20 setembro 2017

Fanfiction: Diário de Uma Paixão - Capítulo 65






*** Tarik POV ***



- Rose, eu vou lá ao quarto do Taylor, para aproveitar e deixar a Carol se trocar a vontade.


- Não fale o nome daquele traste perto de mim.


Fiquei sem graça com a resposta dela. Se tem uma pessoa que odiava traição no mundo esse alguém era Rose. Apesar de ela estar comigo ela ainda não tinha superado a traição do seu ex-marido e eu entendia perfeitamente.


Bati na porta de Taylor e na terceira vez ele abriu. Estava com o rosto inchado de chorar. Eu nunca o vi daquele jeito, nunca! 


- Ela já foi? - ele perguntou sentando na cama
- Ainda não. 
- O que ela está fazendo?
- Tomando banho.
- A que horas ela vai?
- Taylor... Quer um conselho?


Ele me olhou como se não tivesse escolha e eu continuei:


- Vive a sua vida, ok? Já fez a merda, então tem que aguentar. Não pergunte mais sobre ela.


E ele começou a chorar de novo.


- Só me responde uma pergunta com muita, muita sinceridade.
- Fala... - ele disse, limpando as lágrimas.
- O que sente pela tal de Melanie?


Ele suspirou e respondeu:


- Atração física... Só isso.
- Só mesmo?
- Sim.
- Não está gostando dela?
- De jeito nenhum.
- Como pode sentir atração física por ela, namorando alguém como a Carol? Cara isso é loucura. Você já tentou comparar? Olha pra Melanie e olha pra Carol.
- Sim, comparei, mas não consegui resistir.
- Puta merda, cara. Vou ter que fazer uma outra pergunta, apesar de ser muito pessoal e a Carol é minha amiga, mas eu preciso entender porque você fez isso com ela. Bom, e o sexo? Essa tal de Melanie é melhor?
- Não, não é melhor.
- Então você é mais burro do que pensei.
- É, eu sou burro.
- O que vai fazer? Continuar com essa daí?


Não tive resposta. Taylor tem 23 anos e nessa idade, com a fama que ele tem e todas as mulheres que quiser ao seu dispor ficava difícil conversar com ele sobre ficar com alguém pra sempre... 


- Bom, o que eu tenho a dizer é: conforme-se que a perdeu pra sempre. Vá namorar, ficar, transar, só não faça de novo o que fez. Ninguém merece isso. 
- Obrigado, Tarik.
- Outra coisa, Rose é a irmã que a Carol não teve, então não vou sair mais com você com a frequência de antes.
- Imaginei...


Ficamos em silêncio. 


- Acha que ela vai ficar bem? Que vai superar? - ele perguntou.
- Acho não... Tenho certeza.
- Acha que ela vai encontrar alguém rápido?
- Tenho certeza absoluta disso. Pelo visto você olhava pra ela, mas não a via de verdade. Qualquer homem do mundo entraria na fila, aliás já deve ter fila.


Ficamos em silencio de novo. 


- Taylor, você vai continuar com essa Melanie? Quero muito saber.
- Não! E é isso que vou fazer agora. Terminar o que nem comecei.


Ele se levantou e eu disse:


- Por quê? Por que não fica com ela, então? Você já está livre e desimpedido.
- Não quero ela, nem ninguém.
- Ah, ok... Eu não acredito.
- Eu vou tentar.
- Tentar o quê?
- Tentar provar que eu amo a Carol.
- Não vai adiantar e quer saber por quê? Porque ela nunca mais vai confiar em você.
- Eu preciso tentar.
- Só vai afasta-la ainda mais.
- Eu já decidi, Tarik.
- Taylor, presta atenção. A Caroline é mulher pra casar, se não quer ou nunca pensou em ficar com ela pra sempre, esqueça que um dia a conheceu, ok? E eu falo isso para o bem dela.


Ele me olhou sério e pareceu entender o recado. Ele deu meia volta e sentou na cama. Foi o que eu imaginei... Ele não estava preparado. Aos 23 anos quem está?


- Boa noite, se precisar de algo, me liga - falei e saí do quarto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA