18 junho 2015

Fanfiction: Para sempre - Capítulo 7


Texto/Fic: Letícia Souza. – Capa: Kat Fanfics – Beta:  Keylla Silva

Sentei-me novamente com Chloe e Christian, mas antes que eu pudesse falar algo o sinal tocou, então peguei minha bolsa e fui para a sala. Quando estava saindo da cantina, vi o olhar de raiva de Lauren pra mim, então a encarei e ela desviou o olhar. Quando olhei no meu cronograma, vi que tinha aula de Espanhol e lembrei-me que o livro estava no armário e fui buscá-lo. Quando cheguei ao meu armário, encontrei dois bilhetes. Um do Taylor e um de Lauren. Guardei o bilhete dele e li só o da Lauren.

"Você me paga por tudo que fez! ----- L".

Peguei meu livro, guardei os bilhetes dentro dele e fui para aula. Quando cheguei, dei de cara com Christian e ficamos conversando durante toda aula.
Depois da aula de Espanhol, eu tinha aula de Educação Física, então fui correndo para aula. Na quadra, coloquei minhas coisas na arquibancada e fui conversar com Chloe. O professor nos dividiu em dois times. Taylor estava no meu time e Chloe estava no time adversário. Estávamos jogandovôlei e eu acabei errando um passe e caí em cima do Taylor. Ele não se importou com aquilo e me ajudou a levantar. Nos divertimos bastante na aula.
A aula seguinte era de Artes. Eu não queria vê-lo, mas não podia faltar à aula, então fui para a sala, peguei meus pincéis e fui para o meu cavalete.

-Ashley, eu sei que você está me evitando, mas queria lhe dar isto – Taylor disse ao se aproximar.

Ele me entregou o quadro que ele havia pintado na aula anterior. O quadro era lindo! Eu recebi o quadro e o coloquei ao lado de meu cavalete. Sorri discretamente pra ele, afinal quem não gosta de um presente?

-Obrigado. O quadro é lindo! – eu disse.

Assim que a aula de Artes terminou, corri para o estacionamento. Quando cheguei, vi Chloe encostada no meu carro me esperando e Taylor encostado em sua BMW. Caminhei até meu carro, mas não percebi que vinha um carro atrás de mim. A pessoa que dirigia buzinou, mas já era tarde demais, o carro estava muito perto de mim. Virei-me e tentei correr, mas não consegui. Quando vireinovamente, vi Taylor ao meu lado, ele me empurrou e segurou o carro para não ser atropelado também.
Observei aquela cena e fiquei surpresa com a rapidez e força de Taylor. Após o incidente, ele estendeu a mão e me ajudou a levantar. Chloe correu com uma louca em nossa minha direção.

-Amiga, você está bem? Machucou? – ela perguntou assustada e verificando se eu estava inteira.
-Estou bem e não me machuquei – garanti a ela.
-Você me deixou muito preocupada. Ainda bem que não aconteceu nada! – ela disse aliviada.
-Obrigado por ter me salvado, Taylor – agradeci – Mas como você chegou aqui tão rápido? E como você conseguiu parar aquele carro? – questionei.
-De nada. Eu sou bem rápido e forte – ele disse apenas isso.

Depois do ocorrido, Chloe e eu entramos no carro e fomos embora. Deixei Chloe em casa e ela me convidou para entrar e conversar um pouco. Aceitei e subimos para seu quarto. Conversamos, cantamos juntas e assistimos a vários episódios de Pretty Little Liars. Já passavam das duas da tarde quando decidi ir embora.
Assim que cheguei em casa, coloquei minhas chaves na bancada da cozinha e subi para o meu quarto. Quando cheguei, tive uma enorme surpresa. Meu quarto estava cheio de tulipas vermelhas. Havia uma tulipa pousada sobre minha cama juntamente com um bilhete que dizia:

"Ashley, me perdoe por tudo! Espero que goste da surpresa... ----Taylor".

A letra do Taylor era linda e perfeita. Peguei a tulipa, ela tinha um cheiro doce e gostoso, tinha o cheiro dele! Taylor sabia mesmo como agradar alguém. Eu simplesmente havia amado a surpresa que ele fizera.
Coloquei as tulipas em vasos e as espalhei pela casa, depois reli o bilhete e o guardei na gaveta da minha escrivaninha. Eu guardava apenas coisas pessoais naquela gaveta, como cartas, fotos da minha família, presentes e outras coisas. Liguei para Chloe para contar-lhe tudo:

-Alô? – ela disse ao atender.
-Amiga, eu preciso te contar uma coisa. Você não vai acreditar!
-Conta! – ela disse animada.
-Taylor lotou meu quarto com lindas tulipas vermelhas e ainda me deixou um bilhete fofo!
-Sério? – ela perguntou incrédula.
-Sério! – falei animada – Hoje na aula de Artes, ele me deu o quadro "Noite Estrelada" que ele pintou. O quadro é lindo!
-Você tinha razão ele é bem romântico e, além disso, é super gato! Preciso de um desse pra mim!
-Ai só você amiga... – eu disse sorrindo – Tchau!
-Tchau!

Desliguei o telefone, peguei a tulipa que estava na minha cama e fiquei observando-a e sentindo seu cheiro.

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA