07 fevereiro 2016

Fanfiction: Every Detail - Capítulo 34





[...] Jantamos em comemoração maior, sempre paparicada...
                                       ...
"Ontem pela tarde, Lua Miller, Taylor Lautner, a família e amigos foram vistos, em compras... - mostrou fotos de nós entrando e saindo de lojas - mas... O que chamou atenção do público foi, Lua e suas amigas, visitando uma loja infantil, é minha gente, uma loja de 'bebês' . Será que a nossa queridinha está carregando um mini Taylor ai?"

Estava sentada na cama, vendo as reportagens do dia, acordei de um pesadelo, e não consegui mais dormir, Taylor ainda estava dormindo, estava sem camisa, deitado de bruços. E eu voando pelos meus pensamentos.


- Está há quanto tempo acordada? - perguntou Taylor, nem percebi que ele tinha acordado.

- Não sei... - falei meio distante.

- Amor o que foi? - falou ele se sentando e me puxando para perto dele.

- Não foi nada demais - falei e o beijei.

- Te conheço Lua, agora me fala vai! - falou ele segurando meu rosto com suas mãos, e me fazendo olhar nos seus olhos, me beijando outra vez.

- É que eu tive um pesadelo!  - falei agoniada.

- Quer contar? – perguntou ele.

- ... sonhei com ela de novo - falei segurando o choro.

- Foi o mesmo de antes? - ele perguntou isso, pois estava tendo pesadelos direto, e todos iguais.

- Esse foi um pouco diferente... - falei e ele me olhou esperando a explicação.



2 meses depois*




- Cheguei... - falou Makena entrando correndo pela porta.

- Oooi... - falei e fui falar com ela, Makena vai ficar alguns dias, hoje foi por causa de uma festa de uma amiga que mora aqui, e os outros, por diversão.

- Está crescendo - falou e alisou minha barriga.

 - Tenho que tirar até a foto - falei e rimos, tive a ideia de tirar a foto da barriga crescendo a cada mês.

- Oi amor - falou e me beijou, sorriu, e depois se abaixou - Oi meu bebê! - falou e deu um beijo na barriga.

- Makena... já tem roupa para usar hoje à noite? - falei para ela.

- Tenho sim, só quero sua opinião - fiz um "sim" com a cabeça.

- Que tal a gente da uma passada no shopping? - falei para eles que logo assentiram - estou com vontade de comer morango coberto - falei e eles riram.

  Fomos nos arrumar, era umas duas da tarde, a festa de Makena era nove horas, então tínhamos tempo de sobra. Estava tomando meu banho quando senti suas mãos na minha barriga, abri os olhos e estampei um sorriso largo na cara.

- Sabia que você está linda com essa barriguinha? - falou ele.

- Só quero ver, quando eu estiver gorda, cheia de estrias, com a barriga grandona, com o rosto inchado - falei fazendo gestos com a mão.

- Vai continuar linda... - falou e me deu um beijo no rosto.

  Nos arrumamos então, e saímos. Makena estava uma graça com um vestido solto florido, sapatilha branca, bolsa de lado, maquiagem simples, cabelo preso em um rabo de cavalo, e um par de brincos na orelha.

- Vamos? - falou Taylor.

- Vamos - falamos juntas.

   Fomos o caminho todo conversando, falávamos na imprensa que  perturbava cada vez mais. Quando chegamos no shopping, logo compramos meus morangos cobertos, estavam maravilhosos. Makena e Taylor disseram que iriam ver algo em uma loja rápido e logo voltavam, eu fiquei em uma loja de bebês, vendo algumas coisas, foi ai que senti uma sensação de déjà vu. Olhei para trás, e tomei um susto, ela estava lá, parada me olhando, desviei logo seu olhar, comecei a me apavorar, mas me controlei. Olhei de novo e ela não estava mais lá, e quando eu olhei para a esquerda ela estava no vidro da loja, me olhando como se quisesse me matar, peguei minhas coisas e sai dali, tentei ligar para Taylor mas nada, andei... andei... andei. Olhei para trás e nada, ela não estava lá. Decidi procurá-los na loja.

- Oi com licença, você sabe me dizer se Taylor Lautner e sua irmã passaram por aqui? - falei com a atendente, eu sabia a loja, só que eles não queriam que eu visse, queriam fazer uma surpresa para mim.

 - Eles acabaram de sair, ouvi eles comentarem alguma coisa sobre garagem - falou ela, que agradeci, mas antes de eu ir embora pediu uma foto e um autografo. E foi isso que eu fiz... Então fui para a garagem que ficava em uma área aberta. Mas quando cheguei lá, não encontrei nenhum dos dois, continuei andando até sentir alguém vindo por trás, olhei e nada, ouvi o pneu cantando, e quando eu olhei para trás, recebi um baque, e cai pra longe, e a única imagem que eu tenho é dela chutando minha barriga... e foi aí que meu pesadelo se tornou-se realidade.


Continua...




2 comentários:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA