14 março 2017

Fanfiction: Diário de Uma Paixão - Capítulo 49







*** Carol POV ***




Algumas horas depois eu cheguei ao aeroporto JFK em New York. Meus pais moravam em New Jersey, mas era só atravessar Manhattan e chegar ao bairro deles.

Minha mãe estava lá me esperando e senti uma vontade enorme de chorar quando ela me abraçou, mas claro que eu me segurei.

-O que deu em vc para nos visitar assim de uma hora para outra? – perguntou minha mãe enquanto dirigía
-Estava com saudade… - respondi
-Também estamos com saudade… e preocupados… - ela disse
-Preocupados? – perguntei
-Sim, James nos contou sobre os boatos na internet sobre o seu namoro, essas coisas…
-Mãe, podemos não falar sobre isso?
-Tudo bem, mas e ele? E o seu namorado?
-O que é que tem?
-Ele não veio porque?
-Ele é muito ocupado, tem o trabalho dele, não dá para sair assim…
-Ah… e os pais dele? Já conheceu?

Engoli seco e lembrei da última vez que ouvi os pais de Taylor falarem…

-Já conheci… na festa de aniversario dele…
-Ah foi aniversario dele?
-Sim…
-Quantos anos?
-23…
-Ele é mais novo então…

Revirei os olhos.

-Não vou falar nada tá…. – falou
-Ótimo… - respondi. – E o papai?
-Está trabalhando, mas a noite estará em casa para jantarmos… ele está ansioso para vê-la!
-E Christian? Deu noticias? Nunca mais falei com ele… - perguntei
-Seu irmão está bem, namorando firme e forte e disse que ia visitar você em breve em LA…
-Ah… tudo bem…

Chegamos em casa e passamos o dia todo conversando. Ajudei minha mãe a fazer o jantar. Para minha surpresa meu irmão Christian estaria no jantar. Como ele mora em Manhattan dava para se deslocar até New Jersey tranquilamente.

Estávamos colocando a mesa do jantar quando meu pai abriu a porta:

-Filha! – ele disse empolgado
-Pai! – corri para abraça-lo
-Que saudade, minha princesa – ele disse
-Ai pai… tanto tempo que você não me chama assim.
-Por isso mesmo, quero chamar - sorri.
-Tudo bem? – perguntei
-Sim, cansado, mas tudo bem… e você?
-Tudo bem também.
-Não me diga que trouxe o famoso para conhecermos?
-Não, ele não veio. E o nome dele é Taylor.
-Ok, ok, Taylor… bom, vamos jantar? Onde está Christian? – perguntou
-Já está a caminho - respondeu minha mãe

Em dez minutos Christian chegou.

-Não acredito – ele disse me abraçando forte
-Que saudade! – gritei.
-Wow, você está a cada dia mais linda – ele disse me deixando vermelha
-E a sua namorada?
-Não veio… mas e ai? E o seu namorado super famoso?
-Não veio.
-Como é namorar uma celebridade?
-Normal, mas chato, as vezes.
-Chato? – perguntou meu pai
-Nunca podemos sair em público, ele sempre está de boné e a mídia nos persegue muito – respondi com tom de desânimo.
-Filha, vamos conversar sobre isso depois do jantar, ok? – disse meu pai
-É mesmo necessário? – perguntei
-Sim - respondeu

Jantamos, contamos as novidades e comemos uma deliciosa sobremesa. Antes de ter a conversa com meu pai olhei meu celular e lembrei que não liguei para Taylor… claro que havia milhões de mensagens dele:



TAYLOR: CHEGOU BEM? ME LIGA!
TAYLOR: OI, ME LIGA!
TAYLOR: ESTOU PREOCUPADO!
TAYLOR: ME LIGA!!!




Sorri e meu coração apertou de saudade. Fui até o meu quarto para ligar para ele. O meu quarto na casa dos meus pais estava intacto e uma ponta de nostalgia surgiu.

-Alô? Oi.
-Oi Tay, desculpe não ter te ligado, me empolguei falando com a minha mãe.
-Tudo bem, mas estava preocupado já.
-Tudo bem? – perguntei
-Sim e você?
-Tudo bem.
-Já matou a saudade? Agora pode voltar – ele riu
-Ainda não, sexta estou ai - disse rindo também
-Espero ansiosamente por sexta.
-Bom, então boa noite. Preciso desligar - eu disse
-Ok, boa noite… e… não esquece que eu amo você.

Meu coração ia parar.

-Eu também amo você – respondi

Quando desliguei, minha mãe estava na porta do quarto encostada.

-Ai mãe que susto
-Não quis te assustar, estava falando com ele?
-Sim… ele estava preocupado que eu não liguei.
-Estão apaixonados, então.
-Estamos - respondi e meus olhos encheram d’água
-Estou sentindo você triste
-Estou com medo, namorar alguém famoso é complicado.
-Estou percebendo… o que sai sobre você na mídia, as fotos, é muita exposição.
-Na verdade, com o meu trabalho de modelo, isso já ia acontecer, né mãe.
-Mas não com essa intensidade, filha… esse menino é bem famoso e tem fãs, bom, foi o que descobri sobre ele.
-Ah, então pesquisou sobre ele?
-Sim… ele é muito bonito!
-Ele é lindo! – eu disse rindo.
-Bom, seu pai quer falar com você.
-Xi… hora de enfrentar a fera.
-Ele está calmo, está feliz em ver você, mas está preocupado. Vamos lá falar com ele.

***

Meu pai estava na sala com Christian.

-Chegamos! – eu disse sentando no sofá
-Bom, vou deixar que fiquem a vontade - disse meu irmão se levantando
-Não Chris, fica – eu disse e ele sentou de novo
-Pai… o que quer conversar?
-Bom, estamos preocupados com o seu namoro. Sei que gosta dele, James me conta algumas coisas, mas é muita exposição.
-Eu sei, pai, mas eu também estou começando a ficar famosa por causa do meu trabalho e… - meu pai me interrompeu
-Mas está mais famosa agora porque namora ele.
-Eu sei - disse desanimada.
-Vimos as fotos, as noticias… disseram que você está com ele por interesse – meu pai disse alterado.
-Pai, o que Taylor me disse é que as pessoas são cruéis, principalmente quando somos famosos. Ele está acostumado.
-Mas nós não - disse ele sério.

Christian e minha mãe só observavam a conversa.

-Pai, eu sei de tudo isso, ok? É muito chato para mim também. Entretanto eu o amo.
-E ele ama você? – pergunto.
-Ele foi o primeiro a dizer isso - respondi

Meu pai me olhava tentando entender toda a situação.

-Pai, por esses motivos, de acharem que eu sou interesseira, tomei uma decisão - eu disse
-Que decisão? – perguntou
-Se você concordar e puder financiar, quero fazer um curso em Paris - falei
-Curso em Paris? De quê?
-Fotografia, são 6 meses.
-E o que isso tem a ver com o seu namoro? – perguntou
-Quero dar um tempo e sair dos holofotes, quero provar que eu não estou com ele por interesse.
-Mas e a sua carreira de modelo? – disse minha mãe
-Vou parar por enquanto.
-Parar? Você sempre quis isso, Caroline! Vai parar por causa de um namoro? – meu pai se alterou de novo.
-Pai, minha imagem já está assim. Já estou como “a interesseira do pedaço”, preciso mudar isso. Qualquer trabalho que eu tiver agora será só porque namoro com Taylor Lautner e não porque tenho talento.
-E só indo para Paris você vai mudar isso? Tem que terminar com esse menino e seguir a sua vida, só assim vão te deixar em paz - disse meu pai

Eu suspirei com os olhos marejados e disse:

-É exatamente isso que vou fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA