01 junho 2015

Fanfiction: Believe – Capítulo 14: Late Show


*** Taylor POV ***

Jenny voltou para LA há uns dias e eu morria de saudades.

- E essa cara de enterro
? - perguntou Tarik.

- Saudade dela...

- Tem que se acostumar cara! A Jenny tem a carreira dela... Você a sua...

- Eu sei... Eu sei...

Nessa hora meu celular tocou. Eu e Tarik fomos chamados para uma reunião com o diretor do filme que eu estava gravando mais os patrocinadores. Achei estranho, mas fomos.

O mais estranho foi que quando eu cheguei só tinha eu do elenco, na verdade, eu e Marie Avgeropoulos a mulher que fazia par romântico comigo no filme.

- Bem... Taylor... Chamamos vocês aqui porque temos um pedido a fazer a vocês... - disse o diretor.

- Vocês sabem que para que um filme dê certo de verdade é preciso uma relação de marketing. Ahm... Vocês precisam ser um casal aqui e lá fora...

Nessa hora eu gelei. O que!?

- Ahm… Eu não estou entendendo... - eu disse.

- Calma Taylor... Continue... - Tarik me interrompeu.

- O que exatamente seria um casal lá fora? - Tarik questionou.

- Queremos vocês namorando... Taylor e Marie. - respondeu o diretor.

- O QUE!!?? - eu gritei.

- Calma Taylor... - disse Tarik.

- Escute, eu não posso namorar Marie fora do filme porque eu já tenho namorada... - eu disse.

- Você está namorando? - Marie perguntou e eu a olhei como se não devesse nenhuma explicação a ela.

- A mídia já sabe? - perguntou um dos patrocinadores.

- Não, mas...

- Ótimo! 

- Peraí... Gente eu não posso ok? Isso é impossível.

- Lautner, acho que você não está entendendo... Ou é isso ou fim de carreira para você... O filme será mais um fracasso... É super natural isso... Aconteceu com seus amigos Kristen e Robert, com Zac Efron e Vanessa Hudgens...

- Em um filme prolongado ok? Não em um filme só... 

- Lautner, termine o seu namoro ok? Ou o que quer que seja esse relacionamento e no dia 4 de Julho você e Marie sairão juntos pela primeira vez... Quero abraços, beijos, quero que passeiem pelas ruas de NY juntos, como um casal... Juntem o útil ao agradável! Vocês são jovens!

Eu queria socar a cara desse diretor de merda! Eu olhava com ódio enquanto Marie parecia não se importar. Tarik estava incrédulo.

- Isso não pode ser verdade... Podemos conversar!? - eu insisti sem sucesso.

- Não temos nada para conversar Lautner... Reunião encerrada! 

Eu saí batendo porta, porta de carro, tudo o que via pela frente! Até chegarmos ao apartamento...

- Tarik me ajuda!!! Você tem que me ajudar!!!

- Você quer que eu faça o que!? Você ouviu o que ele disse!

- Gente! O que foi? - Danny perguntou. Ela não foi para LA com a Jenny, tinha ficado no apartamento. Eu expliquei tudo a ela.

- Eu não sei o que dizer Taylor... Estou sem palavras... - Danny estava com os olhos cheio d'água.

- Taylor aqueles são patrocinadores importantes. Eu preciso te dizer isso...

Mas... Vou te apoiar em qualquer decisão... - Tarik disse.

Eu andava na sala de um lado pro outro. Estava desesperado. 

- E se eu falar com a Jenny!? Danny o que você acha?

- Taylor a Jenny também tem uma carreira, mas nunca fizeram uma proposta para ela assim... O mundo da música é diferente... Meu Deus! Ele
disse que você terá que beijar essa tal de Marie... Taylor o que vai acontecer depois do filme eu não sei, mas Jenny vai querer terminar... Eu conheço minha amiga...

Eu me desesperava cada vez mais! 

- Eu vou tentar! Tarik, neste final de semana eu vou para LA em um bate e volta e vou conversar com a Jenny! Quem sabe ela me entende e podemos continuar nosso namoro... Posso continuar atuando com a Marie mesmo fora do filme... Não vai significar nada... Sou ator! Posso fazer isso!

- Não sei Taylor... Faça o que quiser... - Danny disse e logo saiu da sala.

- Tarik por favor compra minha passagem... e... Eu vou sozinho ok?

- Ok...

Eu não conseguia dormir, comer ou pensar em nada direito. Eu ia para o set de filmagem como um zumbi. Ainda bem que eu amava meu trabalho... Isso me
dava forças pelo menos para atender os fãs... A semana passou rápido e o dia de ir para LA tinha chegado. Isso tudo bem que poderia ser um pesadelo...

*** Jennifer POV ***

- Danny que voz é essa hein? Está estranha... Aconteceu algo entre você e Tarik?

Eu falava com Danny pelo telefone e ela parecia bem diferente na última semana. Ela dizia que não era nada...Era sábado... No final do dia eu estava fazendo as malas para fazer uma surpresa para Taylor. Nem para Danny eu tinha contado que iria a NY! Queria passar o feriado ao lado dele... Estava ansiosa e com saudade... De repente, minha campainha tocou. Achei estranho, mas poderia ser Carlos...

- Dona Jenny... com licença... o Sr. Lautner lhe espera na sala... - disse Maria ao abrir a porta do meu quarto e eu gelei sem acreditar! Gelei de felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA