27 setembro 2017

Fanfiction: Diário de Uma Paixão - Capítulo 66







*** Taylor POV ***



Tarik saiu do quarto e eu fiquei na cama, pensando nela. Eu merecia todo o castigo por isso. Como eu explicaria aos meus pais? Ou a Makena que a adora? Por que eu fiz isso? Eu poderia culpar todos os meus hormônios, mas não… eu culpo a minha falta de vergonha na cara. Como eu sou idiota. Como eu pude fazer isso? Eu nunca, nunca senti nada por ninguém o que sinto por ela. Sexo? Nem sei se pode existir um melhor do que com ela, bom agora eu tenho uma recente comparação em relação a isso.

Suspirei e tomei uma decisão. Fui até o quarto de Melanie. Na segunda batida ela atendeu. Estava toda arrumada com vestido de festa.


-Sabia que vinha me procurar, mas eu estou de saída - ela disse, fechando a porta e vindo em minha direção.
-Nem pense em encostar em mim - eu disse.
-Wow! – ela disse espantada com a minha atitude.
-Eu serei breve… bom, não me procure mais. Não vai mais acontecer nada entre a gente, ok? Fique longe, para o seu bem.



Eu falava e ela ria.


-Está rindo do quê?
-O que a sua namorada disse? Ela vai te perdoar?
-Isso não é da sua conta.
-Isso quer dizer que ela não te perdoou, eu vi Tarik lá embaixo falando sobre leva-la ao aeroporto.
-Eu já disse para ficar longe de mim e de tudo o que me envolve.
-Não se preocupe, Lautner. Eu já ia embora mesmo.
-O que?
-Hoje é meu último dia aqui, eu vou embora.
-Ah, que maravilha. Pelo menos uma noticia boa no dia - eu disse levantando as mãos para o céu.
-Bom, eu já consegui o que eu queria, já posso ir com o dever cumprido.
-Do que está falando, sua louca?
-Você já é um homem livre e desimpedido de novo. Por isso eu vim para Santa Fé… esse era o meu trabalho aqui, fazer você ficar solteiro.
-O quê? Do que está falando? Seja clara.
-Eu vim para cá por causa do meu irmão. Ele disse o quanto você seria fraco e não resistiria aos meus encantos… bom, ele estava certo. Eu te seduzi, você caiu como um pato, sua namorada descobriu mais rápido do que imaginávamos e pronto! Estou partindo.



Eu a olhava incrédulo. Irmão? Fazer eu ficar solteiro?

-Agora meu irmão tem o caminho livre. Ele sim, ele gosta muito dela. Se apaixonou e não fala de outra coisa desde o dia em que a conheceu em Manila.

Puta merda! Não podia ser! Eu estava entendendo tudo.


-Melanie Mackenzie… - sussurrei
-Ah! Caiu a sua ficha agora? – bufou - Lautner, achei que era mais esperto, mas vejo que é apenas um menino… a Caroline merece um homem de verdade. Um homem como o meu irmão.
-Seu irmão! Meu Deus! Christian Mackenzie! Filho da put….
-Hey! Hey! Olha como fala do meu irmão. O único filho da P aqui é você.
-Sua vadia! É isso que você é. Olha o que você fez, estragou a minha vida.
-Nossa, realmente você ainda tem muito que aprender como ator. Eu não fiz quase nada. Você que estragou a sua vida fazendo apenas o que os garotos da sua idade fazem: traem as namoradas.



Comecei a andar pelo quarto de nervoso e disse:


-Porque fez isso? Porque aceitou fazer isso? – gritei.
-Eu obedeço ordens, ok?
-Se vocês acham que isso vai dar certo, podem tirar o cavalo da chuva. Eu vou falar com a Carol e explicar.
-Ah! Explicar que meu irmão me forçou a transar com você? Por favor.
-Explicar que ele fez isso para nos separar.
-Lautner! Você não entende? Quem fez a burrada foi você e não meu irmão. Meu irmão só provou para a sua Caroline que você é como todas as outras celebridades da sua idade! Trocam de namorada como trocam de cueca. Ele só deu um empurrão. Você não a ama, se liga! Se amasse jamais teria feito o que fez. E quer saber? Eu tenho muita raiva de você por isso. A Caroline é linda, meu irmão diz que ela é encantadora e mesmo assim você fez isso. Você a tinha, Lautner. Ela estava super apaixonada, até de casamento ela falava.
-O quê? Meu Deus, como vocês sabem essas coisas? Colocaram escutas nas nossas casas?
-Christian é amigo do agente dela, esqueceu?
-Oh Deus.
-Ela falava que você seria um homem para casar, que era o único que ela já tinha considerado essa possibilidade... coitada, casar com um pirralho?



Nessa hora com toda a raiva que eu sentia me aproximei dela e disse:


-Eu só não quebro a sua cara agora porque você é mulher, e segundo porque eu não vou estragar minha carreira por nada; Dá um recado para o seu irmão: agora mais do que nunca eu não vou desistir dela – ela gargalha.
-Você vai desistir e sabe por que, Taylor? Porque você não tem nada para oferecer a ela e além disso, você a traiu. E pelo o que eu já ouvi falar dela, ela nunca, nunca vai te perdoar.



Meus olhos encheram d’água com o que escutei. A imbecil tinha razão. Ela nunca me perdoaria e nunca deixaria nem me aproximar para explicar que foi o produtor que causou tudo isso e na verdade, o único que causou dor a ela fui eu. Eu não tinha argumentos, eu não tinha como me explicar ou pedir perdão. Como disse Tarik ela jamais confiaria em mim de novo, mas eu não estava nem aí. Eu ia tentar. Eu a amava e enquanto durar esse amor, eu vou tentar.

Antes de sair do quarto eu disse.


-Fala para o imbecil do seu irmão que ele vai ter um grande adversário.
-Darei o recado, mas eu posso lhe adiantar que ele já ganhou.





Bati a porta do quarto e saí em direção ao quarto de Tarik.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA