25 agosto 2015

Fanfiction: Diário de uma paixão - Capítulo 11: Novidades


Texto/fic: Jenny Hanson | Capa: Luane/SMD | Beta: Erica Rocha


Acordei mais cedo. Quem disse que eu conseguia dormir? O fim de semana foi muito agitado.
James passou em casa como todos os dias e fomos para o galpão. Quando cheguei, o procurei por toda a parte, mas não o vi. Não queria falar com ele, apenas, sei lá, queria vê-lo.
Fui para o camarim ver as roupas do dia. Teríamos apenas mais um dia de foto, apenas. Eu estaria livre dele… Mais um motivo para cortar o mal, ou bem, pela raiz.
Quando finalmente estava pronta e saí para mais uma sessão de fotos, eu ouvi a voz de Taylor. Na verdade, eram músicas para os meus ouvidos. Na hora eu me repreendi e pensei: você não pode se apaixonar, Carol! Ele é apenas mais um cara que você beijou, e só!
Assim que apareci, eles olharam para mim. Taylor estava com Tarik e o diretor. Eu estava com James, que não entendeu os sorrisinhos de Tarik para mim.
‒ Bom dia! ‒ disse eu.
‒ Bom dia! ‒ responderam todos em coro.
‒ Carol, James, podemos ir para uma reunião rápida? Tenho novidades! ‒ disse o diretor.
Fiquei surpresa e feliz. Vai que resolveram estender a campanha e eu teria mais trabalho? Fiquei eufórica por dentro.
Seguimos para uma sala de reunião improvisada:
‒ Pessoal, a reunião será rápida – anunciou o diretor.
‒ Temos novidades sobre a Bench! O dono da marca quer que Taylor vá para Manilla, para uma conferência com alguns fãs e jornalistas ‒ completou.
‒ Legal! E quando vai ser? ‒ Tarik perguntou.
‒ Na quinta-feira vocês embarcam. Ficarão até Domingo ‒ respondeu o diretor.
Okay. Mas o que eu e James tínhamos a ver com isso?
‒ E, Carol, você que é a modelo da campanha, junto ao Taylor, também vai! Eles querem conhecer você, enfim. Já viram a prévia de algumas fotos e amaram. Querem saber quem é a modelo que fica tão bem ao lado de Taylor ‒ completou o diretor.
Fiquei tão vermelha que senti minhas bochechas corarem.
‒ Poxa, que legal ‒ foi o que consegui responder.
‒ Mas, Carol vai participar da parte com os fãs e jornalistas também? ‒ perguntou James.
‒ Pelo o que sei, sim. Me disseram que querem os dois juntos ‒ respondeu o diretor.
Taylor me olhava e dava um sorriso discreto, que me matava por dentro!
‒ James e Tarik, vocês receberão um email com passagens e endereço do hotel. Obrigada pessoal! Vamos para as fotos! ‒ disse o diretor saindo da sala.
Hotel! Será que ficaríamos no mesmo hotel? Não, não, não!
Saímos junto ao diretor e seguimos para as fotos. Estávamos mais relaxados perto um do outro, obviamente, já tínhamos tido uma intimidade maior no final de semana, então estávamos mais descontraídos. Até o diretor percebeu:
‒ Estão muito melhores hoje! Parecem um casal de verdade. Muito bom!
Nos olhávamos e ríamos e, consequentemente, as fotos ficaram lindas.
***
POV TAYLOR
‒ Vamos, Taylor! ‒ disse Tarik, depois que as fotos terminaram.
‒ Espera aí. Você a viu por ai?
‒ Se você pergunta sobre Carol, sim, mas ela ainda está no camarim.
‒ Queria falar com ela.
‒ Sem chance né, o guarda-costas está lá.
‒ É, sem chance… vamos!
Chegamos em casa e Tarik disse:
‒ Entregue!
‒ Obrigada! Até amanhã! Você me pega?
‒ Sim! No mesmo horário.
‒ Ok!
‒ Ah! Taylor, vamos fazer um coquetel amanhã com a equipe para comemorarmos o último dia de fotos?
‒ Ok. Mas onde?
‒ Pensei em casa… É grande, mas não chamaria a equipe toda, só alguns.
‒ Tá, por mim tudo bem.
‒ Vou chamar a Carol.
‒ Ah, sério? Haha, idiota!
‒ É, mas nem se anime, porque vou ter que chamar James também…
‒ É, não vou me animar…
‒ Mas tem vários lugares escondidos lá em casa!
‒ Cala a boca! Tchau! Até amanhã!
Entrei em casa rindo de Tarik. Estava animado com a viagem, principalmente porque Carol iria junto… mas porque estava pensando nisso? Taylor, não se anime! Não se apaixone! Não vai dar certo! Ela é ótima para alguns beijos e nada mais.

POV CAROL
Cheguei em casa um pouco desanimada. Ele não falou nada sobre nosso final de semana, sobre ficarmos de novo… Mas, meu Deus, por que nós mulheres somos assim? Não querer uma coisa e querer ao mesmo tempo?! Deveria ter nascido homem. Bem mais simples!
Liguei para Rose para contar as novidades, ela ficaria eufórica! Viajar para as Filipinas assim, do nada?
‒ Não acredito! ‒ ela exclamou.
‒ Sim! Fiquei bem contente, afinal gostaram do meu trabalho! – eu disse.
‒ Claro! Mas o melhor não é isso.
‒ Quê? ‒ perguntei.
‒ O melhor é você viajar com o Sr. Lindo Lautner!
‒ Ah, Rose, até parece! James, Tarik, enfim, você fala como se apenas nós dois fossemos.
‒ Ah, mas é praticamente! Aproveite uma hora que o James sair e vai para o quarto dele!
‒ Você deveria ser escritora. Você pensa em cada coisa! Tem tanta criatividade…
‒ Caroline Castro, estou falando sério! Eu vou ganhar a aposta! ‒ Rose estava empolgada.
‒ Vai nada! Tchau! Não dá para falar com você!
‒ Espera aí. E ai? Como foi hoje? ‒ ela perguntou.
‒ Normal…
‒ Normal? Vocês ficaram de novo?
‒ Claro que não! Nem falamos sobre isso.
‒ Não falaram? Vocês se pegaram o final de semana todo e não falaram nada?
‒ Ele não falou, Rose. Então não falei também.
‒ Ah! Então você estava esperando ele falar…
‒ Não estava esperando nada…
‒ E se ele tivesse falado? E se ele quisesse ficar com você hoje, você teria ficado?
‒ Teria.
‒ Uuuuuuuu!
‒ Ficar com ele não é o problema… já fiquei mesmo! Um beijo a mais, um a menos…
‒ Tá, tá bom!
‒ Ok, tchau! Até amanhã! ‒ me despedi.

E desliguei. Rose conseguia me deixar com mais vontade de beijá-lo, era impressionante!


Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA