07 março 2015

Fanfiction: Ela é para o meu irmão - Cap 22


Capa/Fic: Jessica keli TLM


Perguntou Trevan  -iai Emili quer ir?

Neguei com a cabeça e olhei da porta, Taylor estava atento a nossa conversa.



Trevan tirou a camisa rasgada e respondeu. -Então também não vou.

-Nem doidos que vou deixar vocês aqui sozinhos!
Adria Respondeu rápido e mostrou-se arrependida quando terminou de falar.

Perguntei. -porque não? 

Trevan se aproximou usando da sua ironia.
 -É Adria, por que não?

Ela ficou sem graça.
 -Porque.. porque não, a Ashley esta doida para te ver Emili, ela ficou sabendo que você tinha desaparecido e quer ver você.

Respirei fundo pensando, Ashley era legal, não seria tão ruim ir por causa dela.

 Olhei Trevan sair do quarto jogando sua camisa no ombro.
Falou parecendo ler pensamentos.  -estou indo me arrumar.

-Ta..    falei vendo se retirar.

 Adria parecia super tensa agora, caramba estava me sentindo uma vilã por fazer minha irmã sentir estas coisas. Era melhor parar o quanto antes.
 Fomos todos ao carro de Taylor para irmos ao restaurante, Trevan e eu ficamos calados nos comunicando por olhares e rindo pelo oque havíamos aprontado.

Adria nos olhava de minuto a minuto até chegarmos.

 Chegando ao restaurante estava Tarik e Ashley, ela me abraçou e em seguida ao Taylor por ver que estávamos bem.

-que bom que vocês vieram!
Disse olhando para mim e Trevan.

Quando nos sentamos Adria ficou em pé.
-Vou buscar alguma coisa para beber, quer alguma coisa Emi?

-Não Adria, obrigada..

Perguntou ela.  -E vocês?

Ashley respondeu.  -O Tarik já pediu algumas bebibas para todos Adria, não precisa.

Tarik riu e me olhou. -Não pedi nada para a bebêzinha, ela não tem idade para beber ainda.

Mostrei a língua para ele. Cara implicante.

Adria olhou firme.  -Trevan, vamos comigo?

Ele retribuiu o olhar totalmente irônico. -Claro..

Se levantou sorrindo para mim.

Quando se retiraram Tarik chamou nossa atenção perguntando com seu jeito perturbador que somente ele sabia fazer comigo.

-Eai como foi ficar trancada com o ídolo por 24 horas? Em Emi?

Olhei torno, -não sei porque, mais tenho medo de responder ou ouvir qualquer coisa que vem de Você..

E eles riram inclusives Taylor.
Sorriu.  -Eu sei porque, mais para sua sorte hoje estou bonzinho e não vou dizer.

Encarei e ri, avistei por trás deles Mark acenar de longe e acenei de volta.
Eles olharam para trás e voltaram a olhar para frente.

Ouvi Ashley suspirar.
 Taylor perguntou.  -Emi, será que posso falar com você rapidinho?

Olhei para Ashley e para Tarik e não pareciam surpresos como eu.
Estranhei. -Ta..

Quando confirmei com a cabeça ele se levantou saindo esperando que o seguisse.
-O que deu nele?   Sussurrei para eles.

E Tarik riu sem me responder e o segui. Ele parou esperando chegar perto dele e continuamos caminhando para onde ele queria.
-Oque foi?    Perguntei querendo adiantar o assunto por perceber sua seriedade.

Ele me olhou. -Vem

-Ta..
Dei de ombros caminhando.

Fomos em direção ao jardim, caramba.. o nervosismo tomou conta de mim lembrando da ultima vez que estivemos ali.

-Estou curiosa.   Sorri.

-Porquê beijou o Trevan Emili?
Me assustei com a sua pergunta.

-Acho que não precisaria responder isto a você..

Ele provocou uma risada calma.
-Emili, você esta maluca?

-Não entendi.

Perguntou retoricamente. -Você, Beijando o Trevan?

-Não me lembro de saber que você tem alguma coisa haver com isso.

Riu.   -isso foi criancisse.

Cortei, -era só isso que queria me dizer Taylor? Sou criança por ter beijado ele? É? Caso você não saiba tenho 19 anos E isso me faz uma adulta,ok?!

Me virei para sair, mais parei ao ouvir.

-Foi criancisse, você só beijou ele porque morreu de ciúmes quando me viu do lado da Adria.

-há!    Me virei mostrando indignação.

Ri disfarçando -Taylor, pensa que meu mundo gira a sua volta?

E ele aproximou o seu rosto calmamente e riu.
-e não é isso que as fãs dizem?

Indaguei.

-Sei que estava nos olhando pela janela Emili, eu vi.

-Estava tirando uma foto para o site, não estava vigiando vocês.

-hahaha.. sei..
Duvidei se ele havia acreditado.

-Mais sei que tem o Trevan como seu irmão. Você não faria isto se sua irmã e eu não estivéssemos juntos na frente da sua casa e oque é mais engraçado, é não ter feito nada para provocar esses ciúmes em você.

Fiquei assustada com suas afirmações não estava conseguindo mais disfarçar nada, tentei me recompor buscando respostas há minha volta.

Dei um passo atrás. -não fiquei com ciúmes.

E ele me olhou e riu.
Perguntei preocupada.  -esta rindo doque?

-De como você é complicada, tanto esforço para tentar mostrar indiferença, mal nota que seu esforço mostra mais importância e tudo totalmente ao contrario do que quer mostrar.

Senti meu coração acelerar ao ouvi-lo tentar confrontar tudo que se referia há mim.

Recuava mostrando que ele tinha razão ou confrontava tendo a chance de me defender.
Respirei fundo cruzando os braços tomando a decisão de fazer oque aprendi, confronta-lo.

-Isso não é da sua conta e se tivesse algum ciúme com certeza seria normal demais, sou fã! Só seria esquisito se fosse ao contrário! Só isso.

Me virei para sair.
-vou insistir, você foi uma criancinha.

Joguei olhar para cima e perguntando em pensamento porque ainda estava me importando.

Me virei irritada.
-você não deveria se meter nisto, mais se não gostou! É só dizer e pronto!

Ele continuou me olhando nos olhos e pareceu se despertar Piscando os olhos e passou por mim.
-Isso é totalmente contagioso, Você é muito doida, talvez ninguém seja bom para curar suas doideiras.

Respondi num tom debochado vendo-o sair.
-Realmente, você tem toda razão ninguém seria realmente bom suficiente para isto.

parou ao me ouvir e me assustei com a sua reação. Ele se virou se mostrando irritado rapidamente vindo em minha direção enquanto perguntou.
-Aé?! Tem certeza?

Indaguei descruzei os braços dando um passo atrás por sentir tantas emoções de uma vez só. 
 Ele se aproximou com rapidez e me beijou pegando forte em minha cintura fazendo-me perder todas as forças e corresponde-lo. Esquecia cada vez mais oque deveria mostrar, doque era.
 Há! Droga! Já era tarde demais já Estava totalmente apaixonada pelo seu jeito.
Me beijou totalmente agressivo e retribui com toda vontade percebendo ele mudar toda sua agressividade parecendo cada vez mais delicado.
  Ele cortou o nosso beijo aos poucos com e parei com dificuldade encostando sua testa na minha e abri os olhos lentamente percebendo sua respiração mudar.

E ouvi atenta ao que ele disse.

Sussurrou.  -Realmente desta vez estou errado, alguém é bom suficiente para isto.

Se aproximou do meu ouvido.
-mais desta vez essa pessoa quer te dizer que agora ela não quer mais.

Antes que pudesse olha-lo totalmente horrorizada com oque ouvi ele se virou se retirando.

 Fiquei em choque por tudo ter acontecido tão rapido e daquela maneira.
 Avistei se retirar e fiquei boquiaberta com sua reação. 
 Procurei o banco para me sentar, estava totalmente abobalhada e anestesiada pelo oque tinha acontecido, fechei os olhos passando as mãos no rosto tentando entender oque ele queria com isso.

Odiei ele por ter feito isto comigo Que raiva! Droga! Taylor você me paga..
(.....)

  Depois de dois dias finalmente estava trabalhando na minha confiança em contar as coisas a Makena e quando terminei.

-Ele fez isso?    Gargalhou me deixando sem graça.

Fechei a porta do armário.
-nem me fale, senti vontade de matar ele, mais não consegui dizer nada!

-poxa Emi, se ele fez isto é porque se importou com as coisas que aconteceram.. e vamos contar que, você mereceu.   Riu.

Olhei tediada e ironizei.
-Rá Rá, muito obrigada amiga, estou muito feliz por ficar do meu lado.

Ela riu, -sabe que mereceu.

Joguei o olhar para cima.
-Talvez se disser a ele oque sente ele possa mu..

A interrompi.  -Não repita nem pense nem ouse ter essa idéia.

Ela sorriu. -Esta bem.. você que sabe..

-Vou ir para o treino, sei que esta suspensa, Maria barraqueira.
Riu.

Dei língua.

-Até mais tarde! Ganha suspensão e vai mais cedo pra casa, veja só!!
 Ri E ela correu.

Sai do colégio e avistei o carro de Adria. Quando me aproximei Trevan estava todo largado no banco, seus olhos estavam avermelhados e muito brilhantes abri a porta me preocupando.

Percebi que estava ouvindo Claudia Leite.

-esta falando serio? Fugi do Brasil para ouvir Claudia Leite aqui?
Ri e vi que ainda não havia mudado seu semblante.

Me sentei.
-Trevan esta tudo bem?

Ele me olhou entristecido.
-Não sei bem..

Virei o rosto rindo ao sentir o cheiro forte de álcool.
 -Caramba Trevan, bebeu um posto de gasolina inteiro?, esse álcool só se coloca em carros, sabia?!

E ele não riu. Estranhei, cadê o cara brincalhão?

-Trevan você bebeu demais, não esta pensando em voltar assim né?

-Cheguei aqui.. dá para ir até em casa.

Virei o rosto não suportando o cheiro e ele finalmente riu ligando o carro.

-Trevan, vou ligar para Adria vir nos buscar, encosta o carro.

Ele me ignorou dizendo totalmente bêbado.
 -Em falar nela, você sabia que sua irmã só tem beleza?

E ele ignorou o primeiro semáforo com com sinal vermelho. Fiquei atenta.

-Trevan, olha o sinal..
Já era tarde demais.

-ela só tem beleza Emi, só tem beleza.

Olhei para ele estranhando seu jeito de falar percebi que estava muito bêbado.

-Ai, droga, você esta mais mal doque pensei, encosta o carro Trevan.

E ele sorriu.
-Para de graça, já disse que estou normal.

Olhei para ele prestando atenção no que queria dizer.
-Sua irmã por dentro parece um metal duro!

Estranhei, e existia metal mole? Então me preocupei com ele.

-Emi, eu queria poder amar você! Você é tão legal! Tão divertida! É minha irmãzona.
Vi uma lágrima dele cair.
Fiquei calada Ele estava cada vez mais agitado.

Falei ainda atenta. -Ham.

-É divertida é leal até boa mãe seria!

Ri vendo o seu jeito.
-E a sua irmã não, ela perturba meu juízo gasta todo o juízo que tenho e olha que tenho muito!

Disse parecendo querer chorar.
Parei de rir me preocupando com seu comportamento.
-Oque deu em você Trevan..?

-Sua irmã prefere aquele idiota lá! Tão frio quanto ela! O falso!

-você só quer falar né? Não respondi nada doque te perguntei Trevan.

-Prometi que não falaria com você sobre isto tão esclarecidamente.

Perguntei sabendo que responderia pela situação que se encontrava.
-Sobre oque?

-Sobre o Taylor me dizer que gosta de você, mais não acredito mais! Para mim ele esta querendo sua irmã!!
Se alterou.

-Trevan, você esta confuso demais.. para o carro..
Coloquei a mão na testa

-Eu estou irritado Emi!! Ele não sabe oque quer! E nisso quem sofre as consequências sou eu por perder sua irmã!!

Tentei acalma-lo.  -Trevan.

Olhei para fora e notei que corriamos muito!!
-Trevan para o carro agora! Você esta me assustando!

Senti vontade de chorar por perceber oque poderia acontecer.
E ele me olhou preocupado parecendo voltar o pouco juízo que ainda restava.
 E freou tentando parar o carro.
Ao pisar no freio o carro derrapou fazendo chegar onde não esperávamos e ele tentou desviar de tudo e o carro se chocou contra a parede. 



(...)
Pov de Adria.

 Antes de Trevan sair tivemos uma discussão que nos deixou agitados e principalmente ele.

-Escolhe, ou deixa de tentar ficar com ele pra ficar só comigo, ou fica com ele de vez, se é que ele sente algo por você!

Foi oque disse fazendo nossa discussão ainda mais agitada.

-Sabe que não posso deixar de ficar do lado dele, pelome nos até o final do filme.

-Ótimo, então se disfarça do filme!

Gargalhei deixando Ele com raiva.
E ele disse furioso.
-Seu problema não é o filme, né? Você quer o protagonista!

-Há! Trevan, não me enche!

Passei exausta por ele.

Sussurrou. -Volta Aqui!
me assustou puxando meu braço fazendo nossos rostos bem próximos.

-Você terá que escolher, e agora!

-Não vou fazer isso!
Puxei meu braço.

-Você escolhe, escolhe á mim ou escolhe ele! E eu vou embora desta casa para sempre!
Gritou.

Olhei em seu rosto.
Ri  -Você bebeu?

Ele indagou furioso e falou baixo.
-Ele não quer nada com você.

Cruzei os braços ouvindo suas criticas.

E gritou.  -Você é falsa! Olha oque você faz! Você trousse sua irmã pra cá para estudar no colégio da irmã dele, sabendo que elas se conheceriam e você poderia ter mais uma Coincidência e sua irmã pensa que você trousse ela para ajuda-la! Mal sabe qual era seu objetivo desdo começo! Comprar uma casa de frente para a casa do cara! Você foi suja atirando por todos os lados! E ser amiga da Ashley só porque sabia que ela conhecia o Taylor, isto foi desespero!

Gritei furiosa.
-cala boca!

-não! Você Esta com medo que alguém do outro lado da rua ouça! Eu que não deveria estar aqui, se não fosse pela Emi, já estaria longe! Mas, não deixaria ela com uma cobra feito você.

Ele estava muito bêbado não lembraria depois.
Percebi ele procurar as Chávez

-Onde vai?

Pegou uma garrafa da mesa.
-Para o inferno! Lá seria melhor do que estar aqui com você, porque sei que até o diabo não vai te querer lá.

Se virou para sair. -Por medo de perder o cargo pra você.

Indaguei furiosa.
Der repente fiquei em pânico ao ter que pensar por um momento em ter que escolher Trevan e Taylor.
 Lutei, planejei tudo perfeitamente para estar do jeito que estava e a surpresa de fazer o papel com ele chegou inesperadamente. Tudo que fiz anteriormente já não me servia, Ashley até era legal mais o meu objetivo já estava completado e Ashley virava uma pedra no sapato junto com Emili porque sempre estavam envolvidas quando queria me aproximar dele.

Bufei me jogando no sofá pensando por horas.

 Fui tomar um banho e depois fui para a sala mexer um pouco na Internet, também tinha fãs.
 Mexendo por um bom tempo resolvi ver as notícias que envolviam Taylor e Eu.

Ao mexer em um site vi que falavam de uma garota misteriosa, cliquei na matéria em cima.
 Ao ver as poucas fotos, meu ódio aumentou ao ponto de querer enviar Emili de volta ao Brasil imediatamente.

A matéria era recente, mais dizendo que as fotos eram antigas. Olhei um depoimento de uma fã do Taylor.

 "Eu o vi! Ele é mais lindo pessoalmente e muito cheiroso! Ele me ofereceu o seu sorvete! Fiquei tão nervosa que não desceria nada! Sua irmã e uma garota amiga dela são tão divertidas e a garota disse que é Team Robert"

Ri aliviada por não terem ido ao fundo desses rumores idiotas, como sempre gostavam de fazer.
 Me levantei notando que já era 16:30 Trevan e Emili deveriam ter chegado.

Liguei a TV para passar o tempo e Passava o jornal local e não prestei muito atenção. Ao ouvir o narrador dizer qual era a pista que havia acontecido um acidente olhei para TV e me assustei na dúvida se seria o meu carro ou não no meio daquela fumaça.

 Ao colocarem a imagem do Helicóptero consegui identificar, era o meu carro.
 Fiquei em choque tentando ver se algo me confirmava o contrário,  mais o jornalista disse o numero da placa fazendo-me desesperada.

Ao ouvir o narrador dizer "pessoas afirmam que havia um casal"

-ai meu Deus!
Pensei na Emi e no Trevan.

Der repente o carro explodiu.
-Haaaaaaaa!!!

Gritei apavorada largando o controle no chão, desci a pequena escada da varanda descontrolada, minhas pernas tremulas e minha voz falha, sem força para gritar "eles morreram?"

-Debora! -Taylor! -Daniel!

Cai fraca no gramado da minha casa chorando e procurando forças para gritar.
 Debora saiu pela porta ao me ver correu em minha direção enquanto gritava o Taylor e se abaixou.

-Ai meu Deus! Oque aconteceu?! Você esta gelada!

Tentei dizer para ela ir até a Tv.
-Adria? Adria?!

Vi tudo ficar escuro.
-Na.. televisão lá dentro, o Trevan a Emi.

Desistir de tentar.
-Calma fica calma! Já vou ligar para eles.. -Taylor!

Tentei pronunciar. -Não, não dá..

Gritou, -Taylor ajuda aqui!

Enquanto voltei a enxergar com dificuldade vi Taylor atravessar a rua apressado, e tudo estava escurecendo novamente.

Sussurrei sem forças para ela.
-Na Tv..

Ouvi a voz de Taylor.  -Adria!Adria!

Ouvi Debora me entender.
-Vai la na sala ver, ela esta dizendo que tem alguma coisa da Emi e daquele rapaz na Tv.

Ouvi os passos apressados dele e tentei abrir os olhos.
-Mãe!! Não! Isso não esta acontecendo!

Ouvi a voz do Taylor me deixando mais nervosa.
Ouvi ela gritar e me soltar.  -Meu filho!!

GOSTOU? COMENTE SOBRE O CAPITULO!

10 comentários:

  1. Tudo culpa da Adria, porque que ela tinha que ser tão egoísta? Mesquinha? Individualista? Por culpa dela a irmã e o cara que ela ama sofreram esse acidente. O Taylor deve estar super arrependido de ter dito aquilo pra Emi, continua.

    ResponderExcluir
  2. Grrr Adria idiota! :@

    ResponderExcluir
  3. Omg..... necessito do próximo capitulo rápido <3

    ResponderExcluir
  4. Preciso urgentemente do proximo capitulo
    Adria bitch @$#^@$

    ResponderExcluir
  5. Continuaaaa.Quero ver o que aconteceu com a Emili e com o Trevan.Tudo culpa da irmã dela se ela não tivesse fescutido com o Trevan ele não teria bebido e nem teria batido com o carro.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA