Capítulos Recentes:


.








.
.





.





.

Fanfiction: Diário de Uma Paixão - Capítulo 57






*** Carol POV ***



Eu não conseguia parar de chorar! Taylor ria ao meu lado e falava com as pessoas, enquanto eu nem conseguia raciocinar… só consegui ver meus pais se aproximando para me dar os parabéns.

-Feliz aniversário – dizia minha mãe me abraçando.
-Obrigada, mãe - respondi soluçando.
-Querida! – disse meu pai e abraça-lo foi muito mais emocionante.
-Eu não disse que valeria a pena lutar? – ele disse e eu chorei ainda mais
-Obrigada, pai.
-Irmã, parabéns – dizia Christian me rodopiando.
-Chris, você já conheceu Taylor? – consegui me recuperar para lembra-lo disso
-Onde você acha que ele estava o dia todo? Ele já conheceu a família toda - respondeu
-Jessie!!! – gritei cumprimentando minha cunhada que também me deu os parabéns.



Falei com todos, mas um casal em especial se aproximava de mim fazendo com que eu ficasse realmente nervosa… Daniel e Deborah…

-Caroline, parabéns! – Deborah me abraçava apertado como se pedisse desculpas por tudo e eu fechei os olhos tentando contemplar o momento

Nos separamos sorrindo e ela disse baixinho:

- Desculpe por tudo.

Eu comecei a chorar de novo e então Daniel se aproximou para me abraçar.

-Parabéns Carol! Você merece muitas coisas boas e desculp. – disse Daniel com um abraço forte e rápido, mas o suficiente para que eu não parasse com o chororô.

Taylor se aproximou de mim, limpando minhas lágrimas. Rose foi muito esperta me maquiando com produtos a prova d’água.

-Não precisa chorar, todo mundo que ama você, está aqui - ele disse rindo.
-Você me paga! Você me enganou direitinho e como organizou tudo isso? – eu estava mais que curiosa
-Conto para você mais tarde – respondeu.

A casa de Tarik estava super bem decorada, com balões, comidas, bebidas, tudo o que uma festa de aniversario tinha direito. Eu olhava tudo ainda sem acreditar e ficava cada vez mais perplexa quando vi meus pais conversando com os pais de Taylor.

-Hey – Taylor disse alto pulando na minha frente
-Ai, que susto!
-Pensando em quê?
-Em como você conseguiu fazer tudo isso e trazer meus pais para cá. E meu irmão.
-Já disse que conto para você depois. A única coisa que não é mentira é o hotel - ele disse rindo
-Nós iremos para um hotel mesmo?
-Claro! Seus pais, seu irmão e a namorada vão dormir na sua casa e eu não quero ficar longe de você essa noite - respondeu e eu me arrepiei

Aproveitei para pular em seus braços e beija-lo, mas logo fomos interrompidos;

-Desculpa casal, mas queremos tirar uma foto com a aniversariante – disse Rose
-Hey, você também me deve explicações! Você e Tarik – falei
-Eu? Só fiz o que me mandaram – Tarik respondeu rindo
-Nossa. Até chamamos você de desorganizado por causa dos papeis - confessei
-Eu sei, Taylor é um ótimo ator, né? – falou e todos riram
-Nossa! Deveria ganhar o Oscar. Nunca imaginei nada disso – falei

A festa estava ótima e trocar olhares com Taylor era a melhor parte. Ele sorria cada vez que nos olhávamos e eu me apaixonava mais a cada sorriso. Ele tinha feito tudo aquilo por mim. Organizou, falou com as pessoas, convenceu meus pais a virem para L.A, coisa que não acontece tão facilmente e, principalmente, seus pais pareciam me aceitar.

-Ele é muito mais bonito pessoalmente - disse minha mãe se aproximando.
-Ele é lindo mesmo, por dentro e por fora.
-E os pais dele são muito, muito legais. Durante o dia conversamos e eles nos explicaram tudo e em como foram injustos contigo.
-Sério? Mãe, preciso saber sobre isso.
-Agora não é hora de falar sobre isso, depois falamos.
-Vocês ficam até quando? – perguntei
-Depois de amanhã já vamos embora, seu pai tem muito trabalho. O único que vai ficar é Christian.
-Ele vai ficar?
-Sim! Ele já vinha visitar você e está aproveitando a oportunidade, mas ele só fica cinco dias.
-Ah, tudo bem.

Eu estava tão feliz que meu coração parecia que ia explodir. A hora dos parabéns chegou e depois da cantoria e dos infinitos pedaços de bolo, a música começou de verdade.

Lembrei que quando acenderam as luzes da casa e eu me assustei com a surpresa tocou a música “The Best Day of My Life” da banda American Authors. Eu amo essa música e Taylor fez questão de toca-la. As músicas da festa eram as minhas favoritas!

Começou a tocar “Thinking Out Loud” do Ed Sheeran e Taylor me puxou para dançar.

-Vem! – ele dizia me puxando
-Tay, eu não sei dançar música assim! Só danço as mais agitadas! – respondi
-Então você está com a vantagem porque nem as agitadas eu sei dançar - falou rindo
-Ai que vergonha – eu disse colocando meu rosto em seu ombro
-Todo mundo está dançando e aqui só tem família, não precisa ter vergonha - ele disse

Enquanto a música tocava e dançávamos ele passava as mãos nas minhas costas e eu arrepiava com o seu toque. Sentir sua respiração me deixava louca e ele percebeu.

-O que foi?
-Nada, estou com vontade de sair daqui correndo e ficar só com você – respondi e ele riu.
- Prometo que ficaremos a noite toda juntos.
-Não vejo a hora.
-Hey, por que não me disse que era engenheira? – perguntou
-O que? Ah, seus pais – gargalhei - Ah sei lá, eu não exerço a profissão então nem me lembrei de lhe contar.
-Uau, eu namoro uma engenheira. Eu deveria saber disso - falou rindo
-Ah, grande coisa.
-É grande coisa sim. Mais uma primeira vez com você! Minha primeira namorada com o superior completo – Gargalhei alto.
-Jura?
-Claro! Nem eu fiz faculdade, normalmente as pessoas desse ramo não fazem - ele disse
-Imagina, você entrando na sala de aula? Vai ser atacado e a última coisa que vão deixar você fazer é assistir uma aula – ele ri.
-É… isso provavelmente aconteceria.
-Ok, já decidi, não quero você em uma universidade - eu disse rindo
-Ah, você decidiu? Então vou falar para o Tarik procurar um curso para mim com o maior número de mulheres inscritas.
-Ha-ha-ha engraçadinho!

A noite mais deliciosa dos últimos tempos passou voando. Meus pais, meu irmão, Jessie, os pais de Taylor e Makena foram embora. Patrick e Natalie ainda ficaram conversando conosco e Rose e Tarik iam nos deixar no hotel.

-Rose, as coisas do hotel, minha bolsa com as roupas. Esqueci tudo – falei desesperada
-Carol, respira. Já está tudo lá no hotel, querida – Rose respondeu
-Poxa, você é boa mesmo - disse rindo.
-Obrigada e aproveita a sua super noite – ela completou
-Obrigada amiga. Vamos? – eu estava ansiosa
-Vamos Tarik – parece que Taylor também estava
-Suas coisas também estão no hotel? – perguntei
-Sim - ele respondeu e piscou para mim.

Finalmente chegamos ao The Beverly Hills Hotel. Um hotel de luxo da Califórnia, talvez um dos mais luxuosos do mundo. Eu jamais, na vida, sonharia em ficar neste hotel.

-Vamos ficar neste? – perguntei de boca aberta
-Sim, na cobertura - Taylor respondeu com a maior tranquilidade
-Oh meu pai – suspirei.

Entramos por um lado especial, claro. Não queríamos que ninguém tirasse uma foto nossa. Tarik fez o check-in por nós, não precisamos nos preocupar com nada!

Entrando no quarto eu me assustei com o tamanho…

-Tay, é lindo – eu disse enquanto explorava o ambiente
-É bonito mesmo e enorme – respondeu.
-Por mim uma cama já era suficiente - falei rindo.
-Ah, que pena… então vou pedir para tirarem a banheira, o sofá, os tapetes – falou.
-Ah, na verdade, eu não me incomodo - falei tímida
-Vem aqui!

Ele disse e me puxou para o beijo mais esperado do dia. Estávamos sozinhos, em uma suíte que mais parecia um apartamento de luxo, sem nos preocupar com nada ou com ninguém. Ele me beijava com intensidade, mas parou para dizer:

-Espera, tenho mais uma surpresa para você.
-Tay, não. Meu Deus, você é louco?
-Sim, por você - ele disse e saiu para pegar um envelope vermelho.

Estranhei… seria mais uma carta?

-Bom, na verdade, esse presente eu dei a mim mesmo, mas eu quero compartilhar com você, porque você também vai usar muito.
-Nossa, o que é? – perguntei já morrendo de curiosidade
-Abre – ele disse me dando o envelope.

Assim que abri o envelope pequeno, vi um papel… vasculhei para ver se não tinha mais nada, mas era só o papel mesmo. E então, eu li.



LONG ROAD ST. 1400 – BAY TOWER – APT.55A
SANTA MONICA – CALIFORNIA



-Um endereço? – perguntei.

Taylor já estava com duas taças de champanhe na mão e respondeu:

-Sim, é um endereço. Vamos brindar – ele disse me dando uma das taças.
-Brindar? – perguntei
-Eu comprei um apartamento.
-Ah meu Deus!
-E você vai me ajudar porque eu não sei nada sobre ter uma casa só para mim.

Eu sorri e o beijei.






People News

TAYLOR LAUTNER E A NAMORADA CAROLINE CASTRO VISITARAM NESTE FINAL DE SEMANA UM HOSPITAL DE CRIANÇAS. 
CAROLINE CHEGOU ACOMPANHADA DE SEU AGENTE E HORAS DEPOIS LAUTNER TAMBÉM VISITOU O LOCAL. 
OS DOIS SAIRAM JUNTOS E PARECIAM VISIVELMENTE EMOCIONADOS. 

"ESTOU LISONJEADA E EMOCIONADA DE PODER VISITAR ESTAS CRIANÇAS... ELAS PRECISAM DE MUITO AMOR E CARINHO..." DISSE CAROLINE AO SAIR, PASSANDO PELOS MILHARES DE PAPARAZZI QUE ESTAVAM NO LOCAL.

DEPOIS DESSA, LAUTNER E CASTRO SE TORNARAM O CASAL QUERIDINHO DE HOLLYWOOD!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

 
© Taylor Lautner Mania - 2014. Todos os direitos reservados.
Design por: Jéssica Tecnologia do Blogger