23 janeiro 2015

Your Love Is My Drug - Cap 11

 Your Love Is My Drug 
Escrita por: Jessica_keli TLM
Capa: @jessica_keli   

POV de Lisa *-

         Eu ia fazer Taylor sair da minha cabeça, agora mesmo! Ele estava muito seguro do que queria, então decidi que não ia mais me meter na vida dele.

         Fui para a escola, procurei mostrar que eu estava melhor do que nunca e torci para não vê-lo na escola.

         Enquanto eu caminhava pelos corredores do colégio, meus livros foram arremessados ao chão. Olhei para ver quem derrubou e Thais estava vermelha de raiva.

         Derrepente todo mundo parou pra ver o escândalo que estava por vir, uma platéia muito interessada.


- Olha aqui! Ele é meu namorado sua Vadia! É meu namorado!! Nem pense que ele vai deixar de ficar comigo pra ficar com você! Sua morena aguada!

 Todo mundo fez. "uh..."

         Eu olhei estranhando.

- O que?  - Perguntei anestesiada como se houvesse tomado calmantes.

- É isso que você ouviu! Eu não vou permitir que ele termine comigo!

- Esse problema é todo seu e dele. Eu não tenho nada haver com isso - Falei recolhendo meus livros do chão e fiquei em pé em sua frente. Passei por ela enquanto todo mundo me olhava.

- Sua piranha! Só porque a amiguinha roubou seu namorado, agora está querendo roubar os dos outros!

         Parei ouvindo algumas risadas baixa.

- Eu não sou piranha! – Falei mais nervosa.

- Mas é chifruda e aqui todo mundo sabe.

          Eu virei dando um tapa na cara dela e caímos no chão uma batendo na outra. Os rapazes tentavam separar, mas sequer seguravam as risadas que davam da briga da garotas ridícula que viam ali.

- - - -

         Fomos parar na direção. Thais estava com o lenço no rosto e Taylor entrou pela porta enquanto estávamos sentadas.

         Desviei meu olhar morrendo de vergonha, não queria que ele pensasse que eu estava arrumando confusão por causa dele. Porque essa não foi minha intenção.

         Ao ver o Taylor, Thais fez um grande drama, chorava e passava as mãos nos arranhados e vermelhões que eu havia deixado em sua pele.

         Taylor me encarou enquanto a abraçava e a confortava, então me levantei não acreditando no que via.

         Fui em direção ao banheiro da direção, lavei meu rosto e abri a porta pra sair, mas ali estava Taylor. Com um semblante sério, ficou parado diante de mim.

- Por que brigou com ela?          

- Pergunte a ela.

- Eu quero ouvir de você. – Justificou ele.

- Você contou a ela que eu fui à sua casa. Isso foi no que deu.

         Taylor pareceu estranhar minhas palavras.

 - Eu não disse pra ela.

- Olha, eu não estou com vontade de conversar, ok? Não quero encrenca com a sua namorada. - Falei passando por ele.

- Ela não é minha.

- Taylor? Vamos? - Disse Thais totalmente irritada.

- Vai indo Thais. Eu tenho que resolver algumas coisas. - Falou ele pra ela enquanto me encarava. Ela me olhou furiosa e saiu.

- Eu não tenho mais namorada. – Disse ele.

- Por que então mandou a Thais ir buscar alguns livros pra você?

         Ele me olhou estranhando.

 - Eu não.

- Ah, deu pra mentir agora? Por favor. - Falei passando pra sair.

POV de Thais. *-

         Eu estava muito bem, na minha rotina de academia, manicure e shopping, mas aí, Taylor apareceu. Tudo bem que eu nunca estive carente por que todos os rapazes estavam aos meus pés, mas ele era diferente, era um cavalheiro, como ninguém havia sido comigo antes.

         Quando fui até o meu armário em um dia, notei que estava sendo observada e encarei aquela menina que dizia antigamente ser amiga daquela menina, a Lisa.

         Fechei o armário e ela veio em minha direção.

- Thais.. É Thais, não é?

- É... Por que? O que quer?

- Quando você vai se tocar que a Lisa quer o seu namorado?

- o que? Você está louca. – Sorri.

- Não... Não estou. Olha se não quiser acreditar em mim, não acredite. Veja com os seus próprios olhos. Revire as coisas dele, sei lá, se o que eu estou te dizendo for verdade. Você vai ver nessa procura. - Falou ela rindo

- O que houve com, o "amigas para sempre?"

- Não existe há muito tempo. Ela roubou o meu primeiro amor também!    Disse ela com os olhos cheios de raiva.

- - -

         Fui para a casa, a noite eu procuraria alguma prova disto.
         Taylor veio me buscar em casa e sugeri uma bebida. Bebemos muito enquanto o carro estava parado na frente da minha casa. Achei estranho, não sabia que ele bebia tanto ou parecia muito raro aquilo acontecer antes de me conhecer. Porque ele estava bebendo sempre que saiamos.

          Então ele me beijou, dando um puxão em minha cintura fazendo ficar em cima dele no banco do passageiro. Ele estava mais selvagem e eu adorava aquilo.

         Ele foi deslizando as suas mãos na minha coxa e nas minhas costas e começou a respirar forte no meu ouvido.

- Ai... Taylor. – Reclamei.

Ele pareceu rir. Seus olhos estavam fechados. Ele estava muito bêbado.

- Lisa.. – Disse ele confundindo meu nome.

         Parei tudo que eu estava fazendo e o encarei.  Os seus olhos ainda estavam fechados e ao dizer o nome saquei que ele pensava nela estava ficando comigo pensando nela.

- Lisa? Que Lisa? Você esta louco?

         Ele ficou em silencio tentando abrir os olhos.

- Desculpa... Eu errei? - Falou ele meio lerdo tentando acordar.

         Sai de cima dele sentando no banco.

- Errou feio, quem é essa garota?

         Ele encostou mais a cabeça no banco e sussurrou.

- Desculpa..       

         Eu olhei pra ele.

- Desculpa... Lisa.  - Falou ele com os olhos ainda fechados.

         Eu o odiei naquela hora. Não precisava investigar porra nenhuma!
Ele parecia que tinha adormecido então eu peguei sua carteira que estava bem na minha frente e abri.

         Tinha uma foto dela dentro da carteira e bem na frente! Olhei pra ele.

 - Você me deve explicações. - Falei mais ele nem se mexeu.

         Quando abri mais um lado da carteira no meio do dinheiro que estava ali tinha um cartão da biblioteca onde Lisa trabalhava.

"Plano perfeito para o amanhã" - Pensei.


         Eu tinha que fazer eles ficarem longe um do outro. Eu não aceitaria de forma alguma! Ele era meu!

-  - 

   

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA