08 novembro 2016

Fanfiction: Believe - Capítulo 32





Eu e Zayn ficamos a noite toda juntos. Por esse motivo eu achei que Taylor iria embora rapidinho, mas não. Ele ficava lá me seguindo com os olhos querendo fuzilar o Zayn.

- Jenny, vou no bar e já volto, ok? - disse Zayn.
- Ok. Eu vou lá dentro pegar meu celular.


         Fui até o escritório na parte de baixo da casa onde Danny tinha guardado meu celular, e quando entrei sabia que não estava sozinha.

- Podemos falar agora?

         Ouvi aquela voz conhecida e amada pelos meus ouvidos. Virei e ficamos de frente. Foi então que vi o quanto ele estava lindo, seu perfume vinha até mim como uma bala atravessando meu coração.

- Fala, Taylor.
- Eu sei que sabe o que aconteceu comigo e com a Marie...
- Por favor, me poupe dos detalhes.
- Eu fiz a maior besteira da minha vida, mas não estávamos mais namorando e você disse que...
- É, você não me deve explicações mesmo.
- Eu só queria lhe dizer que depois da burrada que eu fiz, percebi que é com você que quero ficar, Jenny. Eu prometo que quando o contrato terminar eu quero namorar você direito e...
- Eu não sei se percebeu, mas já estou acompanhada – Estava sempre o interrompendo.
- Eu percebi.
- E?
- E eu já disse que não vou desistir.
- Faça como quiser, Taylor.

Peguei meu celular e enquanto eu lia as mensagens percebi que ele se aproximava. Ah não...
         Senti sua mão em meus ombros descendo pelos meus braços. Eu me arrepiava e tremia. A minha vontade era de me virar e beija-lo, além de outras coisas. Entretanto eu não podia. Eu estava com Zayn, e gostava de estar com ele.

- Jenny... Eu posso me despedir, então?

      Quando ele disse isso eu me virei. 

- Já vai? - foi o que consegui dizer.
- Sim, vou deixar seu presente com a Danny.
- Não precisava.
- Então, posso me despedir?
- Claro... Tchau! - Dei um beijo em seu rosto e saí, mas ele era mais forte e me puxou.

- Não é assim que quero me despedir.

Eu não disse nada. O que iria dizer?
Ele encostou aqueles lábios macios nos meus, e foi se encaixando junto ao meu corpo. Eu decidi ficar com as mãos paradas porque se eu as colocasse em seu pescoço, tudo estaria perdido. A única coisa que se movimentava era a minha boca. Eu sentia vontade e remorso. Eu estava beijando Zayn a festa inteira, mas o homem que amo me pedia um beijo apenas... De despedida.

           Era para ser apenas um beijo labial, mas a língua dele estava inquieta e a minha também. Ele me apertava na cintura e me apertava para junto do corpo dele. 

           Depois de uns minutos ele parou de me beijar e eu continuei com os olhos fechados. Eu realmente não queria parar.

- Jenny, fica comigo essa noite... Por favor... Fica comigo amanhã e depois, e depois!

Eu abri os olhos já marejados.

- Não posso fazer isso com o Zayn.

Ele me olhava esperando um milagre.

- Desculpe Taylor. Quem sabe um dia, não hoje, nem amanhã. E se vamos um dia ficar juntos, só depende de você. Agora, por favor, vai embora!

- Eu vou. 

    Ele foi saindo até a porta e se virou novamente:

- Jenny... Eu amo você!

Não tive tempo de responder e ele já tinha ido. Então eu respondi para o vento:

- Eu também amo você.

       Respirei fundo e saí daquele escritório.

- Jenny - Zayn gritou.
- Demorou - Ele disse.
- E ai? Bebeu muito? - eu mudei de assunto.
- Não, fiquei conversando com umas pessoas que conheço.

      A festa se arrastou até quatro da manhã. Todos tinham ido embora, menos Zayn. Ficamos na sala sozinhos, entre beijos e amasso, as coisas foram esquentando.

- Jenny, acho melhor ir para o hotel.
- Quero que fique.
- Sério?
- Sim. Eu vou dormir aqui, amanhã volto para casa. Fica...

      Zayn me olhava como quem decide um caso de vida ou morte. Ele tinha dúvidas e eu também, mas segui em frente com a minha.

- Eu fico - Ele disse todo tímido.
- Vem, eu vou mostrar seu quarto.

Mostrar o quarto? Quem eu queria enganar, hein? Subimos as escadas em silêncio e entramos no quarto que eu ficaria. Na hora ele entendeu... Quem não entenderia?
Ficamos conversando mais um tempo, mas a gente sabia que isso não ia durar muito tempo. Eu só pensava rápido e decidia se era isso mesmo que eu ia fazer. Meu Deus, eu amava outro homem. Havia acabado de me despedir dele com um beijo maravilhoso, era com ele com quem eu queria estar! Mas não era ele quem estava ali, disposto a me amar...
Quando eu raciocinei de novo já estava sem meu vestido branco. Estava só com minha lingerie branca, que sumiu logo depois. Os nossos beijos cada vez mais intensos e eu já não aguentava mais... Nem ele...

- Jenny, espera aí...
- O que foi?
- Olha onde estamos, e o que estamos prestes a fazer... Tem certeza que quer continuar? Porque eu não quero que isso atrapalhe.
- Eu acho que se acontecer algo, depois a nossa amizade supera. Você não acha?
- Acho.
- Então continua... Me beija!

Eu estava cega de desejo pelo desconhecido. Zayn seria meu terceiro homem, e mais um pouco eu me sentiria mal.

Danny dizia que eu era muito puritana para uma cantora famosa. Eu me lembrei disso e segui com os meus desejos.
- Onde tem camisinha? - Ele perguntou.
- Na minha bolsinha roxa… Aquela alí... - eu apontei.

         Danny tinha colocado três camisinhas na minha bolsinha porque disse que tinha certeza que eu usaria no dia do meu aniversario. E não é que ela tinha razão?

         Zayn era muito diferente de Taylor nesse aspecto, totalmente diferente. Ele era mais meninão, mas sabia o que estava fazendo. Usamos as três camisinhas! Mas com certeza gozei mais que isso.

        Quando terminamos, eu estava exausta, e então dormimos. Acho que dormi logo, para não sentir o próximo passo pela manhã: desejo ou arrependimento?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA