07 maio 2015

Fanfiction: Burning - Capítulo 13 - Jenna



Texto/Fic: Helena Barreto – Beta: Joyce Cruz.

         Na sexta-feira, parecia que cada aula demorava mais de uma década para terminar. Assim que o sinal da saída tocou, saí apressadamente. Thomas ofereceu-me carona, que aceitei na hora. Estava ansiosa para chegar em casa mais rápido possível.
        

Despedi-me de Thomas, fui direito para o meu quarto e sacudi Charlie, que parecia ter adormecido lendo um livro:

- O que foi, Liz? Estou com sono! - Reclamou.

- Dane-se! Levanta esse traseiro porque a Jenna vai chegar em cinco minutos! - Alertei-o.

- Já? Como você sabe? - Charlie me perguntou, ainda meio confuso.

- Se você não tivesse dormido, teria visto a mensagem que ela mandou no WhatsApp. - Eu disse.

         Eu e Charlie descemos para o jardim e sentamos na grama para jogar Flappy Birds apostando quem iria bater o recorde primeiro. Foi quando avistamos o fusca verde limão de Jenna que havia acabado de parar em frente a minha casa. Nós sorrimos e levantamos correndo em direção ao veículo. Ela abriu a porta do carro e veio correndo também em nossa direção para darmos um abraço triplo. Choramos de alegria.
        
Nossa, a minha vida estava tão perfeita! Charlie estava vivo, Jenna ia passar o fim de semana com a gente... Parecia que eu estava no 9° ano novamente! Como eu não sabia até quando essa felicidade iria durar, precisava aproveitar ao máximo.

Nós três entramos e fomos direto até meu quarto. Jenna não parava de chorar:

- Charlie, seu canalha! Você está vivo! Eu nem acredito! - Jenna desabafou, limpando as lágrimas.

- Eu também te amo! - Charlie disse ironicamente, dando um longo abraço em Jenna.

Quando Jenna finalmente se acalmou, sentamos os três na cama para fazermos a nossa “mesa redonda”. Eu contei sobre o Taylor e sobre tudo o que estava acontecendo comigo. Quando terminei de falar, ela contou as novidades dela:

- Eu também não sou mais virgem! Estou ficando com um cara chamado Louis e eu o amo. O único problema é que ele parece não querer compromisso. Mesmo assim, eu decidi transar com ele. Outro dia, ele me levou à festa do Zayn, um amigo dele, e, pela primeira vez, fumei maconha. Achei legal...

- E de onde você conhece o Louis? - Perguntei, curiosa.

- Ele entrou na escola esse ano. Ele é repetente. - Jenna explicou.

- Quer dizer que você vai virar maconheira igual ao Louis e o Zayn? - Charlie perguntou, provocando-a.

- Charlie, você mal “ressuscitou” e já está de implicância comigo? O Louis não é o único amigo dele! E eles não são maconheiros... a gente só fuma quando rola uma festa! Você é muito chato!

- Você é que é uma chata! - Charlie replicou.

- E você é infantil! - Jenna deu o troco.

- Será você consegue uma erva pra gente? - Ele pediu.

Ela respondeu com um sorriso após dar um tapa no ombro dele. A sexta-feira foi assim: ótima! Mas, eu estava ansiosa pelo sábado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA