03 novembro 2015

Fanfiction: Diário de uma paixão - Capítulo 20: Imprensa



Eu estava super nervosa. Será que eu ia esquecer o que tinha que falar?
Taylor e eu nos sentamos em duas poltronas de lado para o jornalista. Eu mal conseguia raciocinar com o barulho dos flashes e dos jornalistas chamando para olharmos para as câmeras. 
Taylor as vezes me olhava e falava baixo:
‒ Tudo bem?
Eu respondi que sim com a cabeça. Estava realmente nervosa. 
A entrevista começou. Claro que a maioria das perguntas eram para ele:
‒ Você está namorando? ‒ perguntou uma jornalista.
‒ Não, estou solteiro ‒ ele respondeu e logo me veio um frio na espinha.
‒ E você, Caroline? É solteira? ‒ completou a jornalista.
‒ Sim, sou solteira ‒ respondi e sorri.
‒ Vocês têm uma química muito perceptível nas fotos. E isso fez com que algumas pessoas dissessem que vocês estavam juntos. É verdade? ‒ perguntou outro jornalista.
Nós nos olhamos e rimos.

‒ Não é verdade. Temos química sim porque a Carol é uma ótima profissional, mas somos amigos ‒ ele respondeu.
Wow! Ele sabia mesmo fazer isso! Pensei.
‒ Taylor é super profissional também, e nos tornamos amigos – completei.
Depois da enxurrada de perguntas, voltamos para a sala onde estavam James, Christian e Tarik.
‒ Muito bem! Você estava linda! ‒ disse Christian, me fazendo corar.
‒ Obrigada! – respondi.
‒ Depois que isso sair na mídia vai chover de trabalhos para você! ‒ disse Christian.
‒ Tomara! – respondi
‒  Carol é ótima mesmo... Você viu quando falaram da nossa química? ‒ Taylor disse e riu.
Eu ia matar ele! Christian o encarou sério e disse:
‒ A Carol tem química com qualquer um que trabalhar. 
Wow!
‒ Ah não sei... Não é com qualquer um não... ‒ Taylor retrucou.
Meu Deus! Onde isso ia parar?! James e Tarik conversavam sobre outra coisa, ainda bem! Nem prestaram atenção na briguinha dos dois.
‒ A que horas vamos para o hotel? ‒ eu disse, quebrando o clima.
E lá vamos nós. Voltando para o hotel sou bombardeada de mensagens:
Taylor: se eu não fosse famoso tinha quebrado a cara dele.
Carol: Hahaha.
Taylor: é sério
Carol: vc não faria isso
Taylor: faria sim
Carol: não é pra ter ciúme de mim.
Taylor: por quê?
Carol: porque somos livres!
Ui! Será que peguei pesado? Ele não respondeu, ainda bem.
Chegando no hotel tomei um banho. O que eu mais queria era deitar naquela cama gigante e descansar. Mas não há paz para quem mexe com fogo! Meu celular tocou:
‒ Oi! ‒ era Taylor.
‒ Oi!
‒ Não vai jantar comigo hoje?
‒ Taylor, não posso jantar com você.
‒ Nem aqui no quarto?
‒ Nem no quarto. Sorry.
‒ Sério?
‒ Sim.
‒ Sabe o que você esqueceu aqui? ‒ ele perguntou com a voz mais sexy do mundo.
‒ O que?
‒ O pacote de camisinha... Tem mais cinco! ‒ ele riu.
Na hora pensei: ele não sente minha falta. Só quer transar! E por mais que eu quisesse também, havia um algo a mais. Eu sentia algo por ele, mas não podia. Eu só ia sair magoada dessa história.
‒ Boa noite Taylor.
‒ Perai! Desculpa, foi brincadeira.
‒ Okay...
‒ O que você tem?
‒ Estou cansada.
‒ Ok, vou deixar você descansar.
E desligamos. Fiquei triste. Queria estar com ele, mas era um erro.
Já perdida em meus sonhos, ouvi batidas na porta. Quando abri:
‒ Posso entrar? 
Era Taylor. A minha visão particular do paraíso.
‒ Taylor, estou dormindo!
Eu estava de camisola, mas nem senti vergonha.
‒ Você não está dormindo. Está aqui parada na porta. Deixa eu entrar?
‒ Entra...
Quando fechei a porta ele veio em minha direção bem devagar. Pegou em minha cintura e me beijou. Doce, meigo... 
Quando terminamos de nos beijar, ele disse:
‒ Vamos jantar? Por favor.
Tem como resistir?
‒ Tudo bem. Vamos pedir...
Ele sorriu e pegou o cardápio do serviço de quarto. Escolhemos nossos pratos, e, enquanto esperávamos, nos beijávamos como adolescentes. É, não dava para resistir. 
Quando o clima estava esquentando ainda mais ele parou de me beijar e se afastou. Eu o olhei estranhando e ele disse:
‒ Não trouxe as camisinhas. Não quero que você pense que eu só quero transar.

Eu sorri e pensei: tá, confesso, estou apaixonada... Ah não!

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA