28 maio 2015

Fanfic: Every Detail - Capítulo 17


Capa: Marih – texto/Fic: Joseana Xavier – Beta: Joyce Cruz

- Solta ela, seu covarde!!!
...
- E você vai fazer o que se eu não soltar? - Ele me segurava com força pelo braço.

- Quem vai fazer sou eu! - Gritei já girando o corpo para dar um chute certeiro em suas “partes baixas” fazendo com que ele me soltasse imediatamente. Quando Taylor partiu para cima dele, pus-me na frente.

- Você vai defendê-lo agora? - Ele gritou.

- Não é nada disso! É que... - Taylor, então, me interrompeu abruptamente.

- Está com pena? - Perguntou em tom sarcástico.

- É melhor eu ir embora! - Esbravejei pegando as minhas coisas.

- Já vai tarde! - Gritou.

- E se você chegar perto de mim novamente, vai ser pior! - Ameacei o cara que me agarrou.

- Pode para com essa arrogância, por favor? - Pedi. Taylor saiu andando direto para a garagem, comigo em seu encalço.

- Taylor, espere! - Falei puxando seu braço.

- Solte meu braço! - Rosnou com os olhos cheios de raiva.

- E seu eu não quiser? - Falei, rispidamente.

- Deixe-me ir! Eu tenho mais o que fazer! - Ele falou já entrando na garagem.

- O que você tem pra fazer, Taylor Lautner? - Perguntei ainda segurando-o.

- Não é da sua conta! - Gritou.

- Você vai encontrá-la? - Perguntei, curiosa.

- Vou, sim!!! A melhor coisa que posso fazer hoje é ficar com ela! Você só me traz problemas! - Ele cuspiu.

Eu fiquei paralisada, digerindo aquelas palavras e olhando para ele com os olhos marejados. Enquanto ele saía do estacionamento cantando pneus, eu segui direto para o meu apartamento.

- Por favor, não deixe ninguém subir! - Pedi ao porteiro assim que entrei no prédio.

Entrei no apartamento e subi direto para a minha sala. Comecei a dançar sem parar até o interfone começar a tocar. Aumentei mais ainda o volume do som para abafar o barulho. O celular, então, começou a tocar em seguida de forma insistente durante todo o tempo em que eu estive dançando. Foi aí que eu enlouqueci: quebrei o celular em pedaços e continuei dançando... já eram mais de sete horas da noite sem que eu parasse. De repente, senti uma forte tontura. A última coisa que conseguia me lembrar era de ver a porta da sala de dança se abrindo...


Continua...

Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA