25 março 2018

Fanfiction: A VIAGEM - Capítulo 37: O leilão – Parte 3

~ Pov de Karyn ~

 

Por que tudo estava conspirando contra nós? Estávamos tentando ajudar uma amiga e nada estava dando certo. Sem perder tempo liguei par meu irmão, mas é claro que depois de tudo o que aconteceu ele nem me atendeu.

Ele mora a 30 minutos de onde estávamos, então sem perder tempo fomos pra lá. Assim que chegamos na portaria do condomínio, o porteiro ligou e logo alguém liberou nossa entrada. Assim que chegamos em frente a mansão, vimos Léo com uma cara nada boa.

 

Hellen apenas fez a volta e acenou para que ele entrasse. Leo ficou com receio, até que ela deu um grito com ele, o que fez dar um pulo de susto e logo entrar.

 

_ Entra logo e não faça perguntas!

 

_ Mas...!

 

_ Calado! – Disse Hellen seria. – Liga agora pro HD e pergunte onde ele está. Precisamos da ajuda dele pra ajudar a Dany.

 

_ Porque vocês mesmas não ligam?

 

_ Você acha que não tentamos? – Eu disse revirando os olhos. – Agora ligue e não diga que estamos juntos.

 

Então sem perder tempo Léo liga, apenas pergunta onde ele está e logo desliga o celular.

 

_ Boliche... Agora vocês podem me dizer o motivo disso tudo?

 

_ No dia que fui suspensa, peguei a Nathaly em uma conversa, estamos achando que ela está armando pra cima da Dany. – Hellen disse prestando a atenção no trânsito.

 

_ Eu também não gosto dela, mas isso não é paranoia de vocês duas?

 

_ Não... Conhecemos bem essa garota e agora com a Dany namorando uma celebridade... Isso é tudo o que ela queria. – Eu disse olhando par meu Ifone.

 

_ Mas porque vocês tem tanta certeza?

 

_ Hoje é o leilão da mãe da Dany, ouvimos uma conversa delas onde a cobra da Nathaly deu ideia de covidar o Lautner. É lugar público, isso é um prato cheio pra ela sair do anonimato.

 

_ Aquele dia... – Leo disse olhando serio para mim. – Você no telefone... Era isso, não era? – Leo disse parecendo triste.

 

_ Sim...

 

_ Porque não me contou?

 

_ Tudo o q nós fazemos vocês acham que é teoria da conspiração contra o Henrique. Se contássemos não iria fazer diferença porque vocês não iriam acreditar em nós.

 

Depois disso, não falamos mais nada e pude perceber que Leo estava realmente preocupado. Assim que chegamos no boliche, eu e Leo fomos saindo e logo entrando, deixando Hellen pra trás, não tínhamos tempo.

 

Pov de Henrique

 

Eu e JB estávamos esperando o Leo para se juntar a nós, fazia algum tempo que não nos divertimos juntos. JB estava ganhando,pura sorte até que uma movimentação na entrada me chamou a atenção e logo avistei Leo, e para minha surpresa ele estava com a irmã, eu sabia que iria dar merda.

 

_ Precisamos ir agora. – Leo disse parecendo serio.

 

_ O que ouve?

 

_Não temos tempo. Temos que ir pro leilão da Nanda evitar o pior.

 

_ Falando desse jeito você está me assustando.

 

_ Não temos tempo pra explicações. – Karyn disse de repente. – Vão indo que eu fico aqui como JB pra pagar a conta e logo vamos atrás de vocês.

 

Sem ter opção, dei a chave do meu carro pra Karyn e fui com Leo. Já dentro do carro da Hellen, ela apenas acelerou e logo saímos dali. Durante o caminho Leo foi me colocando a pra de tudo, enquanto que Hellen apenas nos observava pelo retrovisor.

 

_ Er... Me desculpe Hellen. – Eu disse sem graça.

 

_Pelo que?

 

_ Por ser um idiota com você e a Karyn nessas últimas horas.

 

_ Tudo bem... Você não sabia. Agora o que importa é ajudar a Dany. Não quero que ela saia ferida dessa história.

 

Em vinte minutos chegamos no local onde seria o leilão, pedi para que Hellen e Leo fossem lá pra dentro procurar por Dany, pois se eu aparecesse poderia levantar suspeitas e Nanda poderia colocar tudo a perder. Logo liguei para meu pai e lhe contei o que estava rolando e ele disse que em dez minutos estaria chegando pra nos ajudar.

 

A hora estava passando e nada da Hellen e o Leo voltarem. JB e Karyn logo chegaram, o lugar estava cheio de gente e isso estava me deixando mais nervoso. Não demorou muito para que meu pai chegasse.

 

_ E então? – Ele disse ansioso.

 

_ Não sei, o Leo e a Hellen não saíram ainda.

 

_ A Dany apareceu em casa, pegou algumas coisas e já saiu, ela iria se arrumar na casa do Lautner.

 

_ Já tentou ligar pra ela?

 

_ Sim... Só dá caixa postal.

 

Nisso Hellen e Leo aparecem.

 

_ E aí? Eu disse nervoso.

 

_ Eles não chegaram ainda. – Hellen disse olhando ao redor parecendo preocupada.

 

_ Lá dentro está bem cheio. – Leo disse.

 

Nisso vimos um carro preto encostar mais a frente de onde estávamos, quando a porta foi aberta vi Taylor descendo e se virando par ajudar Dany a sair do carro. Ela estava linda como sempre. Tudo parecia estar em câmera lenta até que fui puxando pra realidade por Hellen que me deu um tapa no ombro.

 

_ Isso não é hora de ficar babando seu idiota! Vamos! –Ela disse irritada.

 

Logo fomos em direção a eles e pra minha surpresa ou não, vi Nathaly e Gabriel saindo do carro também. Sem perder tempo me aproximei de Dany.

 

_ Oi. –Eu disse abobalhado.

 

_ Henrique? – Ela disse surpresa. – O que você está fazendo aqui?

 

_ Você precisa sair daqui agora. –Eu disse pegando-a pelo braço e tentando sair dali com ela.

 

_ Hey! Solta a minha namorada. – Taylor disse me segurando.

 

_ Porque? – El disse sem entender.

 

Antes que eu pudesse falar algo, tudo aconteceu muito rápido. Brotaram paparazzi de tudo quanto é lugar e logo nos cercaram. Eram fleches vindo por toda direção, o que nos fez ficarmos atordoados. Meu pai foi afastando as pessoas que nos cercavam, eram um bombardeio de perguntas, Dany estava assustada com tudo. Fomos tentando abrir espaço para entrarmos no local do leilão, até que uma garota se aproxima de nós.

 

_ Hey Hellen... Obrigada pela informação... Fico devendo uma a você.

 

_ O que?! – Hellen disse em choque. – Sua.... –Ela disse indo pra cima da garota, mas Leo a segurou a tempo de fazer alguma besteira.

 

Já dentro, longe daquela bagunça toda.

 

_ Tudo isso é culpa sua Hellen? – Dany disse desapontada.

 

_ Claro que não Dany! Eu estava tentando te ajudar! Tudo isso é obra da Nathaly!

 

_ Hey não me coloque no meio dos seus rolos não! – Nathaly disse tentando se defender.

 

_ Foi por causa disso que fui suspensa na faculdade. Peguei essa cobra tramando contra você! A peguei conversando com a Emily Morgan.

 

_ Porque ela faria isso?

 

_ Mas o que está acontecendo aqui? – Nanda apareceu de repente. – Que confusão toda é essa?

 

_ Agora não mulher. – Meu pai disse entrando no meio. – Leve a Dany e o Taylor lá pra dentro que eu resolvo essa bagunça. Ainda temos muito o que resolver por aqui.

 

Eu estava vendo que o nosso pesadelo ainda só estava começando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A sua opinião sobre as fanfics é muito importante para que os autores continuem escrevendo. Fale sobre o mais gostou, sobre o que espera ler nos capítulos seguintes. Comente sobre seus personagens favoritos e os que mais detesta. Não deixe de comentar, seja mais ativo e evite que as fanfics entrem em hiatos por desmotivação da autora em escrever. Não seja um leitores fantasma. Comente agora mesmo!

DEIXE SEU RECADO!

SITE DE NOTICIAS - TAYLOR LAUTNER MANIA