19 janeiro 2015

Fanfiction: A filha do chefe – Capítulo 26: Um dia memorável


Tinha acabado de estacionar na frente do prédio dele esperando por ele e bia enquanto isso pensava "se o que estou fazendo era certo e se eu não o tivesse conhecido seria tudo mais fácil?

Mas e agora como eu ia viver sem seu cheiro, sorriso, sem seus beijos e sem seu corpo que ardia no meu toda vez que a gente se encontrava? E ainda tinha minha mãe. Parece que minha vida estava fardada a isso á tragédias, dramas, decisões erradas e muito sofrimento.

Lágrimas escorreram pelo meu rosto quando divagava então virei e vi ele saindo na portaria lindo com Bia no colo enxuguei as lágrimas rapidamente.


Ele estava lindo sem seu típico traje social totalmente despojado com uma calça jeans e camiseta Apolo (que deixava seus músculos aparentes) junto ele usava um óculos escuros e em seu colo estava uma linda garotinha toda sorridente e eles vinham até mim em câmera lenta.

Iria levá-los a um lugar especial da minha infância onde eu sabia que ainda resistia ao tempo.

_Então aonde nós vamos? -Taylor falava enquanto entrava no carro.

_Eu estava me lembrando de um lugar muito especial que eu ia com meus pais eu passei por lá outro dia e ainda continua bonito,vocês vão adorar!

_Oi? -disse a menina no banco de trás do carro.

_Oi princesa! -respondi com um sorriso olhando no retrovisor. -Como você tá? Tenho certeza que você vai adorar o passeio,mandei preparar um monte de coisas gostosas pra gente!. -disse isso ligando o motor e manobrando em seguida.

-Ela me confessou que ficou muito contente de sair de lá, não é filha? -Taylor disse olhando pra filha eu olhei mais uma vez no retrovisor e ri.

_Fala pra ele Bia as vezes a escola pode ser um tédio! -falei rindo e ele olhou pra mim.

_Por acaso a Srtª está ensinando a minha filha a ir pelo mau caminho? -falou fingindo está bravo fiz uma careta pra ele e Beatriz começou a rir.

Talvez seria mas essa cumplicidade e essa alegria que eu sentiria mais falta.Ele me fazia rir mesmo quando minha vontade era chorar.Já éramos uma família.

Ao chegamos ao parque-era um dia lindo de sol e o parque se mantinha como nas minhas lembranças e aquela cena dele e bia rolando e correndo pela grama enquanto eu só os observa era mais que familiares pra mim, um nó em minha garganta começou a se formar e foi inevitável segurar as lágrimas por baixo dos óculos e uma coisa ruim começava a me incomodar como um arrependimento daquilo que eu tinha feito.

Mais já era tarde demais faltando poucas horas pro adeus final eu não poderia voltar atrás.

_O quê foi, tudo bem? -Taylor parou na minha frente todo suado e bagunçado, mas mesmo assim lindo.

_Tudo eu estava olhando você com a Bia e lembrei-me do meu pai! -menti ou omiti parte da verdade.

_Então já que ta tudo bem vem brincar com a gente! -ele me puxava pela mão.

_Tay eu tô de salto!

_Então tirar! -foi embarcando na simplicidade de suas palavras eu o obedeci e fui brincar com eles. 

Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA