01 agosto 2015

Fanfiction: Diário dos que já se foram – Capítulo 13: Visitas


Texto/Fic: Olga Vitória | Capa: Kep Kat Fanfics | Beta: Dayany Marques


      - Eu não vou lá falar com ele - Digo aos outros, estremecendo o corpo só de pensar.
       - Precisamos saber o que ele viu naquele dia.
     - Esse não é o problema, está escrito no diário. Isabelle tinha medo dele, o achava estranho. E se Simon for o assassino, eu vou simplesmente chegar em sua porta e perguntar: Oi, sou sua vizinha e queria saber se você viu algo de errado quando encontrou o corpo de uma garota a dois anos atrás.
      Falo com voz de deboche e eles me olham feio.
      - Ou melhor: Você lembra ter a matado?


     - Por favor, o cara é um babaca - Justin diz - Ele só sabe cuidar desse jardim idiota e ficar andando que nem um lunático pela cidade.
      - Mesmo assim, ele pode ser perigoso - Ansel diz.
     - Tudo bem, mas e se esse cara for o assassino? E se ele quer tanto que a gente encontre a Isabelle, talvez acabe com essa história do diário - Justin aponta para todos nós.
      - A culpa  será de vocês se nós morrermos – Sabe, seria ótimo se agora alguém chutasse a cara do Justin. Ele sempre faz as coisas ficarem piores. Mas então o telefone toca.
      - Deixa que eu atendo, deve ser minha mãe - Digo e vou até o telefone – Alô?
      - Ele está tão perto, já encontrou você - A voz assustadora soa do outro lado.
      - Isabelle, quem é ele?
      - Ele gostou de você, assim como gostou de mim.
     -Por favor, faça isso parar e eu juro que encontro quem fez isso a você – Sentia-me sufocada.
      - Todos tem que pagar, todos vocês são culpados. Ele já encontrou você - Ela ri      - Não adianta fugir, não adianta tentar salvá-los. Você é a próxima, ele está ao seu lado – Tão rápido como o piscar de olhos, a chamada acaba.
      - Quem era? - Logan diz, vindo até mim.
      - Isabelle – Falo quase sem voz.
      - O que? - Ele ri, mas seu sorriso logo desaparece.
      - Ela disse que o assassino está ao meu lado.
     - Simon! - Justin ladra como se fosse o obvio. As outras pessoas na sala, se encontravam pálidas, provavelmente eu também me encontro na mesma situação.
      - Acho que tenho que ir ver o Simon - Digo tentando parecer corajosa.
      - Você não pode fazer isso - Shailene diz - Vamos com você.
      - Não, vai ser estranho se formos todos juntos.
      - Eu vou com ela – Fico surpresa quando ouço a voz do Justin.
     - Tudo bem, então vamos. Fiquem de orelhas em pé, para o caso de ouvirem qualquer barulho, chamem ajuda.
    Justin e eu caminhamos para a porta da casa de Simon, as janelas estão tampadas com cortinas pesadas e marrons, parecia ser tudo bem cuidado.
    - Caso a gente precise - Ele diz tirando do bolço uma faca pequena e me mostrando.
      - Não, não Justin, nós não viemos aqui torturar o cara.
    - O problema é se ele quiser nos matar – Fala naturalmente.  Para a nossa surpresa, antes que chegássemos na porta, Simon a abre.
      - Lily! - Ele diz ignorando completamente Justin no meu lado.
      - Simon, como vai? - Digo tentando ser amigável.
      - Bem melhor agora - Ele diz arrumando o cabelo já perfeitamente alinhado.
      - Simon, se não se importa queríamos conversar com você - Digo.
     - Claro, Lily, entrem. - Abre espaço para passarmos. Queria dizer a Justin que parasse de olhar Simon como se tivesse prestes a matar alguém, mas Simon não saia da nossa cola.
     A casa de Simon era muito arrumada, mas as cortinas a deixavam mergulhada no escuro. Eu bato minha perna em uma mesinha de centro e m seguro para não fazer careta.
     - Sente-se, por favor, faz um bom tempo que não recebo visitas - Simon diz se sentando de frente para nós.
     - Por que será? - Justin cochicha em meu ouvi e lhe dou uma cotovelada.
     - Então, o que querem me perguntar?
    -  Bom, Simon... É que.. Como... você – Comecei a gaguejar. De medo, por não saber o que dizer, por tudo. Simon me olhava de um jeito estranho.
   – Queremos saber sobre algo que aconteceu há alguns anos – Justin é bem direto.
    - O quê? - Simon muda sua postura, fica o mais ereto possível.
    - Quando você encontrou aquela garota morta perto do lago?
    - Bom, isso faz muito tempo – Ele tira os óculos e o limpa.
   - Vamos lá, Simon, faça um esforço e se lembre - Justin devia aprender a ser mais paciente.
    - Aquele dia, eu estava caminhando...  - Justin o interrompe. Caramba, ele está chato para cacete hoje.
    - Caminhando perto do lago? Mas ele fica tão longe.
    - Eu... Eu sei – Gaguejou - Mas eu não estava muito bem, resolvi ir até la e foi ai que a encontrei na beirada do lago.
    - Você viu alguma coisa estranha lá, Simon? - Pergunto.
    - Não, nada de anormal.
    - Sério, Simon, deve ter alguma coisa – O ser ao meu lado insisti e demonstra sua irritação.
    - Desculpe, mas não vi nada demais por lá.
    - Obrigado mesmo assim, Simon – Levanto-me - Está na hora de ir, Justin - Ele faz cara feia, mas levanta. Só que o Simon para na nossa frente.
    - Espera, não tem que ir agora, Lily.
    - Desculpe, estão esperando por nós – Digo, não gostando do jeito que ele está me olhando.
    - Sabe, você se parece com ela - Simon diz.
    - Com quem? - Pergunto sem entender nada.
   - Isabelle, você se parece com ela – E seu sorriso fez meu coração dar um salto de horror.




Quando finalmente saímos da casa de Simon, apresso os passos, o mais rápido possível. Atrevo-me a olhar para trás e ele ainda está lá, nos encarando, não com um olhar gentil, mas sim com um olhar que faria um assassino sair correndo.
- Só eu achei aquilo que ele disse muito estranho? - Justin pergunta.
- Ultimamente acho tudo estranho, temos que nos aprofundar mais no passado do Simon.
- Isso vai ficar mais perigoso ainda – Fitamos uma ao outro.




2 comentários:

  1. Continua quero ver o que vai acontecer nos próximos capítulos.

    ResponderExcluir
  2. Continua e faz os capítulos mais longos por favor? A fic ta ótima mas é muito curta queria ler mais !

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA