disse a Thassy, dando um ênfase no "tentando".

– Tá, eu fiquei balançada, mas tipo, foi mais por vocês me contarem isso, nunca imaginei nada.

– Bom, agora vamos deixar você pensar no assunto, pensa em como o Taylor é uma pessoa maravilhosa, um ótimo amigo, alguém que você pode confiar. - Lary.

Nos deitamos novamente, cada uma na sua toalha, coloquei meus óculos escuros e respirei fundo, um ar de alívio, como se eu e as meninas estivessemos em uma operação cupido.

Deixar a Lisa balançada? FEITO.

* P.O.V. LISA *

Okay, o que foi aquilo? As meninas do nada começaram a falar do Taylor. Tá, eu confesso que fiquei MUITO balançada, nunca imaginei isso, será que é mesmo verdade?

Tentei esquecer o assunto, poder aproveitar aquele dia maravihoso, mas não deu muito certo, parece que agora, observo muito mais o Taylor.

Tipo agora, eu normalmente estaria deitada, me bronzeando, mas não, estou vendo ele arrastado o Zach pela areia, e que corpo é aquele? Meu Deus, isso sim que é um tanquinho definido.

Nem prestava mais atenção na conversa das meninas, elas estavam falando dos namorados e eu ia falar de quem? Do Ryan?

Sim, aquela conversa todo me deixou confusa, eu nunca senti nada pelo Taylor, ele era só meu melhor amigo, mas e agora?

Na boa? Eu não sei mais o que eu sinto!

* P.O.V TAYLOR *

O que será que a Lisa tem? Ela ficou tão quieta enquanto almoçávamos, não disse nada, ria só de vez em quando, como se fosse pra disfarçar.

Perguntei baixinho para Thassy o que ela tinha, que logo me respondeu: ela tem que pensar um pouco.

Não entendi nada, mas tentei esquecer, ficamos lá por muito tempo, quando a gente se deu conta, já era quase 7:30 da noite, os meninos estavam abraçados com as suas namoradas, eu e a Lisa ficamos sobrando, como sempre. Mas fiquei surpreso quando ela disse:

– Taylor, vamos caminhar um pouco?

– Claro! - Acho que respondi rápido demais.

Michael me olhou com uma cara maliciosa, que não aguentei e dei um tapa na cabeça dele.

Ainda na praia, fomos caminhando lentamente, descalços e com os pés na areia, estavámos um pouco distante um do outro, aquele seria o momento perfeito pra eu pegar na sua mão, fui me aproximando, mas ela se afastou um pouco, acho que era melhor deixar pra lá.

– E vc? Ta melhor? - Tentei quebrar o gelo.

– Ta falando sobre meus pais?

– É, acho que sim.

– Se for, acho que to sim, essa viagem me ajudou a relaxar.

– E sua mãe? Falou com ela?

– Ahan, liguei hoje de manhã, ela ja tá melhor também.

Ela se sentou de pernas cruzadas e pegou na minha mão, pediu pra eu me sentar ao seu lado, foi o que eu fiz.

Ela estava tão perto de mim, tão linda, eu ia me aproximando dela, não sei o que eu iria fazer, acho que tentaria beijá-la, mas parei quando ela me perguntou:

– Taylor, você tem namorada?

Fiquei muito surpreso com a pergunta.

– Não, não tenho.

– E você gosta de alguém?

– Não...A-a-cho que não. - Sim, eu gaguejei.

– Tem certeza?

– Ahan...

Ela me olhava tão fixamente, quem nem perguntei o porquê daquelas perguntas, simplesmente fiquei admirando aquela garota pela qual sou apaixonado sob a luz do luar....

[...]
Era incrível passar aquele tempo com a Lisa, ela olhava diretamente para o mar que estava na nossa frente, estava tudo tão calmo, o barulho do mar me tranquilizava, já estava escurecendo, era um cenário perfeito para um beijo.


Fui me aproximando dela, coloquei a mão em volta do seu pescoço, me inclinei um pouco e a beijei.

De início, foi só um selinho, mas ela me deu passagem, com um beijo suave senti que ela seria só minha, pelo menos por um momento, comecei a beijá-la mais rápido, ela puxou meu cabelo de leve, aquilo estava me dando muito calor, parecia que ela estava gostando, porque ela me beijava também, aquilo estava tão perfeito, não queria parar.

Coloquei a mão na cintura dela e ela parou dizendo:

– Não, não Taylor .... - continuei dando vários selinhos nela- Isso não tá certo.

Ela se levantou, fiz o mesmo.

– Qual é Lisa?

– Então se gosta mesmo de mim?

– Acho que o beijo foi a resposta.

Ela abaixou a cabeça.

– Por que você parou?

Silêncio.

– Eu sei que você gostou.

Mordendo o lábio, ainda com a cabeça baixa ela respondeu:

– Esse é o problema.

– Problema? Que problema?

– Taylor, você não deveria ter me beijado.

– Eu não beijei sozinho! - Levantei a sobrancelha e fiz meu biquinho, estilo bem torto.

Ela ficou sem graça e saiu andando.

– Lisa, espera, por que a gente não fica junto?

– Eu não posso fazer isso com o Ryan.

– Mas Lisa... - fui cortado.

– Sem "mas" Taylor... Entenda, eu amo o Ryan.

Aquilo acabou comigo.

Só isso.

Ela pega e me diz que ama aquele canalha.

Fiquei na minha, estava tentando cair na real, fiquei pensando naquele beijo, como eu queria pegar ela e beijá-la novamente, foi tão prazeroso.

– É... Taylor!

Acordei dos meus pensamentos e olhei, Lisa me gritava, ela já estava longe.

Balancei a cabeça, esperando ela dizer o que queria.

– Por favor, deixe isso entre nós ok?

– Tá.

– Você não vem?

– Claro.

Ela me esperou e fomos caminhando juntos, com uma certa distância entre nós.

– Vai ficar bolado com isso?

– E tem como não ficar?

Silêncio.

– Olha Taylor, não quero que o ocorrido de hoje atrapalhe nossa amizade ta?

– Claro, eu sei separar as coisas.

– Obrigado!

Ela veio e me abraçou.

[...]

– E aí cara, o que aconteceu? - Zach.

– Eu beijei ela.

– Como? - Michael.

– Como é que se beija uma garota Michael?- Cameron.

– E o que ela disse? - Zach.

– Disse que ela estava com o Ryan e que amava ele.

– Pelo menos você disse. - Cameron.

– É... Pelo menos eu disse.

* P.O.V Lisa*

Cara, não acredito que o Taylor fez isso, até algumas semanas atrás ele era um desconhecido pra mim, depois, virou meu melhor amigo, me apoiando e tals, há algumas horas atrás fiquei surpresa com o papo de que ele gostava de mim e agora fico muito mais balançada com o fato dele ter me beijado.

Não vou mentir, ele beija muito bem, foi um beijo meio que... Apaixonante.... E isso é que me deixou preocupada, por que o beijo dele me deixou assim?

As meninas, claro, vieram perguntar o que tinha acontecido:

– Fala logo Lisa, ele te beijou? - Thassy.

– Não.

– E o que vocês fizeram? - Lary.

– A gente só caminhou, ele perguntou se eu estava melhor e só. - respondi.

– Tem certeza? - Mônica.

– Claro.

– Esse Taylor é um lezado mesmo. - Lary.

– Ai gente, coitado. - Defendi.

– Coitado? - Mônica.

– Coitado nada, poderia ter te beijado mas não fez nada. - Thassy.

– É porque ele sabe que eu estou namorando.

– Mas nós sabemos que ele odeia seu namorado, e não ia ligar pra isso. - Lary.

– Ah gente, quer saber, tchau, vou me arrumar pra gente ir embora. - por fim falei.

* P.O.V. Thassy*

– É, ele beijou ela. - Falei.

– A Lisa nem sabe disfarçar. - Lary.

– Como será que aconteceu? - Mô.

– Gostaria de saber... - Respondi.

– Não sei vocês, mas eu to indo perguntar pro meu gato. - Lary.

– Opaah, Michael cadê você meu amor? - Mônica saiu correndo.

– Vou também então... Zach, meu branquelo, onde se tá?

[...]

– Velho, a Lisa é muito burra. - Lary.

– Qual é? O Taylor beija ela e ela diz que ama o Ryan? - Mô.

– É, ela sabe ferir os sentimentos dos outros. - falei.

– Eu vou dar uma bronca nela. - Mô.

– Eu vou junto. - Falei me levantando.

– Não gente, vocês esqueceram do que o Taylor disse? Ela pediu pra ficar entre eles, mas todos nós já sabemos e se a gente for falar com ela, ela vai perceber que ele contou, o que vai complicar as coisas. - Lary.

– Verdade Lary - Mô.

– E agora o que a gente faz? - Perguntei.

– A gente já fez nossa parte, não podemos fazer mais nada. - Lary respondeu.

Estávamos lá pensando na merda que a Lisa fez, quando Taylor nos chamou:

– Hey meninas, já estamos indo, vocês vão ficar?

– Espera a gente! - Gritei.

– Está bem Thassy, a gente espera.

– Vai ir quem com quem? - Mô.

– A gente estava pensando de ir a Thassy e o Zach com você e o Mike.

– E a Lisa ir com a gente.... - Lary.

– Eu gostaria de não ter ela por perto, pelo menos agora, mas ía deixar muito na cara que eu não sei separar as coisas.

– Verdade Taylor... - Disse. - Bom, tenta agir normalmente, vai facilitar as coisas.

– Pode deixar!

– Ah, e não se preocupe, eu e o Cameron não vamos deixar o assunto acabar. - Lary.

–Ah, Lary, só mais uma coisa... - Taylor.

– Pode falar.

– Não fiquem se beijando okay?

– Okay.

– Valeu, Thassy, se tá pronta? - Taylor.

– Estou, vamos! - Respondi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA