09 abril 2015

Fanfiction: Burning - Capítulo 9 - I can’t believe it


O clima na casa da Avril estava tão bom que eu já quase havia esquecido do barraco da Megan, na festa do Thomas. Avril conseguiu pegar uma vodka e bebemos quase tudo, porém, não ficamos tão bêbadas já que a garrafa foi dividida por três.
        

Estávamos zoando a Megan e suas seguidoras e rindo alto com as piadas da Avril quando a campainha tocou e descemos correndo pra atender. E lá estava Ashley, uma seguidora leal da Megan, chorando na porta:
                 
- Oi, meninas! Desculpe aparecer aqui a essa hora! Eu e Megan brigamos e ela disse que não quer mais me ver na frente dela! Estou arrasada!

Avril não pensou duas vezes: bateu a porta na cara dela e saiu andando para o quarto. Eu e Jenni fomos atrás dela:

- Porque fez isso, Avril? – Perguntei, chocada.

- Liz, isso é armação! Fala sério! A Megan mandou a Ashley aqui para descobrir algum segredo seu e usá-lo contra você! Eu conheço a Megan há muito tempo e pode ter certeza de que ela faria isso sem a menor culpa e com muito ódio naquele coração dela!

- É... pode ser! - Enchi meu copo com vodka, virei tudo e apaguei.

Acordei às 12h15min enquanto elas ainda dormiam. Mandei, então, uma mensagem para as duas:

"Já estou indo para casa. A noite foi muito boa, bitches! Bjus!"

Cheguei em casa angustiada por estar suada e cheirando ainda a álcool. Entrei correndo e fui direto para o banheiro, pois, não queria que minha mãe me visse naquele estado. Caso ela sentisse esse cheiro, eu ia levar um sermão que duraria até amanhã e ainda chegaria na escola atrasada!

No banho, quando fui depilar a perna, olhei para a cicatriz do meu antigo corte, e então, Charlie com tudo na minha cabeça: a sua história e seu estado, na época. Sem pensar, peguei a Gillette e fiz outros cortes com muita raiva! Eu comecei a chorar: estava surtando! A água do chão estava vermelha, minha perna ardendo e as lembranças na minha mente... Esperei os cortes pararem de sangrar pra sair do banho.
        
Estava com uma dor no peito insuportável e não sabia o que fazer. Peguei a caixa de primeiros socorros e tomei um calmante da minha mãe. Fui para a cama, comecei a ler meu livro e acabei dormindo.

Acordei às 7h exausta! Nem acreditava que precisaria ir para a escola! Levantei, e, após me arrumar, ouvi uma buzina. Ao olhar pela janela, vi que era o Thomas. Peguei minha bolsa e desci.

Entrei no carro e ele começou a dirigir:

- E, aí? Tudo bem? – Perguntou.

- Tudo bem. Por quê? - Perguntei também, desconfiada.

- Está com uma cara triste... - Ele observou.

- Você se preocupa comigo... que meigo! - Respondi.

- Sempre, ué! – Ele confirmou.

- Lindo! - Elogiei.

- Sei disso! - Afirmou, vaidoso.

- Convencido! – Ele, então, estacionou. Entramos na escola abraçados.

Taylor apareceu:

- Opa! Está querendo roubar minha namorada, é? - Ele brincou.

- Imagina! Se eu quisesse mesmo, já teria conseguido, mané! - Thomas provocou-o.

- Convencido! - Taylor respondeu nos fazendo rir da brincadeira.

Quando entrei na sala com o Taylor, notei que a Ashley estava sentada sozinha enquanto Megan ria dela ao invés de rir de mim, dessa vez. Mas, como a Avril disse poderia ser uma armação, era melhor colocar as minhas barbas de molho... Na hora do almoço, recebi uma mensagem de Jenna, minha amiga da antiga escola:

“Estou com saudades e preciso te ver! É urgente!”

Eu também estava morrendo de saudades dela! Respondi a mensagem informando meu novo endereço a ela. A cidade onde moro agora fica só a 40 minutos da antiga. Jenna informou que chegaria sexta-feira e pediu que eu me preparasse porque ela viria com uma bomba.

Na hora da saída, Tay me ofereceu carona, porém, recusei. Queria andar um pouco. Quando já estava chegando, percebi que havia uma pessoa parada em frente à porta de casa. Eu estava a reconhecendo de longe. Mas, quando cheguei no quintal de casa, e percebi quem era, eu surtei! Não podia ser! As lágrimas começaram a rolar em meu rosto e minhas pernas tremiam! Por fim, eu caí sentada sem deixar de encarar aquela pessoa que estava ali, bem na minha frente!

4 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA