11 março 2015

Fanfiction: Twinight – Capítulo 6: Festa


Eu estava dividida entre o beijo de Jacob e o beijo de Embry. Dividida em meus pensamentos, claro, porque meu coração sempre foi do Jake. A festa de Seth era amanhã e eu já estava nervosa. Eu estaria lá no ambiente de Jake com o meu amigo meio namorado Embry.... Namorado!? Não... Foi só um beijo e apesar de nos falarmos todos os dias após o acontecido ninguém falava em namoro.

         Por isso mesmo, já que nada estava oficializado eu tinha que falar com Jake e dizer de uma vez por todas que eu o amava e que eu tinha sonhado a minha vida toda com aquele beijo. Eu só poderia estar louca, mas se ele me beijou algo a mais ele pensou... Ele me queria, talvez...

         O dia da festa chegou. Pela manhã eu fui ate Portland para comprar uma roupa. Jake não poderia me ver igual. Eu também tinha que fazer minha parte e conquistar... Que besteira, mas era a verdade. Comprei um vestido preto, de manga comprida e acima do joelho. Uma meia calça preta pra completar e um sapato alto.


         Tomei um banho e fui me preparar. Eu estava beeem nervosa... Tremia enquanto colocava a meia calça, o vestido e o sapato. O meu cabelo ficou solto, liso e ondulado, ficou lindo. Eu realmente estava bonita.

- Filha! Como você esta linda!! - disse minha mãe entrando no quarto.

- Obrigada.. - disse abraçando-a.

- Isso tudo é para o Seth? - ela disse rindo.

- Hahaha ah mãe não é pra ninguém! É pra mim ok? - eu disse tímida.

- Nem para o Embry? - ela perguntou enquanto saia do quarto.

Nesse momento eu tremi. Lembrei de novo dele, do beijo... Meu Deus que pesadelo!

- Mae você não vai? - perguntei enquanto descia as escadas.

- Não filha... Eu vou jantar com o Charlie hoje. - ela disse envergonhada.

- Mãe depois você me explica essa amizade repentina com o Charlie ok? - eu disse saindo.

         Peguei meu carro e segui. Fiz o sinal da cruz e nada ia me abalar. Eu não podia fraquejar. Estava disposta a falar com o Embry, acabar de vez com aquele pré namoro e depois com Jake... Dizer que o amava e pronto! Eu só podia estar louca...

         Cheguei na casa de Jake. A festa era do lado de fora, na frente da casa. Assim que desci do carro Embry veio me cumprimentar.

- Jen... Wow... Você esta linda. - ele disse e me deu um beijo no rosto.

Ai graças a Deus o beijo foi no rosto.

- Obrigada Embry. - disse tímida. - Onde esta o aniversariante?

- Ah eu vou chamar! - disse Embry que saiu correndo para procurar Seth.

         Foi nesse momento que eu o vi. Ele estava de frente pra mim. Me olhava e eu também não tirava o olho dele. Não conseguia. A minha vontade era de ir ate ele e beija-lo, abraça-lo, com todo o meu amor, que era só dele.

         Se não nos falássemos ia ficar um clima muito chato. Então, como imaginei, ele veio ate mim:

- Oi Jen... - disse me olhando de cima a baixo muito rápido e o olhar era tímido.

- Jake... - disse engolindo seco.

- Jen, ahm.. Primeiramente você esta linda - disse rindo. - E segundo, precisamos conversar né... Eu sai correndo e...- ele disse quando eu o interrompi.

- Jake, eu sei e... Também quero falar com você, na verdade eu preciso falar uma coisa.. - disse quase morrendo sufocada de tanto nervoso.

- Precisa? - ele perguntou chegando muito perto quando de repente fomos interrompidos:

- Jen! Aqui esta ele! - era Embry trazendo Seth para cumprimenta-lo.

- Seth! - eu disfarcei e quando percebi Jake já não estava mais lá.

- Parabéns!!! Trouxe essa lembrancinha pra você! - disse animada.

- Jen, não precisava! Mas minha nossa você esta linda! Tá diferente! Embry você é um cara de sorte! - disse Seth me deixando sem graça.

         Então era fato. Todos provavelmente sabiam do nosso beijo. Claro! Quando eles estão em forma de lobo eles conseguem ler os pensamentos uns dos outros. Então Jake também sabia! Mas não me interessava... Eu estava disposta a acabar com o que mal tinha começado e falar de uma vez com o meu amor... Meu amor... Jake.

- Embry posso falar com você? - eu disse e Seth saiu.

- Claro! O que foi? - ele perguntou.

         Quando eu ia começar a falar uma menina loira o chamou. Era uma menina conhecida deles, acho que parente da Emily... Não sabia direito quem era.

         Nesse momento Embry me pediu licença, disse que já voltava e foi cumprimentar essa tal menina. Eu não sabia se ficava aliviada por não falar nada ou mais nervosa. Queria falar logo com Jake. E por falar nele eu não o via mais...

         O tempo foi passando... As pessoas indo embora... E eu precisava falar com Embry primeiro, mas ele tinha sumido! O Jake eu sabia que estava dentro da casa, eu escutava a voz dele do lado de fora. A voz dele enchia os meus ouvidos e o meu coração. Neste momento Seth me chamou:

- Jen, você pode me ajudar a levar essas caixas pra dentro? Está leve... - disse rindo.

- Claro que sim!! Haha.. - eu disse.

Quando estava pronta para entrar na casa de Jake eu ouvi o que jamais queria ouvir em toda minha vida:

- Pai eu não gosto dela ok!! Eu já lhe disse isso! Poxa! - Jake gritava com Billy.

- Jake você a beijou! Eu vejo como você a olha e vai deixar que Embry fique com ela? Eu não tenho nada contra ele mas... - Billy ia completar a frase quando foi interrompido.

- Pai o Embry é o namorado dela ok? Esse beijo não significou nada pra mim! Absolutamente nada! Eu beijei sim pra saber o que eu sentia, mas agora eu já sei! Pronto acabou! Chega! Eu já sei que ela é uma amiga e pronto.  E não temos nada a ver um com o outro. Não quero mais falar sobre isso! - disse Jake batendo a porta do quarto.

         Eu fiquei em choque. Paralisada com a caixa na mão. Não sabia o que fazer... Se saia correndo, se chorava, se sentava no chão... Enfim, o meu mundo desabou. Eu realmente era um arrependimento. Um beijo arrependido. E eu que pensava em me declarar! Meu Deus que burra!! As palavras eram facas em meu coração dilacerado.

         Foi então que eu deixei a caixa no chão e fui andando bem lentamente ate o carro. Pensei em tudo o que ele disse enquanto caminhava e foi ai que uma lagrima escorreu pelo meu rosto.

***POV Jacob***

         Entrei no meu quarto e não podia acreditar em toda essa mentira que eu tinha contado pro meu pai. Aquele beijo significou muito, muito mesmo! Como eu posso ser tão covarde e idiota? Eu tinha que falar com Embry! Ele nem tinha tido o imprinting com ela então eu ainda tinha chance!

         Como ela estava linda... Diferente.. É claro que eu não a via mais como aquela minha velha amiga, ela era uma mulher linda, que eu estava apaixonado.

         Fiquei atordoado em meus pensamentos quando resolvi sair. Eu tinha que falar com ela. Quem sabe era o meu dia de sorte!

Sai do quarto voando e eu a vi perto do carro. Ela já estava indo embora?

- Jen!!! - eu gritei.

- Jen, já esta indo? - perguntei.

Ela me olhou por uns segundos... Estava com os olhos marejados, achei estranho...

- Sim, estou, boa noite. - ela disse abrindo a porta quando eu a impedi.

- Pera ai! Eu preciso falar com você lembra? E você disse que precisava... - fui interrompido.

- Sim, eu ia dizer que somos amigos certo? Que é para esquecermos o que aconteceu ok? Eu não quero que o meu namoro com o Embry fique abalado por causa disso. - ela disse séria.

Ela usou a palavra namoro? Ela estava dizendo que éramos amigos? Para esquecermos? Eu não estava ouvindo aquilo.

- Jen, mas você correspondeu... - eu estava dizendo quando ela me interrompeu.

- Jake, não significou nada. Vai por mim... Não temos nada a ver um com o outro. - ela disse estendendo a mão pra mim. - Amigos certo? Como sempre fomos? - ela disse olhando nos meus olhos.

Eu não pude responder nem retribuir o aperto de mão. Neste momento fomos interrompidos por Embry:

- Jen! Ia embora sem se despedir? - ele disse indo ate o carro dela.

- Claro que não! Você me acompanha ate em casa? Eu preciso falar com vc. - ela disse e os dois saíram.

O meu estomago revirava. Não era o meu dia de sorte.

3 comentários:

  1. Adorei!! Continua o Jake tem q se declarar pra Jen.

    ResponderExcluir
  2. Adorando a fic! Quantos desenganos, não?! Ai, ai, isso que dá mentir para si mesmo. Não vai deixar a garota escapar, né Jake? Humpft! u.u
    Está demais, com certeza vou acompanhar. Bjinhosss!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA