07 outubro 2015

Fanfiction: A VIAGEM | Capítulo 23



~ Pov de Karyn ~


Nunca fui com a cara da Nathaly, ela sempre tentou fazer parte dos populares, mas nunca conseguiu. Eu e Hellen conhecemos de longe pessoas da laia dessa garota, se fazem de boazinhas, mas no momento certo te dá o bote.

Ela sempre quis o que eu e a Hellen conquistamos e com os rapazes não foi diferente e isso eles não veem. Já tentei alertar JB, mas ele não escuta, aquele já está perdido.

Esse ano não foi diferente, já no inicio das aulas ela tentou se enturmar com a nossa turma e não conseguiu, ela fez de tudo pra chamar a atenção dos meninos até que o idiota do JB se apaixonou por ela e ela.

RS RS RS

Usou isso para começar a andar conosco, pois ela sabia que através do meu primo ela conseguiria o que tanto queria.

Eu não sabia ao certo o interesse dela com a Dany, até que em uma manhã eu acabei escutando uma conversa delas no banheiro, aí todas as peças se encaixaram. Esperei elas saírem e depois de um tempo fui atrás de Hellen lhe contar as novidades.

_ Hellen! -Eu disse me aproximando de sua mesa. - Agora eu sei de o porquê da Nathaly estar amiguinha da Dany, precisamos fazer algo antes que isso dê merda.

_ Não me venha com mais uma de suas conspirações amiga.


_ Não é conspiração! Eu sabia que tinha algo cabeludo por detrás disso tudo.

_ Então me conte logo. -Ela disse revirando os olhos.


_ O lance todo é o namorado misterioso da Dany.


_ Você sabe quem é? - Ela disse mostrando interesse.


_ Taylor Lautner. -Eu disse baixo apenas para ela ouvir.

_ O que?! - Ela disse praticamente gritando. - Como assim?!


_ A Dany é namorada do Taylor Lautner, por isso o interesse na amizade. Ele é o cara do momento, popular...


_ Ai que bandida! -Ela disse fazendo drama como sempre. - E como faremos pra desmascarar essa louca?

_ Isso que é o pior de tudo amiga... Não podemos. Se fizermos algo ela vai achar que estamos nos vingando de algo entende?


_ Vamos colar nessa garota e na primeira vacilada damos o bote.

_ Não é tão fácil como você imagina Hellen, não se esqueça que o HD deve e a corja devem ter feito a nossa caveira pra ela, pra ela somos a vilão e não é tão fácil assim virar o jogo.

_ Você tem razão... -Ela disse pensativa. - Vamos seguir com o plano de vigiar essa garota de perto, alguma hora ela vai dar algum deslize.

_ Ok, mas agora vamos porque temos que ir pra quadra.

Sem tocar mais no assunto fomos pra quadra, eu tinha que bolar um jeito de desmascarar essa garota.

~ Pov de Dany ~


Realmente não sei como agir perto do HD, ele de uma certa forma sabe como me deixar desconfortável sem ao menos dizer uma palavra. Ele me olha com tanta intensidade, como se conseguisse ver a minha alma.

Sei que não deve estar bem por não estarmos nos falando, mas isso é pra ele aprender a não dar de louco comigo. Me senti tão mal quando ele me ignorou e eu nem sabia o motivo, agora era a vez dele passar pelo mesmo que passei.

Quem ele pensa que é pra brincar com os sentimentos das pessoas dessa forma? Eu deveria ter um imã pra atrair esses tipos de babacas que adoram humilhar as pessoas dessa forma. Isso aconteceu comigo uma vez e não seria tão idiota de cair novamente. Eu estava pensando nisso quando Gabriel se aproxima de mim na arquibancada.

_ Porque essa carinha? Não gosto de te ver assim.


_ Nada... Apenas pensando nos acontecimentos passados de minha vida.


_ Não me diga que isso inclui o idiota do Henrique? -Ele disse erguendo uma sobrancelha.


_ É tão obvio assim?


_ Pior que sim. -Ele disse segurando uma risadinha que realmente não gostei. - Pare de pensar em alguém que só quis te machucar, isso não é bom.

_ Eu sei, mas é que eu só queria entender o porque sabe...? Eu nunca fiz nada pra ele agir dessa forma comigo sabendo que moramos na mesma casa, não faz sentido.


_ Talvez ele não tenha pensado nas consequências, ele vai tão pela cabeça dos amigos... Mas não pense nisso ok. -Ele disse colocando o braço envolta dos meus ombros e me dando um abraço de lado. - Não vale a pena perder tempo pensando nele.

_ Oi de novo amores da minha vida! - Nathy se sentou ao lado de Gabriel que logo passou o outro braço envolta dos ombros dela e lhe deu um selinho rápido.


_ Conseguiu resolver o seu problema? - Gabriel disse interessado.


_ Sim, tive que relembrar aquela velha louca da biblioteca de que eu já tinha devolvido o livro que peguei duas semanas atrás. -Ela disse um pouco irritada. - Acho que devem colocar alguém que ainda lembra das coisas.

_ Credo Nathy, ela não tem culpa isso acontece. -Eu disse estranhando a atitude dela.


_ Já é a quarta vez que isso acontece amiga, já está enchendo o saco. Eu só pego algo por lá quando temos trabalho e logo devolvo, não tenho culpa se ela se esquece de dar baixa no computador.


Nisso fomos interrompidos por Karyn e Hellen que olhavam para Nathy de um jeito estranho.

_ Olá pessoas. - Hellen disse seria olhando para Nathy.


_ Oi. -Eu disse simpática.


_ Vamos indo Dany já está na nossa hora. - Karyn disse sem ao menos olhar para o casal, com toda certeza ela estava odiando vê-los juntos, até entendo é horrível ver quem amamos com outra pessoa, então para não estender mais o sofrimento dela me despedi do casal e fomos para o vestiário nos trocar para o treino.


[...]

Por algum milagre dos céus as aulas passaram rápidas e assim que chegamos no estacionamento o pai do Gabriel já nos esperava. Nathy deu uma desculpa qualquer se despediu de mim e do Gabriel e assim que chegamos ao carro Henrique já estava sentado com a cabeça encostada no vidro da janela, parecia pensativo então Gabriel abriu a porta para que eu entrasse no banco traseiro junto com Henrique enquanto que ele foi à frente com o pai.

Assim que me sentei ao seu lado ele me olhou brevemente, mas voltou a sua atenção para a paisagem ai seu lado, eu não estava a fim de iniciar alguma conversa, então peguei meu celular e os fones de ouvido, ajeitei e logo deslizei meu dedo pela tela, fui direto colocar uma música pra me distrair. Coloquei Green Day, fechei meus olhos e encostei-me ao vidro da janela eu só queria acabar com aquilo.

Não demorou muito para que chegássemos em frente ao prédio onde Henrique ficaria, não sei porque olhei em sua direção e assim que nossos olhares se cruzaram ele apenas mexeu com os lábios dizendo um “Eu te amo”, seu olhar era triste, apenas baixei minha cabeça fingindo estar mexendo no celular, ele fechou a porta e finalmente pudemos ir pra casa, eu só queria tomar um banho e descansar, o treino de hoje acabou comigo.

Ao chegarmos percebi que minha mãe não estava, me despedi de Gabriel e seu pai e logo saí do carro, indo direto para a cozinha beber um copo de suco, assim que terminei levei até a pia, lavei o copo e fui direto para meu quarto. Coloquei minhas coisas em cima da escrivaninha e já fui indo para o banheiro.


Depois de uns 15 minutos finalmente saí do banho, me enxuguei e coloquei minhas peças intimas rapidamente, vesti apenas uma camiseta grande que mais parece um vestido, peguei o lençol e e joguei na cama, eu precisava dormir e relaxar um pouco e assim esquecer um pouco dos problemas que insistem em me perseguir.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Cara eu juro que já tinha perdito a esperança de ver essa fic de novo, pensei que ela tinha entrado em hiato :(
    Mas fiquei muito feliz de ver ela aqui de novo,continua logo viu.

    ResponderExcluir
  3. Não. A autora está com problema no computador.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA