11 junho 2015

Fanfiction: Para sempre - Capítulo 6


Texto/Fic: Letícia Souza. – Capa: Kat Fanfics – Beta: Keylla Silva

Eu não conseguia parar de chorar. Nunca havia sentido algo assim por alguém como sentia pelo Taylor. Com ele eu me sentia feliz, calma e segura e toda vez que me lembrava disso mais lágrimas escorriam pelo meu rosto. Depois de tanto chorar, sequei minhas lágrimas e passei um pouco de maquiagem para que ninguém percebesse que eu havia chorado. Eu olhei no relógio e vi que havia perdido duas aulas no banheiro, então corri para a aula seguinte. Quando cheguei na sala, Chloe estava me esperando na porta.

-Amiga, o que aconteceu pra você faltar as duas aulas anteriores? – ela perguntou preocupada.
-É uma longa história... Vamos nos sentar primeiro – eu disse.

Caminhamos em direção ao fundo da sala e sentamos nas últimas carteiras. Então comecei a contar a ela tudo que havia acontecido entre Taylor e Lauren.

-Eu vou acabar com a Lauren! Essa garota me paga! – Chloe disse furiosa.
-O que mais me deixa triste não é o fato da Lauren tê-lo beijado, mas sim ele não ter feito nada pra impedir.

Assim que falei isso mais lágrimas se formaram em meus olhos e eu as enxuguei antes que alguém percebesse.

-Mesmo assim, foi a Lauren que começou tudo isso!

Neste momento a professora de Ciências entrou e começou a aula. Coloquei meu fone de ouvido e liguei a música no volume máximo. Chloe olhou torto pra mim, mas não liguei, o que eu mais queria naquele momento era esquecer tudo. Quando o sinal tocou, eu e Chloe fomos para a cantina e, assim que entramos, vimos Taylor sentado com Lauren. Ela me olhou e depois passou a mão por debaixo da blusa dele. Aquela menina queria mesmo me provocar. Então, peguei meu lanche e fui me sentar com o Christian.

-O que aconteceu para o Taylor estar sentado com a Lauren? – Christian questionou.
-Ashley viu Taylor e Lauren se beijando hoje de manhã – Chloe contou a ele.
-Sério? Ah eu vou quebrar a cara dessa vadia! – Christian disse raivoso.
-Pode deixar que eu faço isso, ela nunca mais vai entrar no nosso caminho! – disse Chloe.

Ela levantou e foi pisando firme até a mesa de Lauren. Eu a segui também com passos firmes.  

-Lauren, eu preciso falar contigo! – Chloe disse.
-Outra hora. Estou muito ocupada! – ela disse irônica.
-Agora! – Chloe disse autoritária.
-Tá bom, não precisa gritar! Mas você só tem cinco minutos, então vamos acabar logo com isso.
-Serei rápida e direta!

Naquele momento, Chloe deu um tapa na cara de Lauren que ficou com o rosto todo vermelho.

-Isso é para você aprender a nunca mais se envolver com o namorado da minha amiga!

Antes que ela pudesse protestar, também lhe dei tapa que a deixou mais vermelha.

-E esse é para você nunca mais se meter no meu caminho! – eu disse furiosa.

Então eu vi o olhar de tristeza de Taylor e apenas o ignorei. Depois disso, eu e Chloe viramos e fomos embora, porém Taylor nos seguiu, nós aceleramos o passo para que ele não nos alcançasse, mas ele conseguiu pegar em meu braço e me puxar.

-Ashley espera, precisamos conversar! – ele disse.
-Você já me magoou demais! – eu disse realmente sentida.
-Vamos conversar, por favor... – ele insistiu.
-Você não a ouviu? Deixa-a em paz! – Chloe interveio.
-Eu não vou desistir enquanto ela não aceitar! – ele foi convicto.
-Okay. Mas seja breve! – fingi fazer pouco caso.

Saímos da cantina enquanto Chloe o olhava com raiva, logo após ela voltou para a cantina e se sentou com Christian.

-O que foi aquilo? – Taylor questionou.
-Meu momento de raiva! – eu disse irada.
-Tá, mas o que te deu pra fazer isso?
-Você sabe muito bem, por que ainda me pergunta? – seu cinismo me irritava ainda mais.
-Se estou perguntando é porque não faço a mínima ideia do que você está falando! – ele começou a alterar a voz.
-Eu estou falando da linda rosa branca que você deu para a Lauren e do beijo que ela te deu! Ainda não sabe do que estou falando?
-A flor não significa nada – ele tentou se explicar – Faço isso com todo mundo, mas o que muda é o tipo de flor que eu dou. Já o beijo, como você mesma disse, foi ela que me deu.
-Sim... Mas você não fez nada pra impedi-la! – eu disse completamente irritada – Agora me dê licença tenho mais o que fazer!

Quando fui abrir a porta da cantina, ele pegou meu braço e me puxou para perto dele e sussurrou em meu ouvido.

-Me perdoe, eu não quis magoá-la.Eu nunca faria uma coisa dessas! Ashley, eu te amo! Gostei de você desde a primeira vez em que te vi e continuo gostando. Me perdoe, por favor! – ele pediu.
-Eu também te amo! – confessei – O que sinto por você nunca havia sentido antes por ninguém, mas eu não sei se posso te perdoar!

Ele passou a mão por trás da minha cintura, me puxou para mais perto e me beijou. Naquele momento, além da onda de calor, senti um turbilhão de sentimentos que percorreriam meu corpo. Mas ainda lembrava-me da cena que tinha visto pela manhã. Então me afastei dele e entrei na cantina, mas antes dei uma rápida olhada para trás e o vi sorrir pra mim, mas ignorei seu sorriso e fui em direção a minha mesa.

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA