24 janeiro 2017

Fanfiction: Believe - Capítulo 42




O Domingo chegou e eu acordei antes de Taylor. Troquei de roupa e fui tomar um ar fresco no jardim. Estava calor em L.A.
Fiquei pensando porque Taylor tinha ficado daquele jeito. Ciúmes do meu primo, claro, mas o que me incomodava mesmo era a questão de casamento. Há alguns dias ele dizia que eu ia ser a Sra. Lautner e depois fez aquela cara? Estranho...


- Por que não me acordou? - ele chegou ao jardim, interrompendo meus pensamentos.
- Você estava dormindo tão gostoso que não quis acordar.
- Jenny, desculpe por ontem.
- Tudo bem... Mesmo...

Ele me beijou da forma mais doce.

- Hoje o Tarik vem aqui para fazermos uma reunião rápida. Tudo bem?
- Claro, sem problemas.

Tarik veio com Danny, claro. Ficamos conversando enquanto os dois demoravam no escritório.
O dia em L.A estava lindo e eu e Danny decidimos tomar sol. 

- Jenny, eu vou falar com a Maria sobre o almoço. Não quer se trocar enquanto isso?
- Ok, chefe.

Enquanto caminhava até o meu quarto pelo corredor imenso, eu ouvi a voz alta de Taylor vindo do escritório e me chamou a atenção.

- Tarik, eu não penso em me casar, ok? Para de me encher.
- Tá! Mas você acha que vai ficar namorando quanto tempo? Afinal vocês estão juntos a quase um ano. Você tem noção que a Jenny é a única namorada que você teve de quase um ano – riu.
- Eu sei dos meus relacionamentos, tá. Eu só acho que eu tenho que aproveitar mais.
- Aproveitar? Você por acaso pensa em ter outras namoradas?
- Claro que não, seu idiota. Aproveitar a Jenny! Como namorada.
- Taylor, você a ama?
- Claro.
- Ama para casar ou para namorar?
- Para namorar... 

Eu não quis mais ouvir. Saí correndo para o meu quarto, fechei a porta e fiquei paralisada com o que ouvi. Não pelo casamento, porque somos mesmo jovens e estamos a pouco tempo juntos, mas por ele ter dito que me ama para namorar. Porque se qualquer pessoa me perguntasse se eu o amo para casar, eu diria que sim. Eu penso sim em ser a Sra. Lautner. Em ter filhos com ele, coisa que nunca pensei, nem com o meu primeiro namorado que foi uma paixão intensa. Talvez esses meus pensamentos matrimoniais estejam mais aflorados por acompanhar os preparativos para o casamento da Danny.

Eu fui até meu closet, peguei meu biquíni e me troquei. Não chorei. Estava apenas triste. Se fosse a um tempo atrás, eu terminaria hoje mesmo o namoro. Poxa! Eu sou mais velha que ele, vou fazer 30 anos bem antes dele. Vou ficar solteira até lá? 

Tudo se passava pela minha cabeça. Saí do quarto e os dois ainda estavam no escritório e Danny ainda conversava com a Maria.
Passei protetor solar, peguei minha toalha e estiquei. Eu não escutava mais nada, só os meus pensamentos. Estiquei a toalha na cadeira e deitei de costas. Queria sumir dali.
Dez minutos depois sinto mãos quentes em meus ombros. Demorei para desvirar, porque encarar Taylor seria difícil, mas como eu sabia disfarçar bem, suspirei e virei de frente.

- Kevin!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA