19 setembro 2015

Fanfiction: Diário dos que já se foram - Capítulo 20: Salve Elena


Texto/fic: Olga Vitória | Capa: Kep Kat Fanfics | Beta: Dayany Marques


Tinha certeza que aquilo era apenas mais um sonho ou um pesadelo.
Primeiro estava sozinha no sótão de Elena.
Segundo Ian estava bem na minha frente.
Lembro-me perfeitamente de ter desmaiado nos braços de Logan e agora estava ali encarando Ian.
Ele estava sentado a mesa, não olhava para mim e sim para sua mão que estava encima da peça do tabuleiro Ouija. As velas ao nosso redor iluminam seu rosto de um jeito estranho, ele levanta o olhar em minha direção. Por algum motivo eu não senti medo, um dos motivos que me faz começar achar que devia estar ficando louca. Ao contrário do que eu pensava, isso me compele a caminhar até a mesa, indo contra todos meus instintos.
- É você mesmo? Ou é apenas uma alucinação? - Ele volta a olhar para o tabuleiro. A possibilidade dele querer que eu jogue com ele chega me assustar por algum momento.
E mais uma vez eu vou contra tudo, me sento na cadeira a sua frente e coloco a mão no indicador. Mesmo sendo um sonho, consigo sentir o frio de sua pele quando encosto em seus dedos sem querer.
- Você não pode falar comigo? - Pergunto.
Ele arrasta o indicador para o SIM.
- Isabelle que fez isso?
Novamente para o Sim.
- Não entendo, por que me trouxe aqui? - Pergunto perplexa.
Ele começa a mover o indicador mais uma vez:
AJUdE-ME.
- Te ajudar em que? Eu não posso ajudar ninguém - Digo.
 SALVE ELENA.
- Salvar Elena? Salvar de quê?
ELA É A PRÓXIMA
- Como? Quando? - Ele não respondeu o que eu queria.
SALVE ELENA!
Percebi que ele não podia falar nada além daquilo. E que a única coisa que importava para ele era que Elena fosse salva.
- Eu sinto muito, Ian. Sinto muito por não ter te salvado, mas eu juro que vou salvá-la.
Ele levanta o rosto para mim e não foi tão assustador como eu pensei que seria, não era os olhos de morto como costumava ser em meus pesadelos. Eram os olhos de Ian, de verdade, azuis como costumavam ser quando ele estava vivo e a marca de sua morte não estava mais em seu pescoço. Uma lágrima solitária cai de seu olho. Tinha certeza que estava perdoada pelo menos por ele.
- Adeus, Ian - Digo.
O indicador escorrega para o ADEUS e a cena se apaga.
Acordo em um pulo, ainda nos braços de Logan e deitada no chão. Sento-me de uma só vez, como se tivesse corrido uma maratona, estava ofegante. Todos ainda estavam ali: Ansel, Shailene, Elena parecia meio pálida, mas estava bem. E Logan me olhava assustado.
- Meu Deus, Lily, pensei que estava morta - Shailene diz aliviada e meio assustada.
- Ou que também tinha sido possuída - Logan comenta.
- Estou bem, acho que estou bem - Digo me abraçando para ter certeza que estava ali mesmo, que aquilo era real - Por quanto tempo eu apaguei?
- Por algum tempo - Logan fala sério. Não sabia se por preocupação ou se não por medo.
- Foi mais um daqueles seus sonhos ou visões? - Escuto a voz de Elena.
- Não, acho que apenas desmaiei - Minto, não sabendo se seria convincente o suficiente.
Olho para Elena e me lembro das palavras ditas pelo Ian: Salve Elena,  ela é a próxima. Só diria o que aconteceu para ela, ela tem o direito. Os outros não precisavam saber disso, já estavam assustados o suficiente.

- Como você está? - Pergunto a ela.
- Não sei se existe palavra para descrever – Fala - Tinha alguém controlando meu corpo e eu não podia fazer nada. Enquanto ela estava dentro de mim, só conseguia sentir frio e a raiva dela por vocês e por mim. Mas ela também estava com medo.
- Isabelle, com medo? - Ansel pergunta meio incrédulo. Elena da de ombros.
- Foi o que pareceu, só não sei o porquê – Fita o tabuleiro e faz uma careta para o mesmo – Nunca mais jogo isso.
- Talvez devesse queimar - Logan propõe - Posso fazer isso se quiser.
- Tanto faz – Sua expressão muda para tristeza e sei bem o porquê - Não posso mais falar com Ian.
- Elena, isso sempre foi uma ideia horrível - Digo.
- Eu sei, mas eu precisava disso - Ela se levanta - Agora eu não me importo mais.
- O que quer dizer?
- Eu vou viver minha vida ou o que resta dela, até que Isabelle venha me pegar. Cansei de ter esperanças que esse pesadelo vai acabar um dia.
- Elena.. - Tento dizer, entretanto sou interrompida.
- Ela tem razão - Logan concorda. O encaro e ele apenas revira os olhos.
- Também concordo - Ansel e Shailene falam ao mesmo tempo.
- Estão desistindo? - Pergunto desesperada.
Ninguém responde e percebo que salvar a todos vai ser mais difícil do que pensava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA