21 fevereiro 2016

Fanfiction: Every Detail - Capítulo 36






[...] e depois de um tempo parou, foi quando eu abri os olhos e vi ele...
...
  Acordei com a cabeça doendo demais, abri meus olhos devagar e vi ele sentado no sofá. Quando percebeu que eu estava acordada veio até mim, me deu um selinho e deu um sorriso sem jeito, de canto.

- Você é maluca né? - falou ele.


- Diz para mim que ela foi presa... - falei tendo esperança.

- Não foi! - olhei incrédula, como assim não foi presa.

- Como assim ela não foi presa? Eu... - me interrompeu

- Ela morreu... - quando ele falou isso, uma paz subiu que você nem tem ideia.

- Como assim morta? - perguntei curiosa.

- A polícia estava cercando o hospital, ela tentou fugir de mim e deixei, mas sabendo que ela ia se ferrar do mesmo jeito. Ela percebeu que estava cercada quando chegou na recepção, ai ela foi para o banheiro, e conseguiu sair pela janela, ela correu mas foi pega, e a gente nem sabia que ela estava com uma arma na mão... - interrompi

- Arma? Ela estava com uma faca, que foi aqui... - olhei para o lugar que levei a facada, e deu ponto, ele pegou minha mão e abaixou o vestido do hospital para eu não ficar vendo.

- Então, ela me deixou de refém! - fiz um "What?" silencioso - Só que quem perdeu foi ela, recebeu uma bala na cabeça, bem no meio - falou ele, e tudo que ele contava tentava imaginar.

- Então quer dizer que... Estamos livres dela? - falei sorrindo de leve.

- Estamos livres! Agora sim vamos viver em paz... - falou ele e me deu um selinho, então ficamos um pouco em silêncio.

- Cadê o pessoal? – perguntei.

- Jorgie, Deborah e Sophia estão voltando de Milão, meus pais e minha irmã estão lá em casa, eles foram para casa pois sabiam que você não iria acordar cedo... - interrompi ele.

- Dormi muito? – perguntei.

- Dormiu por um dia e algumas horas, você perdeu um pouco de sangue.

- Continua... e Bia, Demi e Paul?

- Estão na casa deles, eles estavam quase deixando o hospital em rios... - falou e eu ri de leve.

- E você não? - falei brincando.

- Você não tem ideia como eu estava preocupado, orgulhoso naquela hora, preocupado pelo seu estado, e orgulhoso por bater naquela vagabunda. Mas você não deveria, como é que ela entrou aqui? - contei tudo para ele. Quando eu terminei, o médico entrou.

- Boa tarde! - falou o Médico.

- Boa! - falou Taylor e eu.

- Como está se sentindo Srt. Miller? – perguntou.

- Bem... só algumas dores - falei normalmente.

- Vou passar alguns medicamentos para dor, e cicatrização rápida das feridas.

- Ok! - falei, logo ele fez alguns exames em mim, deu o papel dos remédios para Taylor.

- Agora a senhorita está de alta. O senhor pode vir para assinar alguns papéis... - falou ele para o Taylor.

- Ok! Amor, tem uma peça de roupa sua dentro da bolsa ai, vou lá e volto rápido.

- Ok! – falei, ele me deu um beijo e foi, me levantei tomei um banho rápido e coloquei a roupa, depois de vinte minutos estava pronta, e quando sai, Taylor estava sentado na poltrona mexendo no celular, fui devagar até ele e sentei em seu colo.

- As fãs estão felizes por você está bem!

- Você contou que perdemos nosso bebê? -falei segurando as lágrimas.

- Não! Deixei para você. - falou ele, uma lágrima saiu e ele limpou - vamos para casa? – assenti.




[...]




- Ela chegou... - essa foi a Bia gritando, ouvi ainda no elevador.

Quando entrei, todos estavam lá, meus sogros, minha cunhada, meus amigos, quando me viram, vieram me abraçar. Depois disso ficamos  conversando, e foi assim, que tudo terminou, na verdade quase... faltam algumas coisas...


Continua...

Um comentário:

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA