26 janeiro 2016

Fanfiction: Believe - Capítulo 21






*** Taylor POV ***


- Você não vai lá Taylor! Deixa ela viver a vida dela! - Tarik gritou, mas já era tarde

- Com licença... - eu disse alto interrompendo o beijo

- Jenny posso falar com você? - eu completei

- O que você quer Taylor? - ela parecia brava, mas eu não liguei


- Jenny vai lá... Eu espero... - foi a única coisa certa que o inglesinho disse na vida, provavelmente...

- Eu volto logo! Me espera! - ela disse, saiu na frente e eu a segui. Chegamos no corredor perto dos quartos quando ela parou.

- Taylor o que você quer? Fala logo!

- Vamos para um lugar mais reservado... A música tá alta aqui....

Eu disse isso e fui até o quarto de hóspedes e ela me seguiu.

Entramos e eu fechei a porta. Ficamos em silêncio porque aquele quarto trazia muitas lembranças...

- Taylor fala!

- Jenny eu não aguento mais ok? Não aguento mais ficar longe de você! Eu não suporto ver você com esse cara! 

- E você acha que eu suporto ver você com a Marie? Em todas as capas de revista e sites como sua mais nova namorada!? Você é muito egoísta Lautner... Muito!

- Você está namorando ele?

- O que te interessa?

- Você está?

- Não! Não quero namorar ninguém!

- Então fica comigo! Você sabe que eu não sinto nada pela Marie! Sabe que é tudo falso!!

- Não é falso da parte dela... Eu vi como ela te olhou hoje... 

- Não é o mesmo para mim...

- Taylor, escuta... O que eu sinto por você é grande... É diferente de tudo o que já senti, mas é o suficiente para arruinar a sua carreira! Nela não tem espaço para mim!

- Tem sim!

- Não tem!!!

Nesse momento eu cheguei muito perto dela a ponto de sentir sua respiração.

- Na minha vida sempre vai ter espaço para você... Porque a minha vida sem você é vazia... 

- Taylor....

- Jenny, diga que você não tem vontade de me beijar ou de me abraçar ou que não sente nada por mim e eu nunca mais toco nesse assunto... Eu deixo você em paz...

- Jogo baixo Lautner...

- Você me chamou de Lautner... Isso é jogo baixo...

Foi então que eu a beijei. Foi o melhor beijo que já demos porque foi com saudade, com desejo, com amor... Eu tive certeza naquele momento que ela me amava.

Eu não conseguia parar e ela também não deu nenhum sinal de que pararia. Minhas mãos percorriam todo aquele lindo corpo e os nossos perfumes já se misturavam...

Eu não conseguia mais me controlar e por impulso eu a levei até a cama. Quando eu deitei por cima dela nos olhamos e eu disse:

- Jenny não vou me controlar... Estou morrendo de saudade e para mim, você ainda é minha namorada..

- Não sou sua namorada... Mas não quero que se controle... 

Em desespero eu dei um pulo da cama e corri para trancar a porta.

Voltei para a mesma posição e.... Aconteceu... Eu nem acreditava, na verdade, no que estava acontecendo! Ela era só minha e estávamos com tanta saudade que em alguns minutos minhas mãos percorreram cada parte do corpo dela e chegamos ao ápice em pouco tempo também... Os dois... Juntos...

Ainda ofegantes eu ria porque estava feliz e em êxtase... Mas um grito dela me fez voltar para realidade:

- Ah meu Deus!!!

- O que foi Jenny???

- Zayn!!!
  

Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA