25 março 2018

Fanfiction: A VIAGEM - Capítulo 35: O leilão – Parte 1

~ Pov de Dany ~


Estávamos tomando café da manhã e minha mãe já estava empolgada em plena sete horas da manhã. Odeio acordar tão cedo no fim de semana, mas prometi ajudá-la no leilão então eu não poderia reclamar. Ela ficava falando em como tudo iria ser perfeito e eu só conseguia pensar em minha noite perfeita o Taylor.


Eu estava perdida em meus devaneios quando ouço ela me chamando.


_ Hey garota! Estou falando com você! – Ela disse estalando os dedos na minha cara.


_ O que foi?! – Eu disse um pouco irritada.


_ Estava com a cabeça onde menina?


_ Em nenhum lugar!

 
_ Pela sua cara... Anda me conta? – Ela disse parecendo muito eufórica.


_ Te contar o que?


_ Você disse apenas como foi o encontro de vocês... Mas e depois?


_ E depois o que? – Eu disse dando de louca.


_ O que rolou? Não me diga que vocês dois...


Nisso Victor e HD estavam me encarando e eu não sabia onde enfiava a minha cara.


_ Mãe! Pelo amor de Deus! Para com isso!

 
_ Ué! Eu só quero poder participar de sua vida querida.


_ Mas a senhora precisa me constranger na frente dos outros? – Eu disse quase chorando.


_ Que outros? Estamos em família!

 
_ A senhora só pensa nisso? Eu estar namorando não significa que eu deva sair por aí transando assim! E mesmo que tivesse rolado, isso não é da sua conta! Eu sou maior, sei das responsabilidades, e não se preocupe que não darei um neto pra senhora tão cedo! – Eu disse me levantando. – Vou terminar de me arrumar... Quando a senhora estiver saindo me avise ok.


_ Deus mulher, parece que você gosta de constranger sua filha. – Ouvi Victor dizer serio.


_ Eu só quero fazer parte da vida dela, é pedir muito?


_ Mas esse tipo de conversa é algo que você tem que ter com sua filha em particular! Ela se sente constrangida por você fazer esses tipos de insinuações na frente de homens... É normal. Isso aconteceria mesmo que eu fosse pai biológico dela. Isso é conversa de garotas!


_ Nossa, mas esses jovens de hoje são complicados demais!


Serio, tem horas que me arrependo de ter vindo morar com a minha mãe. Ao entrar em meu quarto, fui logo escolher uma roupa confortável pra vestir. Optei por usar uma regata preta, um short jeans também preto, meu all star, aquele era o meu humor no momento. Amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo, fiz uma make básica, dei os últimos retoques e fui esperar minha mãe me chamar, meu dia seria cheio.


~ Pov de Lautner ~


Acordei me sentindo muito bem, tenho alguns trabalhos agora pela manhã, mas nada demorado, daria perfeitamente pra encontrar Dany mais tarde. Tive que mudar algumas coisa em minha agenda, mas por Dany eu faria isso sem pensar. Assim que terminei meu café fui me arrumar, eu queria terminar tudo o quanto antes para estar com ela novamente.


A manhã parecia passar lenta demais, arrisquei algumas mensagens pra Dany, mas notei que ela estava chateada, mas não quis me contar, confesso que fiquei um pouco preocupado, então tratei de me encontrar com ela na hora do almoço.


Finalmente dando a hora fui buscá-la e quando já estávamos saindo a mãe dela apareceu dizendo que iria conosco e na hora eu notei que Dany ficou tensa, mas não disse nada pra piorar o clima. Fomos a um restaurante italiano e conseguimos um lugar ao fundo, longe dos olhos curiosos. Depois de fazermos os pedidos...


_ Hey amor... – Eu disse pegando sua mão e dando um beijo. – Está tudo bem?


_ Sim está. – Ela disse sem me olhar.


_ Você ainda está assim pela nossa conversa de hoje de manhã querida?


_ Mãe por favor... Só não comece ok.


_ Me desculpe querida, se você não quer conversar comigo sobre certas coisas eu vou entender, só que não quero que você fique chateada comigo.


_ Ok mãe, só vamos encerrar esse assunto. – Ela disse seriamente.


Logo nossos pedidos chegaram e começamos a comer e conversar sobre coisas aleatória, mas aquele clima pesado persistia. Assim que terminamos, Nanda pediu licença e foi ao banheiro e encontrei a oportunidade pra saber o que estava acontecendo.


_ Nossa! Que clima é esse entre vocês? O que ouve?


_ Nada de importante. – Dany disse chateada.


_ Tudo o que envolva você é importante pra mim... Lembre-se sempre disso, mas o que ouve?


_ Minha mãe que ama me constranger na frente dos outros, o mesmo de sempre, aí ela acaba sendo inconveniente.


_ Ela só quer ser sua mãe... Dê uma chance... Mostre pra ela o papel de uma mãe. Provavelmente ela conviveu com o Henrique e com homens a conversa é diferente.


_ Vou tentar... – Ela disse dando o seu melhor sorriso.


Logo Nanda voltou, paguei a conta e voltamos, pois elas ainda teriam o que fazer até a hora do leilão e eu ainda tinha que terminar uma sessão de fotos.


~ Pov de Dany ~


Assim que Tay nos deixou na galeria, me despedi dele e logo fui pra dentro arrumar o que fazer, eu estava fugindo da minha mãe, eu sabia que teria que sentar e conversar com ela, mas eu não queria que fosse naquele momento. Fui organizar alguns quadros pro leilão, queria ocupar minha cabeça. Não sei que horas eram quando minha mãe entra em meu campo de visão.


_ Hey meu anjo, se você quiser ir pra casa, ter um tempo antes de ficar linda pro seu namorado...


_ E a senhora?


_ Eu ainda tenho que resolver algumas coisas antes de ir pra casa.


_ Eu posso ajudar.


_ Não precisa, é as parte pesada de um leilão e não quero você quebrando a cabeça com isso.


_ Tudo bem então. – Eu disse ajustando o último quadro. – E mãe...


_ Sim?


_ Me desculpe novamente por ter sido grossa com a senhora, é que ter uma mãe presente realmente é estranho pra mim.


_ Tudo bem querida, eu disse que não vou mais me intrometer na sua vida e vou cumprir. –Ela disse parecendo triste.


_ Foi ótimo. – Eu disse de uma vez.


_ O que?


_ Meu momento com o Tay... Foi perfeito. – Eu disse e vi o sorriso de minha mãe surgir.

 
_ Obrigada filha. –Ela disse me abraçando.


_ Pelo que?


_ Por me contar.


_ E eu iria contar sobre a minha primeira vez pra quem? – Eu disse sorrindo sem graça.

 
_ Se você precisar de algum conselho... Esclarecer alguma duvida... Já sabe que pode contar comigo não é?


_ Sim eu sei.


_ Certo... Agora vá pra casa e fique linda!


Sem dizer mais nada fui pra casa, eu estava realmente cansada e queria um tempo pra poder me arrumar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA