09 março 2015

Fanfiction: A viagem - Capítulo 19 –Guerra Declarada – Pt.2



~ Pov de Dany ~

Minha mãe e Victor foram conversando animadamente, era raro ver minha mãe e Victor tão animados desse jeito. Ao chegarmos Victor fez aquele drama todo sobre seu humilde iate e quando vi quase caí pra trás. Meu Deus! O iate realmente era lindo, gigantesco, só para nove pessoas. Ele disse que estava pensando em trabalhar com algo futuramente, pois ele estava querendo sossego, já estava pensando em se aposentar e viver apenas se divertindo.


Rimos com essa ideia louca dele, mas se ele queria mexer com essas coisas só teríamos que apoiá-lo, apenas minha mãe que não gostou muito da ideia, mas minha mãe é de veneta, cada hora quer uma coisa, vai saber né? Depois de nos acomodarmos fomos conhecer o iate, nem preciso dizer que fiquei maravilhada com tudo o que vi, não? Esse mundo era novo pra mim e confesso que estava gostando.


No Brasil minha vida era mais simples, eu não era pobre, mas eu gostava da simplicidade, mas a vida agitada que eu estava tendo aqui estava sendo um desafio pra mim. Eu estava perdida em meus pensamentos, quando sou surpreendida com um abraço por trás e um beijo no pescoço que me fez arrepiar, mas estranhei o perfume e quando me viro vejo que era Henrique.


_ Está ficando doido? –Eu disse me soltando dele.


_ Perdi o juízo desde a primeira vez que te vi por uma simples foto... –Ele disse com um lindo sorriso nos lábios. Espera, eu achando o sorriso do Henrique lindo? Foco Dany, foco!


_ Fica longe ok. Eu estou com o Taylor... Entenda Henrique!


_ Por enquanto meu anjo. –Ele disse me jogando uma piscadela e saindo me deixando com cara de poker face.


Porque algo me diz que esse final de semana vai serbombástica? Já estou ficando com medo do Henrique, tenho que ficar esperta com ele.

[...]

Passamos o dia todo nos divertindo muito, apesar do JB ficar igual a um carrapato atrás de Nathy, não dando um minuto pra ela. Dando umas 8 horas fomos nos arrumar para o jantar que o Victor providenciou, combinei com Tay e Gabriel pra chegarem na minha cabine umas 8:45 da noite para que ela e Gabriel tivessem um tempo a sós. Assim que eles chegaram demos um tempo e logo eu e Tay saímos pra deixa-los à vontade. Estávamos em um canto mais afastados nos curtindo quando fomos interrompidos por Léo.

_ Hey casal... O Victor disse que daqui a uns 10 minutos o jantar será servido.

_ Ok e valeu por avisar Léo.

_ Er... Vocês viram a Nathy por aí?


_ Eu deixei ela na cabine dela se arrumando... Sabe como é... Mulheres adoram se arrumar.

_ Ainda bem que você não demora tanto pra se arrumar. –Tay disse me abraçando apertado. – Você não precisa de muito pra ficar perfeita. –Ele disse dando um beijo na ponta do meu nariz.

_ Exagerado como sempre. –Eu disse rindo.

Logo Léo saiu nos deixando sozinhos.

 [...]

~ Pov de Henrique ~


Nem preciso dizer que estou preocupado com o que pode acontecer hoje não é? Não estou gostando dele muito próximo de Dany, tenho que fazer algo pra separar esses dois, mas o que? O cara é perfeito até demais, como vou descobrir algum podre dele? Até pensei em colocar um detetive atrás dele, mas a imagem dele é de bom moço.

Foi pensando nisso que arrastei JB comigo até a cabine onde ele estava eu precisava de algo contra ele, mas algo concreto. Estávamos vasculhando as coisas dele quando algo me chamou a atenção, uma agenda de garota, mas o que estaria fazendo com ele?

Assim que peguei uma foto caiu, JB estava me apressando com medo de sermos pego e assim que vi a foto vi Dany e seu pai, achei estranho, então abri a agenda e que havia coisas escritas nela, parecia a letra de Dany, mas o que isso estaria fazendo com ele. Lembro que ela chegou a comentar que havia perdido o seu diário, mas... Nisso fui interrompido por JB que começou a me puxar nervoso.

_ Anda logo merda!

_ O que foi?!

_ Deixa isso logo no lugar! Estou ouvindo vozes! –Ele disse ainda me puxando pelo braço.

Logo deixei a agenda no lugar e enfiei a foto no bolso e saí da cabine dando de cara com Gabriel e Nathy que riam muito de algo e assim que JB viu fechou a cara.

_ O que você está fazendo com esse cara Nathy? –Ele disse serio.

_ Nada de mais JB e vocês? O que vocês estavam fazendo na cabine do Taylor?

_ Não estávamos lá e não mude de assunto! Estávamos vendo se ele estava aí dentro, mas acho que não está porque está um silencio total. –JB dizia nervoso. – Vamos logo que daqui a pouco o jantar vai ser servido. –Ele disse puxando Nathy pela mão me deixando sozinho com Gabriel.

_ Porque o papinho dele não me convenceu? –Gabriel disse sínico.

_ Talvez porque você seja um idiota?

_ A Dany vai adorar saber que você estava aí dentro fuçando as coisas do namorado dela.


_ Não viaja seu idiota! Não estávamos lá dentro! Só pelo fato de nos encontrarmos na porta da cabine não quer dizer que estávamos lá dentro. Sem contar que você não tem provas de que estávamos mesmo lá.

_ Você ainda vai rodar amigão... E eu vou estar lá pra ver o seu tombo.

_ É o que veremos seu babaca.

Nisso deixei Gabriel, não estava a fim de entrar em uma com ele logo agora, eu tinha problemas piores pra resolver no momento. Voltei onde o pessoal estava, eles conversavam animadamente e isso já estava me irritando, vi os dois em um canto mais afastado, pareciam felizes, era eu quem deveria estar lá com ela e não ele. Eu estava pensando nisso quando percebi que alguém se sentou do meu lado e eu já sabia quem era.

_ Realmente não estou a fim de ouvir sermões ok.

_ Você continua fazendo do modo errado.

_ Olha quem fala! –Eu disse nervoso. – Toda vez que tenho a oportunidade de fazer algo certo o senhor vem e quebra minhas pernas! Porque teve que convidá-lo? Até parece que está contra mim!

_ Hey veja como você fala comigo garoto, ainda sou seu pai. –Ele disse me repreendendo. – Não tinha como não convidá-lo, ele está com a Dany esqueceu? O convite seria feito do mesmo jeito.

_ Quando está apenas eu e Dany tudo é diferente, sinto que ela abaixa a guarda, mas quando ele está por perto ela muda completamente. Não tenho chances com esse cara por perto.

_ Seja você sempre, mostre seus sentimentos por ela, se ela te amar ela vai ficar com você no final.

_ Mas como ela vai perceber isso com ele por perto?

_ Hoje ainda é sexta... Você tem o final de semana pra conquistar a atenção da Dany do modo correto você vai ver.

_ Assim espero. –Eu disse por fim.

Depois daquela conversa meu pai me deixou sozinho eu precisava pensar em algo, mas o que? Não demorou muito para que o jantar fosse servido e nós fomos pra mesa, eu queria acabar com isso logo e poder sumir pra cabine.

O jantar estava animado, ao fim do jantar fomos pra sala de jogos muito bem equipada, estávamos reunidos em volta da mesa de bilhar com meu pai falando algo para Taylor que ria feito uma hiena quando me lembrei do diário que encontrei nas coisas de Taylor, então resolvi fazer algo pra ver a reação de Taylor.

_ Ah Dany... Encontrou sua agenda? –Eu disse prestando atenção na fisionomia de Taylor que na mesma hora ficou tenso apenas olhando pra mim.

_ Não Henrique... E não é agenda é o meu diário, porque?

_ Não nada... Olha o que achei. –Eu disse pegando a foto do bolso e entregando a ela.

_ Onde você achou? –Ela disse parecendo surpresa. –Essa foto estava dentro do meu diário.

Nisso vi Taylor contrair seu maxilar, ele parecia nervoso. Eu não poderia dizer que estava no meio das coisas dele, sei que eu provaria que ele não vale nada, mas isso a faria me odiar por mexer nas coisas dele, então inventei algo na hora.

_ Encontrei no corredor um pouco antes de encontrar a Nathy e o Gabriel.

_ Que estranho.

_ Er... Essa foto estava comigo amor. Encontrei aquele dia que nos conhecemos no aeroporto, foi mal não ter te entregado antes, me esqueci completamente, mas achei no meio das minhas coisas então resolvi colocar na mochila e te trazer logo. Acho que deve ter caído.

_ Tudo bem... Obrigada.

Ponto pra mim! Peguei a mentira desse descarado! Porque ele não disse que estava com o diário dela? Com toda certeza ele estava armando pra cima de Dany, agora era questão de tempo desmascarar esse cretino.

Não sei por quanto tempo ficamos por ali conversando, Taylor apenas me observava, já JB e Gabriel ficavam se alfinetando por causa de Nathy, estava sendo hilário ver esses dois disputando a atenção da garota. Não estava a fim de ver o casalzinho do ano juntos, então me despedi e fui sozinho para a minha cabine, eu estava no corredor quando sinto alguém puxar meu braço e a me imprensar na parede, me imobilizando pelo pescoço.

_ Só um aviso seu babaca... Fique fora do meu caminho entendeu?

_ V-você está f-ficando m-maluco?? –Eu disse com muita dificuldade.

_ Não se finja de coitado, o Gabriel me alertou de que você estava rondando a minha cabine. Eu realmente estou gostando da Dany e não vai ser você que vai estragar o meu lance com ela, me entendeu?

_ Entendi... –Eu disse já tonto.

Nisso ele me largou e saiu sem olhar pra trás, ele havia cavado mexido com a pessoa errada, eu não iria deixar barato assim.

[...]

~ Pov de Taylor ~

Sabe quando você procura por alguém que te complete por inteiro? Eu sentia que ainda faltava isso pra minha vida ser perfeita como sempre sonhei, aí conheci Dany e minha vida ganhou cor novamente. Ela me desestruturou toda a minha vida, uma garota simples, sem ambição, sonhadora...

Foi o que bastou pra me chamar a atenção nela, mas com o tempo fui conhecendo-a melhor e fui me apaixonando a cada dia mais por ela. Ok pode ser cedo demais pra dizer isso, mas o que eu sinto por ela é forte, ela me completa de todas as formas possíveis.

Com o tempo fui me transformando em alguém que não sou, mas Dany está sendo minha cura e não vou deixar um idiota feio o Henrique tirar isso de mim.

Sei que estou errado em estar com o diário dela, mas ele me fez conhecer a alma dela, o que ela sente, o que pensa, isso está me ajudando muito a conquistá-la e não vou abrir mão disso. Depois que dei meu recado a Henrique voltei para a sala de jogos pra curtir mais um pouco com minha garota.

5 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA