16 abril 2015

Fanfic: “One of the boys” – Cap 3: Pedido de desculpas.

Texto/Fic: Emanuel Daniel
Capa: Jessica Keli TLM
Beta/Correção: @ValzinhaBarreto

Ouvi passos me seguindo, sabia que era ele, mas ignorei, a última coisa que eu queria era olhar na cara dele.

- Espera. – O ouvi pedir, porem ignorei. Ele me puxou pelo braço.


- Não me toca! – Falei histérico.

- Me desculpa ta. Eu compro mil revistas daquela me desculpa.

- Okay, só me deixa tomar banho e dormir.

- Tá, eu vou com você. – Disse ele me seguindo.

Tomei banho e fui dormir... No outro dia o Taylor já estava de pé.  Me levantei olhando-o e parecia bem disposto, ao contrário de mim que acordei bem mal humorado.

 - Bom dia. – Disse-me ele.

- Bom dia. – Falei me espreguiçando.

- Me desculpe por ontem cara. O que podemos fazer de legal hoje?

- Hoje eu quero ver os golfinhos. Vamos? – Perguntei sabendo que seria algo chato para ele.

- Sim, vamos! – Ele disse concordando e me deixando surpreso.

- Vou me arrumar. – Falei indo ao banheiro fazer minha higiene.


Saímos do hotel e vimos todas as atrações.

- Nossa, nunca tinha visto um golfinho. – Comentei com um sorriso tímido.

- Eu também não! – Ele disse com um sorriso.

A tarde foi super divertida. Sentamos num banco num lugar onde poucas pessoas passavam. Já estava ficando de noite.

- Espero que você tenha gostado de hoje a ponto de me desculpar Daniell. – Disse o Taylor.

- Sim, eu gostei, vamos esquecer sua brincadeira de mau gosto. – Falei.

- Daniell, eu quero te pedir desculpas por hoje, mas eu sei que não é só por isso que devo me desculpar. – Disse Taylor sem graça.

- Você está falando de quando me derrubou e fui vaiado por toda a escola? – Indaguei sarcástico.

- Isso mesmo. Sei que foi horrível o que fiz.

- Você poderia pelos menos ter juntado minhas coisas do chão.

- Eu não tinha tempo. – Disse ele.

- Porque você estava com tanta pressa?

- Minha irmã Makena tinha sofrido um acidente.

- Meu Deus, foi grave?

- Não, mas na hora eu fiquei desnorteado.

- Eu imagino.

- Cara, se eu soubesse que era por esse motivo, eu não teria sido tão hostil.

- Tudo bem. – Disse olhando em meus olhos.

Taylor me olhou de um jeito que ninguém nunca tinha me olhado antes, e ficar tão perto dos seus lábios, deixou-me tentado a roubar um beijo, mas eu nunca tinha ouvido falar de rumores sobre ele ser gay, então tentei ignorar os pedidos do meu corpo para beijá-lo.

Ele continuou me olhando com ainda mais intensidade e antes que eu pudesse reprovar qualquer ação em pensamento, ele encostou seus lábios timidamente nos meus e pude desfrutar do sabor do seu beijo.

Taylor tocou minha cintura firmemente, então deslizou sua mão sob minha nuca e acariciou meus cabelos lentamente. Continuamos naquele beijo por alguns minutos, mas vi um casal que se aproximava e olhava-nos com nojo, o preconceito anda por todo lado, até numa cidade-paraíso da California.

- É melhor nós irmos. – Falei timidamente.

- Está tudo bem? – Ele indagou achando que era algo errado com ele.

- Não é você, nem nós. – Falei olhando para o casal que nos olhava.


- Ah, sim, entendi. – Falou ele percebendo os olhares de reprovação.

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA