08 abril 2015

Fanfiction: Twinight – Capítulo 7. Namoro



Embry me deixou em casa naquela noite. Ao nos despedirmos eu pedi que ele me ligasse. Eu estava disposta a esquecer Jacob de uma vez por todas... Ou tentar pelo menos.


Entrei em meu quarto e chorei… chorei muito até dormir. No dia seguinte eu estava acabada. Com o rosto inchado de tanto chorar e cansada, cansada de tudo, principalmente de sofrer. Eu não parava de pensar nas palavras de Jake e meu coraçao diminuia cada vez que eu lembrava...

Estava arrumando meu quarto. Tirando todas as fotos minha e de Jake que estavam no mural. Tempos bons. Uma lágrima caía cada vez que eu tirava uma foto e guardava em uma caixa de recordaçoes. Eu precisava fazer isso. Precisava colocar um ponto final em tudo o que me fazia sofrer. Foi quando o meu telefone tocou:

- Embry? Oi, tudo bem? - disse tentando me animar.

- Oi Jen! Tudo bem… Ahm... Quer sair comigo hoje? Te pago um sorvete! - ele riu.

- Ah sim claro, eu adoraria. - eu disse engolindo seco. Eu disse que tentaria e era isso que ia fazer.

Embry passou em casa. Estava bonito. Eu começava a reparar mais nele. Eu precisava... E como em um passe de mágica ele parecia ouvir os meus pedidos:

- Jen.... Eu preciso te falar uma coisa. - disse virando de frente para mim pegando em meu rosto. Eu gelei. - Namora comigo? - ele completou.

Eu só pensei no meu plano. No meu plano de esquecer Jacob.

- Sim... Eu namoro... - disse me aproximando de seu rosto.

Nos beijamos. Foi muito diferente do nosso primeiro beijo, porque eu queria muito dessa vez. Quente, rápido, com desejo. Eu gostei muito e ele tambem.

- Wow, Jen... Eu nem sei o que... - disse ele quase sem folego.

- Não precisa dizer nada ué.. Somos namorados certo? - disse pegando em sua mao.

Cheguei em casa exausta. Tomei um banho e fui deitar. Pensei no beijo, pensei em Embry e em tudo o que tinhamos passado naquele dia tao agradavel.

Alguns dias se passaram. Eu e Embry namoravamos sempre em casa. Minha mãe estava adorando o genro. Eles se davam bem apesar de se verem pouco, porque a segunda casa da minha mãe era a casa de Charlie.

Eu ainda não tinha conversado com ela sobre essa amizade dolorida com Charlie... Estava ocupada com Embry e toda essa historia de esquecer meu grande amor.

- Embry, pára... Minha mãe pode chegar e... - eu dizia tentando interromper, mas ele me beijava ainda mais.

Eu não posso dizer que não gostava. Os nossos beijos estavam cada vez mais quentes e sinceros, mas eu não estava pronta para o proxímo passo. Eu sempre sonhei em dar o proxímo passo com Jake e não com outra pessoa. Era dificil...

- Desculpa Jen, eu preciso me controlar e é dificil... - disse Embry timido enquanto namoravamos no sofá da sala.

- Tudo bem... Eu só não estou preparada ok? - disse o beijando no rosto.

Eu não falava com Jake desde aquela noite da festa. Ele não me ligava, nem eu ligava para ele. Na verdade, se eu tinha que fingir que nada tinha acontecido, era eu quem deveria ligar e agir como se eu não tivesse escutado nada do que ele disse ao Billy. Então, resolvi ligar:

- Jake? - disse ao tremer dos pés a cabeça.

- Jen? Oi - ele disse desconfiado.

- Oi! Ahm... Você sumiu... O que aconteceu? - eu disse como se nada tivesse acontecido.

- Eu? Não aconteceu nada... Tudo bem? Você que sumiu... Alias, Você tem motivos pra sumir né... Namorando... Enfim... - ele disse desanimado.

Ele tinha que tocar nesse assunto. 

- Sim, é.... As coisas mudam um dia né... Mas não precisamos deixar de ser amigos... - eu disse engolindo seco.

- Sim, claro. Eu vou te visitar qualquer dia desses. - ele disse.

- Claro! Venha quando quiser. - eu disse e desligamos.

Chorei, como sempre. Eu não queria sofrer mais, mas eu não conseguia ficar longe. Eu queria saber dele. Saber se ele tinha esquecido a Bella de uma vez por todas, se ele gostava de outra, se ele tinha tido um imprinting... Eu me arrepiava só de pensar. Bastava um imprinting e eu o perderia para sempre.

Em uma noite, Embry estava em meu quarto. Assistíamos a um filme quando as coisas começaram a esquentar. Eu queria e ao mesmo tempo eu queria esperar pelo Jake... Mas meu Deus! Esperar o que? Jámais isso aconteceria e eu morreria virgem, é isso? Eu estava quase me entregando aos meus desejos e aos desejos de Embry quando eu caí na real.

- Embry, desculpe. Eu não consigo... Hoje não...- disse timida.

- Ei… Tudo bem ok? Nunca vou forçar nada. - disse ele me beijando.

Já estava tarde quando Embry foi embora. Fiquei pensando na nossa noite... Em como tinha sido bom e em como aos poucos eu esqueceria Jake, talvez... Foi quando ouvi as pedrinhas em minha janela. Não podia ser... Será possivel? Corri para abrir e... Não era ninguem! Mas eu ouvi... Será?

***POV Jacob***

Não tive coragem e precisei sair correndo. Eu vi Embry sair da casa dela. Era tarde... Eu não suportava mais aquilo. Ver o meu amigo com ela. Eu a amava, isso já estava claro, mas eu não podia seguir com isso, seria inútil. Bastava Embry ter o imprinting e eu a perderia para sempre.

Passaram- se uns dias... Foi quando recebi uma visita inesperada: Bella e Edward.

- Jake tudo bem? Você pode falar agora? - disse Bella em frente a minha casa. 

- Sim, tudo bem e... Qual o motivo da visita? - eu disse encarando o sanguessuga.

- Jake, viemos entregar o convite do nosso casamento. - ela disse.

- Ahm... Convite… Okay… Obrigado. - disse assustado, mas aquilo já não me afetava mais.

- Edward dê a ele o convite. - ela disse quando Edward me passou o convite.

- Obrigado. - eu disse e eles sairam.

Entrei em casa. Abri o convite que estava dentro de um envelope. Era muito bonito... Mas dentro do envelope não estava apenas o convite. Tinha um bilhete e não tinha sido escrito por Bella... Não era a letra dela...

"Jacob, Você sabe que leio mentes. Por isso eu lhe digo para não desistir dela. Ela sente o mesmo que você. Ela o ama. Sei que não somos amigos e que nem tentamos ser, mas quero que confie em minhas palavras. Então seja persistente como sempre foi, não desista de quem você ama". Edward


4 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA