15 abril 2015

Fanfiction: Twinight – Capítulo 8. Segredos


***POV Jacob***

Eu não parava de pensar no bilhete do sanguessuga. Era demais pra minha cabeça. Ele sabia o que eu sentia o tempo todo e eu fazendo papel de idiota com a Bella. Ele sabe o que a Jen pensa... Será mesmo?


Se ela me ama porque me disse que o beijo não tinha significado nada, que éramos bons e velhos amigos... Eu estava exausto de pensar. Precisava tirar isso a limpo.

Fui até a casa dos Cullen. Precisava falar com o Edward. Precisava saber o que ela sente, o que ele tinha visto nos pensamentos de Jen. Precisava ter certeza de tudo para conseguir me declarar e não magoar meu amigo.

- Jacob... - disse Edward antes de eu tocar a campainha.

- Olha eu vim porque eu li o bilhete ok? E preciso saber se é verdade, preciso saber o que ela sente... - eu disse meio desesperado.

- Jacob eu não mentiria sobre isso. Jennifer é a melhor amiga de Bella. E eu já lhe disse no bilhete o que você precisava saber. Não vou contar os pensamentos íntimos de ninguém. - ele disse enquanto eu o encarava.

- Ok... Ok... Você diz que ela me ama, então é isso que vou fazer. Eu vou até lá e vou dizer a ela o que sinto e se você estiver mentindo.. - ele me interrompeu.

- Vá Jacob... Faça o que é certo. - disse Edward enquanto fechava a porta.

Eu só podia estar maluco. Respirei fundo e fui. Peguei minha moto e fui até a casa dela.

Chegando lá eu o vi... Ah não, não pode ser...Embry entrava na casa de Jen e mais uma vez eu perdia a oportunidade de dizer que a amava. 

***POV Jennifer***

Minha semana foi normal. Escola, loja, namorado... Wow, eu tinha um namorado. Embry era muito especial. Ele realmente fazia eu esquecer Jacob por alguns momentos. Ele era um ótimo namorado. Me dava flores, chocolaté, me ligava pra falar boa noite... Só seria perfeito se fosse Jacob fazendo isso e não ele...

A Sexta-feira tinha chegado. Graças a Deus! Estava cansada... Precisava de um banho urgente e cama!

- Jen? - disse minha mãe entrando em meu quarto.

- Oi!

- Filha, eu vim aqui porque preciso te contar uma coisa. - minha mãe disse um pouco nervosa.

- Pode falar... - disse sentando ao seu lado.

- Jen... Há algum tempo que quero lhe contar... Eu e Charlie... Estamos namorando. - disse tímida.

- Mãe, por favor... Eu já sabia, ou melhor, desconfiava... Você não sai da casa dele e ele vive por aqui... - eu disse rindo.

- E você me apóia? Quer dizer... Você é minha filha e... - ela disse quando eu a interrompi.

- Mãe, você merece ser feliz e é o que eu mais quero... Que Você seja feliz. - eu disse e nos abraçamos.

- E você filha? Você está feliz? - ela perguntou.

- Sim... Claro! - eu disse disfarçando.

- Não minta pra mim filha.

Minha mãe sempre sabia o que eu sentia e não precisava dizer uma palavra. Ela saiu do meu quarto e eu como sempre pensativa... É claro que eu não estava feliz... Não completamente. Coloquei meu pijama, um shortinho curto e uma blusinha de alcinha. Fiquei pensando em minha mãe... Ela namorando... Tentando ser feliz e era exatamente o que eu deveria fazer. 

A campainha de casa tocou. Uns minutos depois batem na porta do meu quarto.

- Pode entrar! - eu disse ainda em minha cama.

- Oi! 

- Embry!?? O que faz aqui essa hora? - disse assustada.

- Eu senti saudade e queria te ver. - disse ele sentando em minha cama.

Enquanto assimilava as palavras saudade e etc ele me beijava. Eu começava a suar de tão quente que ele era. Meu Deus... Não aguentaria me segurar por muito tempo, mas algo me dizia que era preciso.

- Embry, eu preciso dormir...está tarde... - eu disse me afastando dele.

- Ok eu já vou. Boa noite. - ele disse me dando um selinho e saindo do quarto.

Wow. Que beijo. Eu ria sozinha enquanto lembrava. Mas os meus pensamentos sempre paravam nele... Jacob.

Eu e Jacob éramos amigos certo? Então resolvi ligar, sem compromisso...

- Jen? - disse a voz mais linda do mundo.

- Jake.. Ahm.. Tudo bem? Você sumiu então resolvi ligar. - eu parecia uma idiota.

- Ah...É.. Você também sumiu. - ele disse desanimado.

- Jake desculpe o horário, está tarde eu sei, mas senti sua falta e... - ia dizendo quando ele me interrompeu.

- Sente minha falta? - ele perguntou baixinho.

- Claro! Somos amigos poxa! - como eu mentia bem.

- Jen, olha, eu preciso desligar ok? Nos falamos depois... - ele disse e desligou.

É... Estavamos nos afastando cada vez mais. Era inevitável. Tinha que ser assim. Alguns dias se passaram e recebi a visita de Bella. Poxa, eu realmente sentia falta dela... De contar meus segredos, angustias...

- Bells!!! - disse abrindo a porta.

- Jen que saudade! - disse Bella me abraçando.

- Jen, eu estou aqui para te dar isso... Meu convite de casamento. - ela esticou a mão e me entregou o envelope.

- Wow, Bella… Que lindo... Nossa, você casando... - eu disse com tom de nostalgia.

- Jen... Daqui a pouco você se casa tambem... Embry está visivelmente bem e apaixonado. - Bella disse sentando ao meu lado.

- Hahaha eu? Casando? Com Embry? Não... - eu disse chocada com minhas proprias palavras.

- E porque não? Não gosta dele? - ela me encarava.

Nesse momento eu tive certeza de que não poderia esconder isso de minha amiga. Bella iria se casar, logo ela ia virar alguém que só Deus sabe o que e eu não a veria mais como antes. Eu precisava desabafar com alguém que não fosse minha mãe.

- Bella.... Eu amo outra pessoa. Amo, de verdade. - disse com os olhos lacrimejados.

- Eu sei Jen... Sei que você ama outra pessoa. - Bella disse me encarando.

Meu Deus! Estava tão na cara assim? Impossível! 

- Como assim? Você sabe? - eu perguntei.

- Jacob. Não é? - ela continuava a me encarar.

- Sim... Jacob. - disse quase chorando.

- Jen, você não pode continuar esse namoro com Embry. Você tem que dizer ao Jake que... - ela dizia e eu a interrompi.

- Bella, você acha que eu não ia fazer isso? Mas a resposta que tive foi o que eu escutei ele dizendo para Billy... Palavras que eu nunca vou esquecer! Eu não posso correr atrás de alguém que não me ama. A única coisa que posso fazer é continuar sendo amiga dele... - disse quase chorando.

- Jen e se você escutou errado? E se ele... - ela disse e eu a interrompi.

- Eu escutei muito bem, Bella. 

- Jen, eu preciso ir. Tenho mais convites pra entregar e por favor pensa no que te falei. - disse Bella saindo.

Eu não podia acreditar. O assunto Jacob já estava virando um pesadelo. Quando eu estava arrumando a minha vida, com um namorado, alguém que realmente me ama, esse assunto vem a tona... 

Eu não ia sofrer mais! Isso era fato! Não ia terminar meu namoro com Embry, aliás eu ia parar de me conter. Eu seria de Embry. Eu me entregaria a ele e provavelmente isso ia me ajudar e muito a esquecer o Jake.

***POV Jacob***

- Embry! Você.... Com a Clarice? - eu disse em choque.

- Jacob, eu não pude evitar, Você sabe! Aconteceu, meu Deus, é simplesmente maravilhoso esse sentimento. - disse Embry com os olhos brilhando.

Naquele momento eu pensei nela. No que Embry diria a Jen e se ela sofreria... Não ia suportar vê-la sofrer. 

- Embry você vai ter que contar para a Jen, certo? - eu o ameacei.

- Claro que sim! Eu vou contar... - disse Embry saindo das minhas vistas.

Será que seria a minha chance?


5 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA