16 fevereiro 2015

Fanfiction: Your Love Is My Drug, - CAP 21


Pov de Lary.

Quando os meninos foram lá em casa. Conversávamos. Ouvimos musica. Riamos de qualquer coisa. Taylor se concentrou olhando para ao lado do sofá. Estranhei enquanto todo mundo conversava. E ele se levantou piscando os olhos. E saiu indo em direção a varanda. Eu pedi licença a eles e fui até ele. Ele estava em silencio pensativo e eu o despertei.


-Taylor?

-Oi?   Ele tentou sorrir.

-O que foi? Ficou estranho der repente.

Ele olhou pra frente.

- É por causa da Lisa né?   Perguntei.

- É... -  Falou ele serio sem me olhar.

- Na boa... Ela não atende nenhum de nós. E eu não insisti porque ela precisa de tempo. Agente lembra muito você. Não... Ajudaria.

- Eu sei...  - Falou ele baixo.

- Mais porque lembrou dela? Assim do nada?   Estranhei.

Ele soltou um ar de risada.

- Eu acho que eu posso te contar... Afinal você é amiga dela.

Eu ri. -Se te fez rir agora. Realmente foi algo engraçado.   Ri o contagiando.

- Me desculpe pelo o que houve na sua casa.

- Como assim? Ta falando do escândalo da Thais? Que isso... Amigos são pra essas coisas. Já tem tempo...

Ele me olhou. -Não, é que o que me fez lembrar dela foi o tapete do lado do seu sofá..    Disse ele sem graça.

-Han?    Estranhei mais logo em seguida me veio a resposta.

E olhei pra ele com careta. - Eca!

Ele riu. -Me desculpa.

- Olha, você sabia que depois comemos pizza ali? Eu ainda como. Bom. Não vou mais!    Falei rindo e contagiei ele.

- Eu acho que poderá levar o tapete pra casa. Acho que nem pisar nele vou mais.   Falei brincando.

- Serio?   Disse ele brincando.

- Bobo.   Ri.

E paramos de rir aos poucos.

- Eu sinto muito pelo o que esta acontecendo com você.. e não pense que é só porque o filho é da Thais que agente vai deixar de amar. Ele ou ela né. Vai me chamar de titia.   Dei um sorriso maroto pra ele.

-Que bom... Você será a melhor tia do mundo.

- É! Eu sei!  Ri pra ele.

- Você ainda sente algo pela Lisa?

Ele colocou as mãos no bolso da calça olhando pra baixo.

- Uhum.. Muito. Eu pensei muito em tudo que aconteceu com agente. E esses 2 meses meu coração tem disparado do nada durante os dias. Eu estou tão agoniado sem ela. - Olhou pra cima.

Respirei fundo sentindo sua tristeza.

- Sabe.. Eu, fiquei surpreso. Não que ela tenha cara de garota baixa. Não é isso. Mais ela era virgem Laryssa.

Eu fiquei realmente surpresa. Ela havia perdido a virgindade com ele.

- Taylor.. Eu estou surpresa. Eu... Não sabia que ela era.

- E eu não tive tempo pra conversar, eu não tive tempo pra nada do que eu queria com ela. Eu sou um babaca mesmo!   Falou ele passando a mão no rosto.

Respirei fundo. -Eu só queria ouvir a voz dela.  Seus olhos seguravam as lagrimas. Lembrei que eu tinha um chip novo guardado.

Já volto! Fica aqui.

Quando eu disse o que faria ele ficou animado.Pedi para ele não falar nenhuma palavra. Nos afastamos da minha casa e liguei.
Tudo que eu dizia e que não o agradava ele dava um peteleco na minha cabeça. As vezes eu ria porque merecia. Ele escutava tudo no viva a voz. Seus olhos brilhavam e me senti super bem vendo ele assim. Ele pediu pra me perguntar por ele. E foi o meu erro.

A resposta não foi muito agradável para ele.

- Amiga.. E o Taylor? Tem falado com ele pelo celular?  Perguntei.

- Acho Que Quando Você Se Referiu O Pai Do Ano. Pensei Que Fosse Ele. E não o papai Noel.

Eu ri olhando pra ele -a.. Lisa. Vocês estavam tão lindos juntos!

Ela ficou em silencio.

 - Não seria capaz de ficar com ele mesmo ele sendo pai?

- Lógico que não! Aquela garota ia fazer o inferno na vida dele e da criança! Eu seria incapaz de cometer essa crueldade!

- Humm... Então você não quiz mais vê-lo por isso?

- Bom.. No começo eu o odiei por ter ficado com ela e ter a engravidado.

Se ele disse pra mim que não gostava dela. Pra mim ele foi tão galinha quanto ela. Eles se merecem! E depois. Eu refleti. Enquanto eu sofria ele se divertia com ela. E sabe depois do que houve eu percebi que jamais daríamos certo por isso.

Ele olhou pra mim deixando uma lagrima cair e me preocupou. E me esqueci que tinha que fingir que estava sozinha.

- Hey, espera! Calma!     Falei esquecendo do celular.

-Laryssa? Laryssa?!

-Ai.. Amiga me desculpa! Aconteceu uma coisa!  Eu vou precisar ir ver.

 - Ok... Depois te ligo.

Desliguei e corri.

- Taylor! Taylor! Calma! - Falei tentando correr atrás dele.

- Calma!   Falei conseguindo faze lo para de andar.

E ele me abraçou forte chorando.

- Eu sou um idiota! Eu fiz tudo errado! Isso é culpa minha!
- Fica calmo..    Tentei acalmar. Senti o soluçar do seu choro.

Meu coração estava apertado. 

4 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA