17 fevereiro 2016

Fanfiction: Diário de Uma Paixão - Capítulo 25








Chorei a noite toda. Simplesmente tentando entender o porque Taylor fez isso. 

James não tinha falado nada, então porquê? Podíamos dar um jeito de ficarmos juntos, sei lá, escondidos por um tempo… quem se gosta faz qualquer coisa. Ok, mas essa era a diferença: ele não gosta de mim. Ele disse isso com todas as letras.

Fiquei com o celular na mão por horas, querendo ligar para Rose, mas ao mesmo tempo não estava a fim de conversar. A uma da manhã recebo uma mensagem de Christian:


CHRISTIAN: OI! POR QUE FOI EMBORA CEDO?

Nem respondi. Se eu tivesse transado com ele teria agido como uma prostituta também? Pensei.

O que foi que eu fiz? Todos os caras que eu transei pelo menos teve uma história. Taylor não. o único que eu quis que continuasse não gostou de mim… talvez eu seja péssima na cama. Como Rose disse o “papai e mamãe” deve ter sido horrível para ele. 

Bom, que se dane! Ele que faça bom aproveito daquelas camisinhas com a menininha namoradinha… Só de pensar nele com outra meu estômago revirou. Há muito tempo não me sentia tão triste.

Tomei um banho e coloquei meu pijama. Dormi abraçada com o travesseiro e comecei a chorar. Liguei meu celular, coloquei na Apple Store e comprei a música Stay With Me do Sam Smith que tocava na hora que ele falou comigo. Que erro! Ficar repassando a música só para sofrer! Mas no fundo era o que eu queria falar para ele "Stay with me".

Dormi de tanto chorar.





***



Mal consegui abrir o olho no outro dia. Estavam grudados com as lágrimas de uma noite toda. Acordei às onze e lembrei de Rose. Queria desabafar.

-O que? – ela gritou.

-É isso mesmo que você ouviu.

- Eu vou ai, não se mexa.

Eu sorri finalmente. Afinal, para onde eu iria? Rose chegou em 20 minutos.

- Amiga, foi muita emoção em uma noite só - ela disse.

- Pois é.

- Mas sabe que eu não consigo engolir essa história! Se o Taylor disse que tinha gostado de ficar com você, se te mandava mensagem toda hora, fez o que fez e do nada, de repente, não gosta mais e está com outra?

- Ele é bipolar!

- Isso não é ser bipolar, isso é ser ameaçado!

-Ameaçado?

-É, por James! Tá na cara.

- Imagina, James não faria isso.

- Claro que faria, te chamou até de garota de programa.

- Eu também achei estranho, mas perguntei ao Taylor e ele disse que não.

- Claro, ia admitir que foi chantageado? Óbvio que não.

- Mas e ai? Depois de ele ter falado que não gosta de mim, que está com outra, tenho que voltar nessa história?

- Não acha estranho ele dizer isso e depois ir atrás de você na festa? Dizer que não tinha se arrependido? Se não gosta de você, deixava quieto.

- É, eu não tinha pensado nisso. Mas não tem importância, a fila andou.

- Vai deixar que as pessoas decidam sua vida? Você gosta dele, está apaixonada e vai deixar passar?

- Rose, o problema não é o James. Taylor não está apaixonado por mim.

- Eu duvido.

- Eu tenho certeza que não.

Rose ficou o dia todo comigo. Era a única pessoa com quem podia desabafar.



*** Rose POV ***



Eu não tinha engolido essa história! Enquanto Carol foi ao banheiro, entrei em seus contatos e peguei o telefone de Taylor e Tarik. Bom, eu ia precisar.

Saindo de lá, fui para casa colocar meu plano em ação. Eu precisava saber se era culpa de James ou se Taylor era um verdadeiro idiota.

- Alô? – eu disse.

- Alô?

- Taylor?

- Sim! Quem é?

- É Rose, amiga da Carol.

- Rose? Ah, oi.
- Pode falar?

- Sim, posso.

- Eu preciso falar com você, mas pessoalmente. Quando pode?

- O que aconteceu? Como conseguiu meu celular?

- Nada, quero falar e é urgente! E eu peguei seu número escondido.

- Rose, desculpe, mas não quero falar sobre isso.

- Bom, então minha teoria estava certa, você é um idiota!

O que?

- Nada, tchau.

É. ele não ia falar! Fui para o plano B:

- Alô?

- Tarik?

- Sim, sou eu, quem é?

- Sou Rose, amiga da Caroline. Você não me conhece, mas eu conheço o Taylor e peguei seu número escondido também.

- Ah, oi… ?

- Preciso falar com em particular.

- Sobre?

- Sobre os dois.

- Olha Rose, eu adoraria, mas não posso.

- Por quê?

- Porque Taylor é meu amigo, mas também é meu cliente! Não posso falar da vida pessoal dele.

- Tarik, sabemos o que rolou, ok? E se você gosta mesmo do seu amigo poderia me ajudar. A Carol está arrasada, James foi muito duro com ela ontem. Preciso saber se Taylor foi tão idiota assim ou se foi só o James.

- Humm…. Não sei…

- Me ajuda. Ele gosta dela, não gosta?

- Não sei te dizer - Gargalhei desdenhosa.

- Claro que sabe. Gosta ou não gosta?

Tarik ficou em silêncio.

- Okay, Tarik, obrigada por nada. Agora mesmo vou dizer a Carol para esquecer de vez o moleque do seu amigo, porque ele não merece uma lágrima. Ele mostrou interesse só para transar com ela, que ótimo, parabéns. Ótimo cliente você tem.

-Taylor não é assim.

-Ah não? Ok, normal para os homens este tipo de comportamento, mas fique tranquilo, nunca mais seu amigo vai ouvir falar da Carol. Tchau.

E desliguei! P. da vida!





*** Taylor POV ***




- Alô? Taylor?

- Fala cara.

- O que está fazendo?

- Nada.

-Está com a Kate?

- Claro que não. Por quê?

- Quero ir até ai.

- Então vem.


Em 15 minutos Tarik batia na porta do meu quarto.


- Wow, chegou rápido – eu disse.

- Preciso te falar uma coisa.

- Nossa, o que foi?

- Rose, conhece?

- A amiga da Carol?

- Sim.

- O que tem?

- Ela me ligou.

Tarik me contou a conversa. Fiquei pensativo. Ela estava triste por minha causa, mas eu não podia fazer nada!

- Taylor, minha pergunta é: você quer ficar com ela ou não?

- Tarik, deixa para lá.

- Mais uma vez: quer ficar com ela ou não?

Sorri de nervoso.

- Você gosta dela?

Não respondi.

- Rose me disse que você nunca mais vai ouvir falar dela. E ela falava sério.

Continuei em silêncio.

- Bom, então tá, deixa tudo do jeito que está.

- Espera ai! – eu disse.

- O quê?

- Eu gosto dela.

- Mas quer ficar com ela?

- Claro que quero, mas não posso. Você sabe de toda a história, eu não quero me sentir culpado se a carreira dela não der certo.

- Podemos dar um jeito.

- Não vamos dar nenhum jeito, deixa assim.

- E você vai ficar ai com essa cara?

- Vou.

- Deixa comigo – Tarik disse e saiu do quarto e eu corri atrás dele.

- Tarik, não vai fazer nada, hein! – gritei.



*** Rose POV ***





- Alô? Rose?

- Quem é?

- Tarik.

- Oi…

- E ai? Ainda quer saber a verdade?

- Claro!

- Então senta, porque a história é longa!

2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA